O jogo contra o Santo André, às 18h de amanhã, no Bruno José Daniel, será o quinto e último do São Paulo sem Antony e Igor Gomes. A dupla está com a Seleção Brasileira sub-23 no Pré-Olímpico disputado na Colômbia e define seu destino no próprio domingo, às 22h30 (de Brasília), contra a Argentina, após empates frustrantes contra Colômbia e Uruguai no quadrangular final.

Se vencer, a equipe comandada por André Jardine garantirá a segunda vaga do continente na Olimpíada —a primeira já é da Argentina, que venceu todos os jogos e garantiu, inclusive, o título do Pré-Olímpico.

Se empatar, o Brasil ficará com a vaga caso não haja vencedor no duelo entre Colômbia e Uruguai, também no domingo, às 20h. Seja qual for o cenário, a dupla é esperada na próxima semana no CT da Barra Funda e deve estar disponível para o clássico contra o Corinthians, às 19h do próximo sábado (15), no Morumbi.

Antony e Igor terminaram 2019 como titulares e destaques da equipe, mas não têm vaga assegurada. Hernanes, escolhido para o lugar de Igor Gomes desde a pré-temporada e escalado em todas as rodadas do Paulistão, tem dado sinais de que pode render muito mais neste ano. Pato ganhou a vaga que era de Antony nas duas últimas rodadas e também foi bem, agora atuando como centroavante —Pablo acabou deslocado para o lado direito. Inicialmente, Fernando Diniz escolheu Helinho para preencher esta lacuna, mas uma lesão no tornozelo direito mandou o jovem para o departamento médico.

“Eles são titulares da equipe, mas a equipe não é feita apenas de 11 titulares. Eles terminaram muito bem a temporada, o Antony está jogando continuamente, o Igor Gomes jogou contra o Paraguai e foi bem, a gente está acompanhando. A gente vai esperar para dar um passo de cada vez, esperar eles retornarem. Se vão ser titulares ou não, vai depender de como chegarem. A gente não está pensando nisso agora”, disse Fernando Diniz.

Antony foi titular em todas as partidas da Seleção no Pré-Olímpico, exceto contra o Paraguai, na última rodada da primeira fase. Este foi, curiosamente, o único jogo de Igor desde o início, uma vez que Jardine deu chance aos reservas. Antony fez um gol no campeonato, contra a Bolívia.

UOL