Igor e Antony estão de volta!

Amigos tricolores,

O torneio com a seleção acabou e Igor e Antony já estão reintegrados ao elenco do São Paulo. O time, como sempre, “ainda está em formação” então qualquer reforço, é sempre bem vindo. Time em formação, ninguém mais aguenta ouvir, mas no São Paulo, tudo é possível.

Pela correria da vida, confesso que tenho visto poucos jogos do São Paulo esse ano. Vi contra o Novo Horizontino e não acreditei que o São Paulo foi roubado em pleno Morumbi para um time do interior. Com todo o respeito que o Novo Horizontino merece, mas somos um time tri campeão, não que isso nos dê o direito de ser beneficiado, mas ao ser terrivelmente roubado no Morumbi mostra que o time do São Paulo se apequenou de vez. A instituição São Paulo, a marca, São Paulo não, mas o time hoje, não impõe mais respeito nem no time do condomínio ao lado do Morumbi se quiser jogar um amistoso. Tempos difíceis!

Falta ousadia

Como disse, tenho visto poucos jogos do São Paulo esse ano, mas isso não impede de acompanhar o time, pelos canais digitais e, quando posso, por programas de rádio e TV que tenham credibilidade, o que não envolve a FoxSports, por exemplo. Alguns dos comentaristas que respeito, como o “monstro” Cláudio Zaidan, dizem que o São Paulo de Diniz está tão previsível como ex-BBB dando entrevista para a RedeTV, no Carnaval, falando que tem um projeto secreto para 2020… e de fato deve estar. O São Paulo está um time lento, com muita posse de bola, mas que na hora de finalizar, falha. E olha que temos finalizadores de peso como Pablo, Pato, Daniel Alves e Hernanes, mas estão falhando.

O São Paulo precisa de um jogador driblador que abra a defesa. Antony, bem física e psicologicamente, é esse cara, mas na seleção mostrou que ainda não está preparado. Helinho e Toró então, nem se fala, se depender desses dois para algo, continuaremos na fila. Pato e Pablo não tem esse perfil.

Falta a bola chegar

Eu ainda não entendo o Daniel Alves no meio. Podem dizer que é um desejo dele, mas não me convence colocar o melhor lateral direito do mundo, como um segundo volante comum, entretanto, nos últimos jogos ele tem crescido de produção. Não precisa provar nada a ninguém, é craque, mas no São Paulo está jogando como um cara acima da média. Hernanes é outro, está buscando sua melhor forma, mas ainda, não podemos contar 100% com ele. Tchê-Tchê é um que não me convence nunca! A bola não está chegando com a qualidade necessária!

Igor Gomes pode ser o cara para fazer esse elo. Mas está pronto? Pelo pouco que li dele na seleção, ele foi “engolido” por outros e acabou perdendo o espaço. No São Paulo deverá disputar vaga com Hernanes ou Daniel Alves, missão muito complicada para o meia, mas em time grande os desafios são grandes!

E qual time seria?

Na minha humilde visão:

Volpi. Daniel Alves, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo.

Luan, Hernanes, Igor Gomes e Vitor Bueno

Pato (Antony) e Pablo

Sairia do 4-3-3, essas siglas parecem praga, um faz, todo mundo faz.

Se quer ousar, faça diferente. Mais do mesmo, está cheio.

*Felipe Morais. Publicitário, apaixonado pelo São Paulo Futebol Clube. Sócio da FM Planejamento, Palestrante sobre marketing digital, comportamento de consumo e inovação. Autor dos livros Planejamento Estratégico Digital (Ed. Saraiva) e Ao Mestre com carinho, o São Paulo FC da era Telê (Ed Inova) – www.livrotele.com.br – facebook.com/plannerfelipe e @plannerfelipe

Anúncios

12 comentários

  1. Excelente notícia, grande esperança da torcida pra melhorar a velocidade e contundência da equipe.

    Concordo em sair do 433 mas não dá mais pra insistir com o Pablo.

    Volpi
    Igor V, Arboleda, Bruno, Reinaldo
    Tchê
    Dani, Igor, Vitor
    Antony e Pato

    Na prática uma variação do 433 com o Antony fechando na defesa, mas tanto ele como o Pato e o demais jogadores com mais liberdade, trocando posições.

    É o que o próprio Diniz diz almejar e eu acredito que essa formação iria favorecer isso.

  2. Esperança não morre. SPFC vai superar essa herança maldita deixada pelo desonesto Aidar e enterrar de uma vez essa pessoa nefasta que é o Leco da presidencia do clube.

    • É muito pior, porque o Leco ainda tem 10 meses, 300 dias para fazer estragos!
      E quem eleito for, é da turma…!
      A probabilidade de continuidade de ruindade com mediocridade, é muita!

  3. Enquanto ao jogo de amanhã, o Morumbi tem que lotar e só aceitamos a vitória como resultado. Como disse o Scala, “ajuda aí Diniz”!

  4. Para primeiro volante não vejo opção melhor. Tchê Tchê não tão mal, mas ele joga mais. Acredito que depende mais de um acerto coletivo e da evolução física. Sobre o Dani, acho que o 442 iria favorecer o futebol dele, mas ele na lateral pode ser uma boa, abrindo espaço pro Liziero e pro profeta, a depender das condições físicas de cada um. Opções nós temos, é preciso explorar as alternativas pra chegar naquilo que funciona melhor.

  5. Sabem daquela história de: o adversário de hoje pode ser o aliado de amanhã? Pois é, o Dramalhão que nos venceu, está vencendo a Inter, em Limeira e tá ajudando a gente.

O São Paulo precisa de nós! Vamos apoiar!