Flamengo, Palmeiras, Inter, Atlético MG e a vergonha Corinthians que lidera as dívidas com a União; gastadores em campo, dívidas gigantescas fora. Enfim, uma lista dos piores com o SPFC de fora…

Pelo gráfico acima, já vemos a situação macro dos clubes brasileiros. Enfim, o São Paulo de fora neste quesito dívida com a União.

Se o São Paulo tem dívidas e é péssimo, fruto de uma gestão fracassada e pífia, temerária e muito incompetente de Leco, Raí, Elias Albarello, Pássaro etc, nossa situação é muito mais confortável quando se analisa o contexto todo.

O Corinthians sem o estádio deve mais de R$ 700 milhões. O Flamengo, tão alardeado como rico e super bem, está com R$ 225 milhões em dívidas só neste quesito. Mas gasta como louco nos campos motivado pela impunidade brasileira.

E o Palmeiras? Galo? Inter?

Botafogo e Fluminense nem comentamos porque a situação é ruim em tudo. Mas os outros, gastadores em campo, continuam torrando e as dívidas vergonhosas.

De novo, ao menos neste quesito, o São Paulo está com o caminho mais livre. Não faz mais que a obrigação mas ultimamente ver lista de piores e não ver o Tricolor lá, é um alívio.

Veja trecho da matéria do Valor Econômico com os clubes e instituições:

“As dívidas de clubes esportivos com a União somam quase R$ 5,3 bilhões, de acordo com informações da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) enviadas ao Valor via Lei de Acesso à Informação (LAI). Os dados incluem débitos que estão em situação irregular (em processo de efetiva cobrança) e regular (garantidos, parcelados ou suspensos por decisão judicial). Dos dez maiores devedores, nove são grandes times de futebol, que podem se beneficiar de projeto de lei que prevê uma nova renegociação.

Somente o Corinthians tem um débito de R$ 737,7 milhões – valor que não considera o financiamento para construção de seu estádio na zona leste de São Paulo. Na sequência, vêm Atlético Mineiro (R$ 356,5 milhões), Vasco da Gama (R$ 256,5 milhões), Botafogo (R$ 251,6 milhões) e Flamengo (R$ 224,2 milhões).

A sexta posição fica com a Confederação Brasileira de Vela e Motor, com R$ 219,8 milhões. Depois, aparecem Fluminense (R$ 173,8 milhões), Guarani (R$ 141,5 milhões), Internacional (R$ 130,1 milhões) e Palmeiras (R$ 88,3 milhões).”

Blog do São Paulo

13 comentários

  1. Seria preferível ter dívidas com o governo e não ter com os bancos…
    Mas não deixa de ser algo a nos deixar satisfeitos, ao menos nisto estamos bem.

    • Os juros com os bancos são altos e com prazo mais curto, dependendo dos valores fica mais difíceis de pagar.

      Espero que amortizem o máximo que der as dívidas para o ano que vem, entregando pelo menos com condições de um melhor fluxo de caixa.

      • Essa lista só aparece os dez maiores devedores e pergunto cadê a continuação da lista?? O São Paulo está em que posição caso esteja? Pois se dever 1,00 a menos estaria em décimo primeiro, portanto, seria também um devedor

    • Dívida com governo, eles postergam…passa o tempo…um dia…aparece um plano de refinanciamento da União…dão 50%, 60% ou até 70% de desconto…parcela sem correção monetária…e 20 anos para pagar.
      Dívida com banco particular…só aumenta…juros de 3% …4% ao mês, sem refis…

  2. Tudo isto é muito triste se pensarmos que se trata de incompetência e roubo. O nosso clube também tem as suas dívidas.

    Mas pior, sem dúvida, é a diminuição da torcida jovem e do número de sócios que resultará na diminuição de nossa receita e no tamanho do nosso clube no longo prazo caso não volte a ganhar títulos.

  3. Supresa seria o São Paulo está nessa lista, pois lembro que em 2007 o tricolor foi o único clube que entrou na Timemania recebendo, pois era o único que não tinha dívida com a união, se nesse período tivessem conseguido ultrapassar esse times aí era para fechar as portas, mesmo assim o clube tem dívida desse tipo, menor mas tem, coisa que até a primeira década desse século era impensável.

  4. Uma vergonha dinheiro de impostos que poderia voltar para sociedade e previdência, com certeza no Brasil ser errado compensa não vejo punição alguma dessa dívida com a sociedade pelo contrário vão acabar dando um jeitinho brasileiro para eles.

  5. Esperando seriamente que o Silvio Medici or Homero Bellitani FIlho sejam candidatos para esse pleito. Dividas infelizmente não serão pagas nessa gestão. Foram muitas burradas atrás de burradas dessa diretoria e desculpa, mas o Rai também é otro que fez besteira. Agora se vier esse Natel, aquele com barba, então esquece, sempre terá uma panelinha que vive fazendo politica para agradar o mesmo grupo.

  6. Alguiém sabe quanto é a divida com os bancos para se ter a idéia como anda o ranking de endividados com os bancos no que tange ao futebol?

  7. No caso do Flamengo, li matérias a respeito da renegociação das dívidas com a União já na gestão do Bandeira. O Flamengo precisava da CND para conseguir patrocínios (ou algo do tipo) e eles conseguiram. Como o próprio texto diz, são dividas vencidas e cobradas ou dívidas parceladas ou suspensas, acredito que as do Flamengo são do segundo tipo.
    Infelizmente pra nós, com a enxurrada de grana de TV que eles recebem e a boa gestão que tem feito, será cada vez mais difícil competir, torço para que apareça um descabeçado lá que atrapalhe tudo, como aconteceu conosco.

  8. No passado o torcedor só pensava no final de semana quando poderia ver o seu time de coração no campo. Hoje eles não vão mais para os estádios, pois passam a semana toda preocupados com as finanças do clube e ficam muitos estressados para ir no campo no final de semana.

  9. SPFC não tá nessa lista porque JJ usou dinheiro limpo de superávit para quitar dívidas à vista com o governo, achando que assim seria mais fácil ter o Morumbi na Copa.

    Por causa disso, tivemos que entrar na bola de neve dos empréstimos bancários com juros de mercado, enquanto os outros clubes estão com essas dívidas fiscais equacionadas em prazos alongados e com juros de pai pra filho.

O São Paulo precisa de nós! Vamos apoiar!