Foto: Djalma Vassao/Gazeta Press

Quem esperava ver o retorno de Antony ao time titular do São Paulo no clássico contra o Corinthians se surpreendeu ao saber que o atacante sequer ficaria no banco de reservas. Acertado com o Ajax, o jogador foi preservado pelo São Paulo, para que pudesse finalizar todas as etapas da negociação.

Na zona mista do Morumbi, o diretor executivo de futebol Raí explicou o motivo de Antony ter ficado de fora da lista dos relacionados para o clássico. Apesar da vontade do jogador, o clube optou por esperar a realização dos exames médicos.

“Ele estava com muita vontade de jogar, mas é uma questão de prudência, porque os exames médicos são no meio da semana que vem. Mas, daí para frente, vai jogar até o momento de sair”, disse Raí.

Dessa forma, a tendência é que Antony volte a ficar à disposição de Fernando Diniz para a partida contra o Oeste, que acontece no sábado, às 16h30, na Arena Barueri. A princípio, o atacante disputa uma vaga com Pato e Pablo, que atuaram no jogo contra o Corinthians. Enquanto o primeiro jogou mais centralizado, o segundo posicionou-se pela ponta-direita.

Vale lembrar que Lucas Moura passou por uma situação parecida em 2012. O atacante foi anunciado pelo Paris Saint-Germain em agosto daquele ano, porém permaneceu no São Paulo até o final da temporada, sendo fundamental na conquista da Sul-Americana.

A negociação de Antony pode render até 29 milhões de euros (cerca de R$ 134 milhões). O Tricolor receberá R$ 33 milhões à vista dos holandeses, porém embolsará R$ 75 milhões até o final do ano. Desde que estreou pela equipe profissional, no início de 2019, Antony disputou 48 partidas pela equipe do Morumbi, tendo marcado seis gols.

Depois do empate com o Corinthians, o São Paulo chegou aos nove pontos, na terceira colocação do grupo C. Inter de Limeira e Mirassol estão à frente, com a mesma pontuação, porém o primeiro tem mais vitórias e o segundo tem um saldo de gols maior.

Gazeta Esportiva