Diniz comenta substituições que geraram coro de “burro” no estádio: “Tirei um 9 por um volante, já sabia que aconteceria…”; veja

Após o empate em 0x0 em que o São Paulo foi assaltado no Morumbi, Diniz comentou sobre as substituições que geraram um coro de “Burro” para ele:

“O Igor Gomes e Toró entraram bem. A substituição do Pato… o torcedor tem sua razão, eu sabia que ia reagir dessa forma, eu ia tirar um nove para colocar um volante. Mas não conseguíamos mais criar, perdemos o meio-campo, não tínhamos mais circulação. Coloquei o Daniel para o lado e centralizei o Toró…”

Blog do São Paulo

86 comentários

    • O cara é muito ruim de substituição. Quando tirou Pablo e colocou o bisonho Toró o time caiu, quando tirou Pato e colocou Liziero tive certeza de que estava contente com o empate. No lugar do Pablo deveria ter colocado o Everton, Pato não deveria sair, poderia colocar Liziero no lugar do Vitor.Mas com tudo isso , assim mesmo o SPFC foi bem melhor do que os Travecos e só não venceu porque fomos novamente roubados dentro de casa. Para mim, basta. SPFC deveria retirar- se deste paulistinha vergonhoso e manipulado

    • Uma pergunta a todos:
      Observando o mercado, quem seria o treinador ideal???
      Sinceramente eu não vejo ninguém… Temos que parar de pedir a cabeça do treinador e deixar o cara fazer o trabalho dele, tem que ser a longo prazo, o nosso querido e amado Telê começou muito mal e onde chegamos??? Se tivessem demitido o mestre, hoje em dia não existem muitas opções no mercado, devemos apoiar o time, mostrar que confiamos nos nosso jogadores e assim os resultados aparecerão…

  1. O Toró sempre jogou pelo lado esquerdo de ataque, seu maior atributo sempre foi puxar pra dentro e bater de direita, jogada única, mas proveitosa; o treinador o coloca na ponta direita. O Pablo, pagaram uma bala, fica de meia, correndo na frente da zaga, e sem perna pra atacar, enquanto o Pato, fica de costa enchacotado entre os zagueiros, os laterais ficam presos, para os “velozes” meio campistas conduzirem bola, e deixarem buracos na defesa. Na boa, o único treinador dos grandes que teve continuação de trabalho, e continuamos na esperança do próximo jogo deslanchar

  2. Sim, ele é o burro… Ele que treina o time a semana toda, sabe o potencial de rendimento de cada um, sabe até como está a disposição do jogador no dia da partida, sabe o que foi treinado para cada tipo de situação durante um jogo, mas ele é o burro…

    O cara foi jogador de futebol profissional, viveu a maior parte da sua vida respirando o esporte, treinos, concentrações, jogos etc, agora fez curso obrigatório, fez estágios necessários e se tornou treinador, mas quem entende mesmo de futebol é o torcedor…

    Recebe os jogadores que há no clube, não reclama, não pede contratações, trabalha com o que tem, de acordo com a realidade financeira do clube.
    Jogador consagrado pelo próprio torcedor perde gol de forma amadora, mas ele é o burro… O time é roubado pelos árbitros, deixa de vencer por causa disso, mas ele é o burro…
    Daí ele faz uma substituição que o torcedor acha estranha (inicialmente eu tbm achei, depois concordei com suas explicações), mas ele merece o coro de burro…

    Deve ser pelo rótulo de burro que ele ganha sei lá… 200 mil reais por mês. Imagino quanto deve ganhar cada um dos inteligentes que sabem mais do que ele…

    • Quantos títulos ele tem na carreira? O seu ídolo Rogerio Ceni que começou ontem já tem muito mais títulos que ele Fernando Diniz, o treinador CLT.

      • Primeiro vc faz uma acusação sem qualquer sentido.
        Não sou adepto do RC nem como goleiro, menos ainda como treinador… Errou feio em apontar o dedo sem saber… Quero o RC longe do SPFC pelos próximos 50 anos.
        Hilário vc nessa… rsrsrs

        Agora, quantos títulos ele ganhou?
        Nenhum, até ele ganhar o primeiro… Foi e é assim com todos, inclusive com o maior de todos, o Telê.

