rai passaro

São Paulo e sua crise sem fim, por Tiago Caetano

rai passaro

Se há um time de futebol no Brasil que vive uma pressão a todo momento, esse clube é o São Paulo.

A cada nova rodada é um novo tropeço do tricolor paulista. Tudo parece querer desabar pelos lados do Morumbi, mas como um clube que já foi modelo no futebol brasileiro chegou a esta situação?

ERA REFERÊNCIA
Até o início dos anos 2000 o São Paulo era referência em todos os aspectos: organização, infraestrutura, padrão a ser seguido no Brasil.

De uma hora para outra, porém, isso tudo foi por água abaixo.

Diretores se perpetuando no poder e administração questionável tornaram um poderoso tricolor em um time sem rumo.

CABEÇA A PREMIO
Agora a cabeça da vez é do treinador Fernando Diniz. O técnico tem metodologia de trabalho, mas com a falta de paciência da diretoria e da torcida, a vida dele parece cada vez mais difícil no time do Morumbi.

Caso os resultados não apareçam será mais um trabalhador demitido pela gestão Leco. E serão vários nomes até o fim da temporada.

A solução é um título mesmo que seja o Estadual. A partir de uma conquista o São Paulo terá águas tranquilas para navegar.

FI

Anúncios

14 comentários

  1. O Diniz tem metodologia de trabalho mas sem resultados em seu histórico, e isso, para um clube que necessita de resultados urgentemente é um tiro no pé!

    O Diniz mesmo já falou em entrevista que precisa de tempo mas quanto tempo? Chegou a comparar com a situação do Liverpool do Klopp que demorou 5 anos para mostrar resultados mas será que o clube e a torcida tem essa paciência?

    Chegou a hora de mostrar resultado e hoje pode ser um começo, time adversário ainda em formação, recém eliminado da mais importante competição do ano e com a confiança abalada.

    Vitória hoje é fundamental até para diminuir a desconfiança da torcida em cima do Diniz.

    • Eu sempre vejo essa comparação com Klopp e é absurda. Klopp já era aclamado na Bundesliga por causa do trabalho no Mainz e no Borussia, havia acabado de ser vice da UCL.

      Ai você pega um cara que vem de 2 demissões vexatórias e pede 5 anos porque o Klopp também teve, ora o Klopp mereceu a confiança dos 5 anos muito antes de chegar no Liverpool.

    • Tenho a mesma opinião. Só acho que o Rogério não vem, caso os russos comprem o fortaleza. Se os russos comprarem o fortaleza, o investimento vai ser generoso, bons jogadores serão comprados, estrutura será melhorada e o sonho de conquistar algo grande e ter mais visibilidade será algo real. Não sei se o Rogério viria nesse contexto.

  2. Olha a contradição. Na sua matéria mesmo fala q o clube precisa de resultado imediato. O São Paulo tem um técnico sem currículo, sem resultado. Trocar de técnico será surpresa? O problema no São Paulo e q se contrata sem critério e depois tem q mudar. E isso em relação a td, se coloca dirigente pra cuidar de coisa q não tem capacidade, se contrata jogador sem critério técnico, se contrata técnico sem critério. Td e feito muito nas coxas, por isso q nada funciona.

  3. Ontem o Sormani falou algo interessante, talvez a única e última vez que ele fala algo a ser pensado pelo lado bom.
    A fala é sobre a eleição no SP, e que se o Julio Casares vencer vai ter uma mudança pra melhor no clube em todas as áreas e que o Rogério Ceni pode voltar a partir do ano que vem. Não podemos deixar de lado esse fato, e sabemos que o Rogério evoluiu muito como treinador, basta ver o que fez com o limitado Fortaleza.
    Se isso acontecer, vai ser ótimo, pegará um trabalho bom que está sendo feito, e com certeza colherá bons frutos

    • Temos que pensar que vai ser uma reestruturação completa. Vai levar algum tempo para normalizar o Caixa do Sao Paulo. Acredito que é a melhor coisa para o Sao Paulo em 2021, porém torcida vai ter que ter paciência ate tudo se ajeitar porque o rombo foi grande das comissões.

  4. O Julio Casares é um bom nome. Sem dúvida é o melhor. Porém, gostaria que ele fosse eleito com os votos do sócios torcedores e não com os votos dos 160 chupins (conselheiros vitalíios) que estão matando o clube.

  5. Falta de paciência é otimo, o cara nunca fez nada que fosse digno para estar aonde está e o problema é a falta de paciência…. diniz é sem nunca ter sido.

  6. Um dos grandes culpados pela dívida exorbitante é o Sr. Raí. Em qualquer empresa minimamente séria esse cara já estaria na rua. Parecia uma criança gastando dinheiro de mesada, brincadeira.

  7. Este papo de metodologia…concepção…de jogo do Diniz, é lenda criada por jornalistas…que agora tem que sustentar…falando em tempo…paciência…
    Cara, ele, o Diniz já esta no SPFC há 5 meses, dirigiu o time em 21 partidas…houve tempo no ano passado que jogava um vez por semana…quer o que mais….?
    Esta comparação com o Klopp é totalmente descabida,ele chegou no Liverpool como bicampeão alemão, campeão da Copa da Alemanha e vice campeão da Copa dos Campeões da Europa.

O São Paulo precisa de nós! Vamos apoiar!