“Rogério Ceni e São Paulo: um casamento inevitável” diz jornalista

A partir de 2021, a união entre Rogério Ceni do São Paulo será um fato inevitável. O caminho estará aberto. Cada dia será um dia a menos para que o clube e seu maior ídolo estejam juntos novamente, após a experiência traumática de 2017. O presidente Leco deu a ele a primeira oportunidade na nova profissão. E deu também a primeira demissão, após três eliminações em menos de um mês. E de uma posição no Z-4 do Brasileirão.

A demissão seria algo natural. Os resultados eram ruins, mas a relação entre eles ficou totalmente rota quando, site Chuteira F.C, Leco falou que a demissão havia se consumado em cinco minutos. Tempos depois, Ceni fez uma postagem muito dura nas redes sociais: Não se deixe enganar pelos cabelos brancos, pois os canalhas também envelhecem”.

Não havia mesmo como continuar. Cada um foi para seu lado. O São Paulo colecionou treinadores – Dorival Jr., Aguirre, Jardine, Mancini, Cuca e Diniz – e Ceni amealhou títulos: Série B, Cearense e Copa do Nordeste. Futebol é um campo certo para destruir carreira de futurólogos. “Mãe Diná” não se cria no esporte bretão, mas, nesse caso, é possível especular a união dos dois, com Ceni em alta e o São Paulo em nova etapa de reconstrução.

Falo, é lógico, a partir de duas premissas:

1) O São Paulo não ganhará um título importante em 2020. Nada indica.

2) O novo presidente assumirá com o lema da renovação, e não com o de manutenção.

E há maneira melhor de renovar do que com o respaldo de um ídolo?

E há escudo maior que Ceni?

No balanço das horas, tudo pode mudar com um título de Diniz

https://www.uol.com.br/esporte/futebol/colunas/menon/2020/02/13/rogerio-ceni-e-sao-paulo-um-casamento-inevitavel.htm?cmpid=copiaecola

37 comentários

  1. E tem mais:
    Ceni renovou só por 1 ano com o Fortaleza;
    Qualquer um dos candidatos vai querer anunciar q irá contratá-lo como promessa de campanha.

  2. Claro que gostaria do RC em 2021, mas pela rasteira que ele levou e dependendo de quem ganhar as eleições no SP não sei se ele vem tão cedo. Um nome que gostaria de ver no nosso tricolor caso não dê certo com o RC seria Renato Gaúcho

          • Eu também quero o Rogério de volta mas não agora com o Clube atolado em dívidas com necessidade de se desfazer de metade do seu elenco , quero que volte quando o Clube estiver novamente com seu patamar mais elevado de onde nunca poderia ter saído, e creio que até lá Rogério com muita experiência , se perpetuara por muitos anos a frente do time e nos renderá muitas glórias ainda , e pra quem não gosta do ceni , que vá torcer pra netos , Vampetas , dineis, da vida

            • Não necessariamente quem não gosta do Ceni, deverá torcer para Neto, Dinei ou Vampeta. Simplesmente pq algumas dessas pessoas torcem e amam um clube, o SPFC. Os ídolos que passam por este clube são apenas ídolos, nada tão grandiosos quanto a instituição.
              O que se deve ter eternamente é o respeito por eles, porém, gostar ou idolatrar, é de cada um.

              Os ídolos passam, o clube permanece…

      • Não querendo defender o Renato Gaúcho, mas já defendendo:

        Renato não vestiu a camisa. Acompanhava de perto o clube na época e lembro bem do episódio.

        Ele veio aqui, ouviu proposta, ficou de pensar e dar palavra final em uma semana.

        Como o presidente Fernando Casal De Rey era muito afoito, já tinha chamado imprensa e o escambau. Como os caras estavam lá esperando, De Rey já apareceu com uma camisa na mão e Renato se esquivou. Topou apenas posar ao lado da bandeira do clube e segurando a camisa

        Não havia contrato; sequer havia exames médicos realizados.

        Quem conseguir achar as fotos da época verá isso.

        E o SPFC quase pagou o mesmo mico, outra vez com Casal De Rey.

        Ele fez uma proposta ao Edmundo em fim de carreira. Edmundo respondeu que tinha uma proposta apalavrada com o Cruzeiro, mas que se desse errado lá em BH, voltaria a conversar com o SPFC.

        Alguns dias depois, num evento de patrocinadores no Morumbi, Edmundo apareceu devido a algum compromisso comercial ou algo do tipo.

        Casal De Rey juntou uma porção de conselheiros que lá estavam, chegou no Edmundo e anunciou “nosso novo reforço”, no que foi educadamente desmentido pelo jogador na frente de todo mundo.

      • Isso do Renato foi enquanto ele era jogador, trocentos anos atrás. essa coisa de ficar de birra com quem “desrespeitou” a camisa do SP é muito exagero. Torcida do SP infelizmente é campeã em queimar jogador com clube. Se dependesse dessa parte da torcida teríamos perdido um ótimo zagueiro por causa de uma foto (ÓBVIO q é cagada e cara foi corretamente multado por isso, mas negociar ele só por conta disso é demais!)

        Enfim, voltando ao Renato. Coisa de muito tempo, ele não é identificado com nenhum rival nosso e na minha opinião é o melhor técnico brasileiro da atualidade.

        Proponho uma enquete: SP com Diniz terminando 2020 do mesmo jeito que 2019: sem títulos, classificado para fase de grupo da Liberta e em dificuldade financeira para grandes contratações, quem gostariam de ver no comando do nosso time?