        É igual a andar… Vc tem que dar o primeiro passo, depois o segundo e daí pra frente…

        • Obrigado por não perceber minha ironia. O mundo sabe que você odeia o Rogério Ceni. Mas voltando ao Fernando Diniz comparar sua carreira fracassada até agora com a do Telê não dá.

          • Mais um erro seu.. onde eu comparei ele com Telê?
            Só disse que o Telê, como todos os outros, antes de ganharem o primeiro título, não haviam ganho nenhum.
            Fato ou não?

    • Márcio me desculpa cara, mas esse Diniz como jogador foi medíocre, como treinador tem se mostrado medíocre por onde passou, e a culpa dos problemas do São Paulo são do torcedor?

      • Eu não disse que ele foi bom jogador, não disse que ele é excelente treinador e muito menos estou colocando a culpa no torcedor…

        Eu apenas e tão somente apontei que ele viveu quase toda a vida no futebol, treina o time e que deve entender um pouco mais que o torcedor que o chama de burro…

        Só pra ressaltar… Ele não seria a minha preferência como treinador, aliás, critiquei a sua vinda.

    • Márcio acho que fora o Ney Franco, Osório e o Jardine, todos os treinadores que passaram aqui foram ex-jogadores. Alguns com uma carreira mais vitoriosa do jogador Diniz, outros foram muito mais jogador que o próprio Diniz e mesmo assim não tiveram sucesso na carreira de treinador e foram chamados de burro por todos.

      Erro ou no jargão popular (burrada ou cagada) todo mundo já fez ou vai fazer na vida. Isso cabe ao nosso técnico, jogadores e dirigentes.

      O Cuca xingaram o cara de burro e cabelo de boneca por aqui e não vi a mesmo afinco em defendê-lo. Muricy virou Burricy e por aí vai…

      Galera que está insatisfeita com o Diniz não pode xingá-lo de burro? Se o treinador for mesmo bom, vai mostrar que não é burro e todo mundo vai aplaudir e elogiar mais à frente.

      O Ceni foi xingado aqui e lá no Fortaleza e deu a volta por cima.

      • Nunca entendi essa necessidade de chamar qualquer treinador de burro.

        Se vc buscar nas minhas postagens do passado, eu defendi todos esses que vc citou, inclusive todos os que eu não queria, como Cuca, Ceni etc…

        Para mim, é uma condição lógica e de justiça…

        E reforço… Diniz não era minha opção…

        • Eu sei Márcio que você sempre foi correto nas suas análises mas não vejo exagero da torcida ao xingá-lo no estádio. Isso é normal, torcedor nunca vai estar 100% satisfeito.

          Ontem durante a transmissão foi duro ouvir darem uma tremenda importância para gritos ditos homofóbicos sendo que dentro do estádio sempre foi normal pegarem no pé dos adversários, sempre teve “homenagens” para jogadores, treinadores, juízes, dirigentes e até presidente da república.

          Vejo muita patrulha do politicamente correto e no futebol a coisa caminha pro mesmo lado.

          Por fim se o Diniz for campeão, ele que depois esfregue na nossa cara a nossa burrice em xingá-lo de burro…rs.

            • Marcio, você já esqueceu que o Muricy foi demitido aqui porque “só ganhava brasileiros”, “era teimoso”, “era rei do morre morre” e toda sorte de outras besteiras que jornalista fala e torcedor abraça?

              Aqui é Brasil cara, basta o Jorge Jesus tomar um 4×0 e perder 2 Libertadores seguidas e já não serve mais.

              Duvida? Olha o que aconteceu com o Carille recentemente, quase estourou o recorde de pontos do BR e era gênio, 2 anos depois era retranqueiro e foi mandado embora do mesmo clube.

              Muricy entendeu isso e mesmo assim foi sabotado pela diretoria com apoio de parte da torcida, se ele troca atacante por volante é burro porque inventa e é pardal, mas se troca atacante por atacante é burro porque só faz o óbvio hahaha

              Pessoal fala de Klopp, Ferguson, etc mas aqui não é Alemanha ou Inglaterra, aqui é assim que a banda toca, somos simplistas e resultadistas. Quem ganha fica, quem não ganha sai.

    • Correto Marcio, e como tecnico Diniz é um fracassado, nunca ganhou nada, e ganha muuuito dinheiro graças a seu empresario e coisas ocultas dos bastidores.

      Ele é teórico, tem ótimas ideias mas é fanático e esta preso a sua ideia de jogar a la Barça… nem o barça joga mais tocando a bola ate entrar no gol com bola e tudo.

