Para o São Paulo, cada vez mais 2019 tem sido deixado para trás, não só coletivamente, mas individualmente, como no caso de Hernanes, que iniciou a temporada saudável e como titular da equipe do técnico Fernando Diniz. Em entrevista para a ESPN, o meio-campista falou de sua melhora física para este ano e de como o time precisa ficar atento para não cair na empolgação.

O Profeta não tem dúvidas de que 2020 já é completamente diferente do que se passou na temporada anterior, que foi complicada para o jogador que havia voltado da China, não pôde fazer uma preparação adequada por conta do calendário do clube e sofreu com problemas físicos ao longo do ano.

– Com certeza mudou bastante no sentido de que 2019 foi um ano muito difícil para mim. Tive várias lesões, várias mesmo, não conseguia ganhar ritmo de jogo, estar bem fisicamente, não conseguia treinar adequadamente com o corpo em condições de vir aqui no dia a dia e dar o 100%. Estava sempre com uma ressalva, mas neste ano não, está bem diferente, o aspecto físico está completamente diferente, venho aqui dia após dia treinando bem. Para Hernanes, a qualidade do treino naturalmente será refletida nos jogos, assim jogadas e gols sairão e ele poderá mostrar que não desaprendeu, como no belo tento que marcou diante da Ferroviária, em Araraquara, na última semana. A espera agora é que coletivamente as coisas também aconteçam.

– Eu digo sempre: se eu puder treinar da maneira que eu possa me preparar, me condicionar, com certeza a tendência natural é que as jogadas saiam, os gols saiam. Não é que eu desaprendi, é como andar de bicicleta, nunca se esquece, então basta treinar 100%, como eu estou fazendo neste ano e não fiz no ano passado. As coisas tendem, dentro de uma lógica normal, a acontecer individualmente. Depois, coletivamente, tem outros detalhes que precisam acontecer também, mas eu acho que estamos em um caminho legal neste ano.

Terra