  3. nao entendo essa angustia pela volta do capitao r ceni. ele como treinador tem que solidificar sua carreira, treinar varios timea diferentes em ourras pracas, quem sabe ate no exterior e o sao sao paulo tem que viver a sua vida, acho essa neura prejudicial tanto ao sao paulo quanto ao rogerio

  4. Eu como torcedor do São Paulo e um dos que sabem torcer, pois torço na boa e na má fase, com elenco bom ou ruim, com qualquer técnico que seja, mesmo que discorde de escalações,do futebol ofensivo ou defensivo praticado, sempre estou na torcida pelo São Paulo e não me permito em fevereiro, estando vivo em todas competições do ano, já dizer que o SPFC não ganhará nada em 2020, já não aceito uma afirmação dessa como torcedor, que envolve paixão e tudo mais, pior ainda é quando vem de um jornalista, que afirma isso, para caso se confirme, chegar no final do ano e lançar o ‘bem que eu disse, avisei que não ganharia nada’.

    E além de torcedor, sou apaixonado por futebol e já vi times inexpressivos e sem história, conseguirem títulos grandes, como Santo André campeão da Copa do Brasil, Leicester campeão inglês, Once Caldas campeão da Libertadores, entre outros… é irresponsável dizer que o São Paulo não tem chance de títulos, tendo bom elenco, estando em campeonatos de mata-mata, onde tudo pode acontecer. Eu acredito em título nesse ano e torcerei o tempo todo pra isso.

  5. O povo tem memória curta mesmo.
    Espero que ele nunca mais treine nosso time, para que ainda tenha algum respeito pelo ídolo que foi, como treinador foi um dos piores que já vi passar por aqui.

  6. se no Brasil algum clube possa uma vez contar com um “Alex Ferguson” esse clube é o SPFC, RC01, é o cara para essa função, ja mostrou no Fortaleza que tem dom para o negócio, precisa de espaço, tempo e carta verde para trabalhar, não é difícil de imaginar que panelinhas em sua gestão serão raras e quando acontecer quem tem a perder serão os amotinados, Rogério não tem medo de cara feia e jogador estrelinha, esse time de hoje na mão dele renderia muito mais, sua eventual chegada, com dinheiro disponível, devido as futuras vendas de boa parte da boa safra deste ano, empunharia uma real renovação, meio ano para arrumar a casa e e resto do tempo para colher os frutos, terminou em 9º com um time que não tem nada. imagino que possa ser vantajoso para ambos.

  7. Mas será que terá coragem de ser novamente cabo eleitoral de algum candidato a presidência? Espero que coloque uma multa menor que a última. Um dia até quero ver ele voltar a treinar o SPFC, mas espero que ele primeiro solidifique sua carreira, assim como acho que o Diniz não tem carreira sólida pra ser nosso atual treinador. SPFC sempre foi referência de ser vanguardista e ter sempre os melhores, acho que nesses 12 anos, até a própria torcida esqueceu.

  8. Vale o registro. Leco vendeu todos os atletas que compunham a espinha dorsal do time do RC!! RC pediu Hernanes e o Leco somente o trouxe com Dorival qdo a vaca já parecia ir pro brejo… Então a falta de resultados do Rogério me parece mto mais pela incompetencia do Leco do que por falhas dentro do campo.
    Ainda, Ceni faz um ótimo trabalho no Fortaleza nesses 2 anos, que vai jogar sua primeira competição internacional. Aumentou o faturamento do clube, e a tendência é fazer um campeonato brasileiro sem sustos.
    Qto ao SP não se vislumbra nada de positivo. Leco é acompanhado por diretores incompetentes, Pássaro e Raí, que junto com Lugano aceitam ser escudo do canalha do Leco, que afundou o clube em dívidas, e que se vê obrigado a liquidar os mlks pra poder custear salários de jogadores velhos e cansados. Tudo isso, de fato, faz no horizonte ser natural o retorno de Ceni a sua casa.
    Por fim, Ceni é melhor treinador que Diniz, Carilles e Manos da vida, e tem lastro pra ser melhor que Renato Gaúcho.
    Como dizia JJ: O tempo é o senhor da razão, e o tempo dirá.

  9. Eu também acho que o casamento São Paulo e Rogério Ceni é inevitável e vai voltar a acontecer, mas acho que o Rogério precisa de mais rodagem como treinador, além do Fortaleza antes de retornar para cá, exatamente como o Muricy Ramalho fez…
    Acho que ele voltar no ano que vem ainda seria muito cedo!!!

  10. Se ele vier, vai cometer o erro duas vezes.
    Ele ainda não esta preparado para o SP.
    Devia treinar outros times e adquirir mais experiência.
    E por fim, se vier em 2021, vai treinar um clube endividado.
    Muito provável que não haverá uma ou duas grandes promessas para vender.

  11. Respeito a opinião de todos, mas a partir do momento que eu (torcedor dessa entidade) não acreditar mais na possibilidade do meu clube sair da fila, ser campeão, dar a alegrias, eu desisto do futebol. Não vou me conformar com essa situação.

    • Tirei uma das ofensas que vc fez a ele, pq nunca na sua vida vc deve chamar alguém dessa forma… É muito dolorido, chato e ofensivo, principalmente para quem já esteve envolvido com esse tipo de coisa…

O São Paulo precisa de nós! Vamos apoiar!