      Alem de ser psicologo e apostar demais no tratamento que faz na cabeça de alguns pés de rato.

    • Torcedor é isso mesmo, Márcio, é emoção.

      Poucos estudam a evolução do esporte, ou mesmo chutam uma bola. É complicado.

      Eu particularmente discordo de algumas opções do Diniz, mas é inegável que o SPFC tem criado chances e tem uma forma de jogar. E essa forma é consistente, vem ganhando corpo e vai gerar frutos. Não dá pra ser imediatista como nos últimos tempos.

      A bola só precisa começar a entrar. Moralmente são 7 pontos ao invés de 2.

      E não existe essa de treinar fundamento. Tem gente querendo comparar o que o Telê fazia quase 30 anos atrás com os dias de hoje. Jogador hj nem chega no júnior se não tiver fundamento. O máximo que pode acontecer é treino de finalizações, de cruzamento e afins. E realmente alguém aqui acha que isso não é feito no SPFC?

      Eu pergunto ainda .. qual o jogador fica antes ou depois de treino aprimorando alguma coisa? Todos tem outros “compromissos” .. e não adianta falar de comprometimento, disso ou daquilo. É a realidade de hj, simples assim.

      Ontem a bola do jogo foi a do Pato e a finalização dele foi perfeita. Chutou de primeira, forte no canto baixo do goleiro. Em 90% dos casos aquela bola teria entrado. Foi mérito do Cássio, indiscutível. Há de se ter humildade e saber que do outro lado tem um goleiro de seleção do mesmo nível do nosso. O lance do Hernanes no primeiro tempo já era pra ser o 1 a 0, tinha que bater de primeira com a canhota mesmo, de peito.

      O lance do Reinaldo, no lançamento do Pato tb foi ótima chance, mas o jangada demorou demais a definir. Não dá pra exigir dele o mesmo que de Pato ou Hernanes na finalização.

      Enfim. Acho que vencendo o Oeste e o Guarani, o SPFC encaminha a classificação e dá uma acalmada nos nervos.

    • Excelente post. Vi os comentários dos torcedores no canal SPFCTV, e a maioria esmagadora elogiando o trabalho do Diniz, e percebi que lá o pessoal não tapa os olhos para a evolução do time.

    • Me sentir de alma lavada com seu comentário Márcio . É muita má vontade, muita falta de senso e noção. O povo aprendeu a só reclamar, vem aqui nesse espaço e descarrega toda frustração da vida como se fosse resolver.

      • Que bom ler um pouco de lucidez no blog. Obrigado Márcio e outros pela racionalidade.
        Gostei do time ontem, está evoluindo, está ganhando um padrão de jogo , criando situações de gol , chutando a gol o que não acontecia ano passado.
        ontem vi um documentário sobre klopp e a promessa de ganhar um título em 4 anos. Ele começou no Liverpool em 2015/2016. Sem comparações quanto a qualidade do treinador mas sobre a expectativa do torcedor passional.
        Eu estou otimista com relação ao time e ao comando técnico.

    • A verdade é que o São Paulo não contrata um técnico decente a mais de 10 anos, o único que bateu de frente com essa diretoria corrupta foi baixa, e mesmo assim não é lá essas coisas, me mostra um técnico que saiu do São Paulo e fez um ótimo trabalho sequer.
      Esse Diniz é outro encantador de serpente, por onde passou fez trabalhos horríveis sendo demitido com seus times na zona de rebaixamento, a classificação atual do São Paulo mostra isso, ele é defendido com unhas e dentes, e não vai dar em nada, vai ser demitido antes do final da primeira fase da libertadores.

    • Mais por isso que o torcedor critica, ele não merece esse salário nem esse cargo, técnico nota 4,5 sem olhar títulos, pois se não a nota zera. E outra é burro mesmo.

    • Matou a pau, Ceifador!
      Rsss

      É exatamente por aí…
      Mas aí vem os do contra querendo um Sampaoli (que vai querer ganhar pelo menos 7 ou 8 vezes mais que o Diniz), e vai exigir um investimento básico de mais, pelo menos, uns R$ 150 milhões de reais…
      Isso, pra começar a arrumar a casa…

      E como estamos ultimamente nadando em dinheiro…
      Não, pera…

    • Infelizmente poucos tem a sua lucidez, minha opinião é que o time não está jogando mal simplesmente a bola não entra no gol e por isso reclamar que o Diniz é um burro por Hernanes e pato errar gol feito não me parece sensato.

