R$ 605 MILHÕES: Em 5 anos, São Paulo fatura fortuna em vendas de jogadores; mas continua em crise – veja lista completa

Um dos maiores clubes do futebol brasileiro, e exemplo de boa administração durante grande parte de sua história, o São Paulo atingiu uma marca histórica: Desde que o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco está como presidente do clube, o tricolor paulista arrecadou cerca de R$605 milhões em vendas de atletas. O período corresponde entre o dia 13 de fevereiro de 2015, até esta sexta-feira. O mandato do atual presidente vai até o fim deste ano.

O cálculo está baseado na cotação da época sobre os valores das negociações. Não houve correção na inflação, já que o dinheiro que entrou no caixa do clube foi utilizado em outras negociações do clube. Outro ponto que vale destacar é que neste cálculo é que, os valores apresentados, agregam bônus, metas e premiações.

O São Paulo ficou ainda com 20% dos direitos de Antony, 10% dos direitos de Centurión, além de 10% dos direitos de Ewandro.

Vale lembrar, que mesmo com todo este valor arrecadado com vendas nos últimos anos, o São Paulo continua em uma das maiores crises financeiras de sua história. No balanço financeiro para este ano, o clube prevê que arrecade cerca de R$80 milhões em vendas para não terminar a temporada com déficit.

JOGADOR CLUBE NEGOCIADO VALOR (MILHÕES)

DAVID NERESAJAXR$85
ANTONYAJAXR$74
ÉDER MILITÃOPORTOR$42,7
LUCAS PRATTORIVER PLATER$37,35
CUEVAKRASNODARR$36
MAICONGALATASARAYR$29,3
THIAGO MENDESLILLER$29,3
MORATOBENFICAR$27,3
LUIZ ARAÚJOLILLER$27
RODRIGO CAIOFLAMENGOR$27
LYANCOTORINOR$22
PETROSAL-NASSRR$22,1
ALAN KARDECCHONGQING LIFANR$18
GANSOSEVILLAR$18,1
CENTURIÓNGENOAR$13
ADEMÍLSONGAMBA OSAKAR$10
INÁCIOPORTOR$10
LUIZÃOPORTOR$10
LUCAS FERNANDESPORTIMONENSER$10
EWANDROUDINESER$8,4
TUTAEINTRACHTR$7,6
MAICONGRÊMIOR$7
ROGÉRIOSPORTR$6
BUFFARINIBOCA JUNIORSR$5
KIEZAVITÓRIAR$4,9
ARTURCOLORADO CREWR$4,8
MARQUINHOS CIPRIANOSHAKHTAR DONETSKR$4,5
AUGUSTO GALVÁNREAL MADRIDR$3,2
AUROTORONTOR$2,6
MIGUEL ALCÂNTARAASCOLIR$2,2
TRÉLLEZINTERNACIONALR$1,5 (VALOR PAGO PELO EMPRÉSTIMO)

Fonte: Em 5 anos, São Paulo fatura R$605 milhões em vendas de jogadores; mas continua em crise

23 comentários

      • Apure com os elencos desses times o que a grande maioria dos jogadores pensam sobre os trabalhos do FD a frente de seus clubes.

        Várias matérias discorrendo sobre isso.

        Levante diretamente junto ao presidente do Atlhético-PR como teria sido de fato os trabalhos por lá, bastando que pesquise e assista o Bola da Vez onde ela claramente elogia muito e enche a bola do nosso atual treinador.

        Faça o mesmo com o Marcão que o sucedeu interinamente no Fluminense.

  1. Com certeza foi o Diniz que sumiu com o dinheiro.Vejam a foto dos 3 patetas, que de pateta nesta hora
    nao tem nada, principalmente na hora de dar conta de 605 milhoes. Euma vergonha .

      • Nesses anos todos sem títulos passaram quantos treinadores por aqui? Não passaram treinadores consagrados? Eles resolveram?

        O time não vem jogando nada há anos e de repente vocês querem que o time do Diniz vença até os erros de arbitragem. É muita má vontade dom treinador que todo mundo que é da bola, acredita no seu trabalho, enxerga treinamentos modernos e etc.

        Diniz realmente não mostrou muita coisa nos times anteriores e isso era parâmetro para não contratá-lo. Mas agora que está aqui, tem que apoiar, já que acreditam no seu trabalho. Pegar os resultados atuais para falar que ele falhou também no São Paulo é injusto!

      • O vagabundo do Jorge Nicola mentiroso conseguiu tumultuar o saopaulo o torcida besta o SP não tem dinheiro para contrata o sampaoli acorda nação tricolor

    • A defesa efusiva ao Diniz não tem sentido. A história se repete em todos os clubes: joga bem mas não obtém resultado. Circular a bola no campo e chutar é o beaba do futebol… Não tem segredo, agora criar uma oportunidade clara de gol em superioridade numérica ou em vantagem de posicionamento a zaga adversário não é pra qualquer um. Lances em que o jogador sai cara a cara ou com ao menos um marcador a frente tem de acontecer mais vezes, logo num esquema em que vc está com a bola mas o adversário está bem postado em campo, um chute limpo fica dificil, daí resta rifar a bola, chutar mascado ou em raras vezes sair na cara do gol. Como não temos uma ciência exata, tem a pressão e questão psicológica em decorrência da crise, a perna pesa, daí entra a experiência do treinador em contornar esses dilemas. O SP nunca, repito, nunca deu certo com um treinador nas características do Diniz. Um cara de fino trato, tranquilo… Desde Bella Gutmann em 50 até o Muricy mais recentemente. O Autuori pegou um navio a pleno vapor e soube conduzi-lo, não atoa o deixou para outro e nunca mais fez sucesso. Infelizmente, pelo histórico do clube eu não acredito nele, mas espero estar bem errado ela relação a isso, e que ele possa nos conduzir a conquistas, esse negócio de bom trabalho não cabe mais ao SP, está aquém de sua grandeza.