  3. É lamentável duas figuras com enorme incompetencia no tricolor. Leco e seus conchavos, contratações duvidosas e pagando salários astronômicos a jogadores medíocres. Isso quando paga. E ja que não paga eles não correm 100%. Todo jogo a juizada rouba aqui. Falta atuação politica.

    #FORALECO

    O outro é esse psicólogo que se intitula treinador. Time mal treinado, atacantes recuados para marcar (Vitor Bueno e Pablo). Se ele é psicologo, nem nisso ele é bom. Time sem confiança, sempre tocando de lado e evitando jogadas contundentes. Reinaldo e Hernanes ao invés de chegarem bolas comuns não o fazem esperando não sei o que.. E a última alteração tirando pato??? Quem ele achou que faria nosso gol da vitoria? Todo ataque de time adversário vira uma confusão para desarmarmos.

    Ou ele cai, ou caimos na libertadores.

    #BURRO

    Diretoria medíocre.

    Menção honrosa ao Volpi, tchê tchê e Igor Gomes. Melhores hoje.

    Um dos piores ataques que já vi no SPFC. E olha quanto dinheiro Rai gastou. Ta na hora da torcida protestar para tirar esses caras daí. Um bando de conselheiro que nem em reunião vai não merece decidir o futuro do time.

    #FORAINCOMPETENTES.

  4. Saiu o Pato entrou o Liziero aos 38 do segundo tempo!
    Resultado: recuperamos o meio de campo e criamos 3 chances no fim de um jogo em que não tínhamos mais competitividade!
    Xingar o Diniz com o jogo em andamento e com reais possibilidades de Vitória foi constrangedor !
    Com bola rolando tem q apoiar !

    • No jogo contra o santo andre, ele tirou um zagueiro no intervalo e jogou o time pra frente…e a torcida, criticou, pois ia deixar o time exposto.

      Hj ele tirou um atacante e organizou o meio campo do time… e a torcida criticou.

      Vai entender né…

  5. Paulistinha esportivamente não serve para nada.

    Estadual é aquilo que o Jorge Jesus falou lá no Flamengo: não considera nem como jogo oficial.

    Detesto o Diniz. Por mim, a hora certa de ter trocado teria sido no final do Brasileirão.

    Já que não trocou, o Paulistinha é a hora dele aproveitar e dar as cabeçadas dele até ver se arruma o time.

    Jogo contra time do interior é como se fosse treino coletivo.

    Clássico é como se fosse amistoso de pré-temporada.

    Se chegar o começo do Brasileirão, lá por abril/maio e o time ainda não tiver pegado no tranco, ficará absolutamente indefensável segurar o Diniz.

    Veremos até lá.

    • Apesar de discordar em alguns pontos, a idéia central pra mim é que o Diniz tem até o final do paulista (com ou sem título) para mostrar um time pronto.

      Claro, que dá pra ver uma melhora, dá. Hoje temos mais cara de time, criamos as oportunidades.
      Como falei ontem, em que pese um ou outro erro na escalação ou nas substituições, empatamos porque nosso ataque não teve pontaria (ou demorou a chutar), ou porque o Cássio defendeu 2 ou 3 bolas que eram pra gol…

      E finalmente, mais uma lambança da arbitragem… Era para ter goleado Novorizontino, ao menos empatado com o Santo André, e ter vencido ontem pelo menos por 2 gols de diferença…

      Aguardemos…

  6. Uma coisa que quase ninguém comentou mas que vi o time dos gambás fazer em cima do nosso time foi algumas inversões de jogadas de um lado pro outro que quase deram certo pois sempre pegava algum jogador correndo nas costas dos laterais, principalmente nas subidas do Reinaldo, teve 2 lances desses que o Fagner tocou de primeira para a pequena área gerando perigo à nossa defesa.

    O time tem muita coisa pra ser corrigida e não somente o ataque.

      • A conta vai pra torcida? Os caras trazem o Trellez e o Diego Souza pagando um absurdo, ai vendem o Antony por troco de bala e a culpa é minha?

        Eu não querido, eu só tenho culpa dos pacotes de macarrão que eu trago do mercado.

        Quem comprou e quem vendeu foi o Raí eu não queria que tivesse trazido e nem que tivesse mandado embora.

        Isso é culpa da diretoria de futebol e exclusiva ainda.

  7. fiquei impressionado com as notícias em certos portais da internet. Falam que SP e o time sem cor perderam gols e por isso o empate. Não relataram em suas manchetes que SP teve o dobro de finalizações, que houve erro da arbitragem e que o SP foi superior no jogo e merecia ganhar. A única menção foi que o SP esteve mais perto da vitória, relatado pelo PVC, mas nada.

  8. Eu juro que nao entendo como o Pato tem tanto defensor na torcida. Pessoal gosta de uma grife. Pato perde gol atras de gol e a torcida apoia. Pra mim, ele e banco. Ontem deu um belo passe pro reinaldo e so. Perdeu a chance mais clara do jogo. Diego souza gordo e descompromissado e mais jogador que o Pato.

      • Ue… puxe a media de gols de diego souza e pato no sp e compare. Qdo falo que torcedor gosta de grife e graca na rede social estou me referindo a torcedores que pensam exatamente como voce. E so o pato postar uma story indo pro morumbi a pe que ja o trata como idolo. Torcedor carente!

  9. O que o SPFC não pode é chegar na libertadores e perder esse caminhão de gols. O grande adversário do tricolor é a LDU um dos dois vai passar. A LDU tem time experiente com o Valencia, o Sornoza, o Caicedo e Quintero. Jogam na altitude e estão melhores preparados que nós para ganhar do Binacional em Juliaca (4800msnm). Precisamos ser mais eficientes para passam à seguinte fase.

  10. Para encerrar; todo treinador que precisa ganhar um jogo saca qualquer jogador e coloca no lugar um atacante para fazer o gol da vitória, mas o jênio saca o centro avante do time e coloca no seu lugar um volante. Não sem razão no seu comando o São Paulo Futebol Clube tem o pior aproveitamento e menor quantidade de gols em toda a história do clube.

  11. O problema é não fazer gol nas inúmeras chances que cria. Time que faz gol desestabiliza o adversário, ganha confiança e fica mais a vontade pra criar e arriscar. Tudo evolui dentro de campo.

    Nós não conseguimos isso e a culpa não é do Diniz mas claramente é o Diniz quem vai pagar.

  12. Diniz improvisava demais do Parana….

    o grande problema é que Diniz pensa futebol a longo prazo.. ele nao treina times visando um titulo o projeto dele demora anos e nao se encaixa com as necessidades do clube

  13. Prefiro os jogos do tricolor no domingo. Hoje vou ter que controlar um pouco o mal humor porque o SPFC não é capaz de ganhar desse time maldito. E a situação é melhor que nos últimos anos e mesmo assim, nem o Morumbi ajudou.

  14. Diniz conseguiu montar um padrão e estilo de jogo. Falta mudar algumas peças, Igor na meia, Éverton na ponta, e revezar Igor com Juan Fran na lateral.

  15. O problema não foi a entrada do Liziero, e sim a saída do Pato. O diniz poderia ter tirado o Juanfran, passado o Daniel Alves pra a lateral e colocado o Liziero no meio. Agora, na minha opinião, o erro aqui é essa praga de três atacantes. Está claro que o jogo se ganha no meio campo. Pra mim, o time titular hoje, de veria ser Volpi, Daniel Alves, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo. Luan, Tchê tchê, Hernanes e Igor Gomes. Pato e Pablo.
    E nada dos dois atacantes marcarem lateral.

  16. Os laterais do SPFC estão deixando um buraco enorme na defesa. O Juan Fran leva uma década para voltar e não faz nada lá na frente. Deveria ser substituído pelo Igor Vinicius que há muito tempo pede passagem. E Reinaldo também está avançando demais, embora ele contribua para o ataque, os adversários estão explorando as costas dele. O que fazer, já que Tchê tchê sozinho não dá conta da cobertura?

    • Joaquim, esse tal de Juanfran é fraquíssimo, nao acerta um cruzamento, não faz uma tabela e ainda fica lá na frente parecendo um ponta … Realmente não contribui para nada no time.

      Reinaldo está gordo, mas infelizmente não tem outro. Quanto a cobertura, o Luan precisa entrar nesse time.

    • Tem muita coisa pra ser corrigida ainda no time, não só finalizações. Ontem foi perceptível as falhas na defesa e espaços no meio campo.