  2. Não canso de dizer que existe uma máfia no SPFC, e que estão roubando o clube, bandidos da pior espécie, safados, malandros que estão assaltando os cofres do clube sem o menor escrúpulo. Uma boa investigação do MP ou PF seria ideal, e o resultado seria satisfatório, pois muitos iriam presos.

  3. Faltou ainda – Souza pro Fernerbach (jul/15 – 9,3 m), Boschilia pro Mônaco (Ago/15 – 24,3m), Paulo Miranda (jun/15 – 3,8 m), Denilson pro Al Wahda (jun/15 – 10m,7), Jonathan Cafu pro Ludogorets (jun/15 – 1,2m) percentual de formador do Oscar (5m) e do Lucas (3m). Já são uns 56m a mais que isso. Fora o que não lembro e o que não foi divulgado (em janeiro vendeu o Cássio da Base ao Leganes da Espanha sem divulgar valores, por exemplo).

  4. Fora as vendas do Souza (9,3m) Boschilia (24,3m), Jonathan Cafu (1,2m), Denilson (10,2m), Paulo Miranda (3,8m), Oscar (5m) e Lucas (3m). Cerca de 56. Fora o que não lembro ou não foi divulgado (venda do Cassio da Base pro time da Espanha em janeiro, por exemplo).

  5. Com todos esses números, eu não tenho dúvida que se tivéssemos profissionais na gestão com competência, o SPFC estaria lado a lado com o Flamengo hj, tendo elenco e força para bater de frente.

    Imaginem 605 milhões bem administrados a onde nosso clube estaria.

    É um agrande pena, como disse anteriormente a gestão do Leco acabará no fim do ano, mas o buraco, o estrago feito no SPFC vai durar muitos anos ainda, as consequências ficam.

  6. me lembro como se fosse ontem que a promessa primordial do grupo, era alem de montar um time campeão, de praxe para qualquer eleição, era de quitar todas as dividas e deixar um caixa saudável até o final da gestão, quitar as dividas e ainda deixar dinheiro nos cofres.
    Hoje vemos que nada foi feito, fora o fato de que promessas foram vendidas a valores pífios para tapar buracos financeiros, contratações de peso sim, mas com retorno financeiro e esportivo muito a baixo do esperado.
    Eu fui um grande apoiador nas vindas em definitivos de nomes como Jucilei, Hernanes, Pato, Pablo, tambem crítiquei muito as vindas de Nenê, D. Sousa, Everton Felipe, sabendo que na base tinhamos por exemplo Neres.
    A 2º gestão do Leco comparo a catástrofe que foi o 3º mandato de JJ, onde começou, na minha opinião o declínio do clube, com Leco a contratação de Ceni naquele momento e da forma como foi, foi uma aberração, que se superou em muito com a sua demissão, após toda a sabotagem que ele recebeu.
    Hoje minha maior esperança é que na intenção de querer um representante do grupo no poder a partir de 21, no minimo as finanças sejam equilibradas, jovens como I. Vinícius, I. Gomes, Liziero e Luan sejam mantidos no grupo para o próximo presidente resolver as questões, sem muitas esperanças de títulos, que chegue o mais longe possível em mata-mata, e uma classificação para a liberta desse mesmo ano, porem o que me desanima é que estamos apenas em meados de março, ainda tem o período de uma gestação para aguentar essa trupo maligna no governo, muita água podre há de correr por debaixo dessa ponte em frangalhos.

  7. acho que o problema do Diniz é pela escolhas erradas dos atacantes , geralmente as equipes treinadas por ele criam várias oportunidades de gols , todavia no final acabam perdendo os jogos

  8. CFA dos made in Cotia é um manancial inesgotável de potencial técnico e de retro alimentação das finanças do SP.

    A centralização demasiada do poder, a despeito da estrutura de conselhos (meros fantoches).

    A inexistência de governança corporativa e de gestão profissionalizada.

    Ensejam que oportunistas e incompetentes administrem o clube como se suas casas fossem, gastando em excesso, comprando às baciadas e tendo que jogar fora as jóias reveladas pra empurrar com suas barrigas as finanças do clube.

    Clube Empresa, já!

  9. Imagina total de comissões que eles ganharam em cinco anos.

    Futebol de qualidade zero.

    Títulos até agora nada.

    Fora Leco e patota nociva seus parasitas.

    Deixem o SPFC em paz

    • Se a direção do clube já deixou claro que não pode contratar pela falta de dinheiro, que adianta ele pedir?

      Aposto que se oferecerem meia dúzia de bons jogadores, ele não vai fazer desfeita.

O São Paulo precisa de nós! Vamos apoiar!