      Para esse time se tornar confiável e eficiente, há um longo caminho a percorrer.

  17. Próximos 3 jogos no Paulista é obrigação de vencer e fazer muitos gols.

    Oeste, time fraquíssimo.
    Ponte Preta muito abaixo de temporadas anteriores
    Botafogo, time que levou 6 do Mirassol.

    Vamos ver qual vai ser as desculpas.

  18. O problema do São Paulo nao é o Fernando Diniz, é quem contratou, esse é o maior culpado, todos sabem que ele é fraco…limitado..substituições erradas a todos jogos..e assim vai…nao é treinador para time de camisa pesada, roubaram tanto…gastaram errado com jogadores medíocres, agora nao tem dinheiro para contratar um matador, fora leco e cia…dias melhores virão !

  19. Eu não gostei das substituições. Havia dito durante o jogo que eu trocaria Pablo, Vitor Bueno e Juanfran antes de pensar em tirar o Hernanes. Ele tirou o profeta mais uma vez… e ali ele errou e depois teve que voltar com um meia (Liziero). Igor Gomes entrou bem na partida, melhor que o profeta, mas era caso de deslocar o Daniel Alves para onde vem atuando o Juanfran.
    A entrada do Toró é uma boa para dar profundidade ao time, mas eu penso que era mais uma vez para vir com Éverton (mais experiente e cascudo para clássico) e no lugar do Vitor Bueno que estava amarelado e não ajudava nada na marcação (o que é muito importante já que dos laterais, só Reinaldo sobe bem apoiando o ataque). Enfim, discordo da entrevista quando ele fala que Toró entrou bem… pra mim ele correu errado o tempo todo (igual boi doido).

    Apesar disso tudo, ainda mantenho meus outros comentários de que não dá pra cobrar resultados do Diniz após 6 jogos no paulista onde em pelo menos metade deles a arbitragem nos prejudicou claramente.

  20. Tá bom Diniz, vamos ponderar, mas será que não está na hora de mudar peças?
    Não precisa mudar o estilo e formação de jogo, mas jogadores.
    Pablo e Juanfran estão destoando, pense em mudanças, não vai fazer mal a ninguém.

  21. A questão não é trocar atacante por volante, a questão é como ficou o time depois da alteração e, de fato, o time não ficou menos recuado, só mais povoado no meio de campo. A minha crítica a alteração é que se ele pretendia fazer algo assim, não deveria ter colocado o Toró antes.

  22. “O que incomoda mais são as partidas sem vencer porque, mesmo com os erros de arbitragem, a gente poderia ganhar já que perdemos muitos gols”

    Frase do Fernando Diniz, ontem, depois dos jogos. Não há desculpas pela arbitragem ruim e tá claro onde tá o ponto fraco.

  23. Repito o que disse ontem, se não fosse os roubos nos 3 últimos jogos, hoje estaríamos extremamente feliz pelo time, pelo volume de jogo, pelo estilo de jogo, pq estamos jogando bem, fora o roubo, a tonelada de gols perdidos.

  24. Olha não digo que Diniz é burro ou não, mas que até agora não mostrou nada no São Paulo é fato, podem uns gostar ou não gostar dele, mas os números dele são péssimos, muitos outros técnicos já teriam caído na mesma situação, só não caiu ainda pela atual situação financeira do time!
    A única coisa que eu via de diferente nos times que ele comandava e era seu diferencial dando certo ou não nem isso no São Paulo ele fez ainda!

    Não acho ele ruim, mas não vejo melhoras significativas ainda mais tendo tantos problemas como nosso time e diretoria tem!

  25. Às vezes acho que vivo numa realidade paralela.
    Não é possível.
    Todo mundo vê claramente as roubalheiras contra o SPFC.
    É como se ele fosse o favorito a ganhar essa merda de campeonato
    e fosse prioridade impedi-lo.
    E ninguém, ninguém, faz nada!
    O que será preciso fazer pra botar alguma ordem na coisa toda?
    Onde está a decência?

  26. Realmente fez uma pardalzice, queria colocar um homem a mais no meio campo, e abdicar de atacar pra segurar um empate, ai se os caras fazem o gol ai moia e voce roda, e se queima olha que seu filme ja e meio queimado faz tempo, melhor fazer o obvio o simples do que se complicar, e complicar a gente.

O São Paulo precisa de nós! Vamos apoiar!