Empate em Araraquara em jogo disputado: Palmeiras 0X0 SPFC

Nesta tarde de domingo , Palmeiras e São Paulo disputaram mais um clássico paulista, o chamado Choque-Rei, válido pela segunda rodada do Brasileirão.

Ambos os times vinham de vitórias em seus primeiros jogos.

Ao contrário de muitos , achei um bom jogo e o resultado justo. Obviamente quem mais procurou o gol foi o adversário mas pudemos mostrar um grande poder defensivo. Além disso fica mais uma vez provado o quanto a permanência de Volpi foi certeira. Que baita goleiro!

Enfim, fica a frustração de não ter ganho o jogo mas não achei o empate de todo ruim.

Até aqui, tudo bem. Minha opinião, é claro!

O Jogo por Gazeta Esportiva

O São Paulo começou o jogo controlando as ações, mantendo a posse de bola e não dando muitas chances ao Palmeiras, que apostou nos contra-ataques. Logo aos sete minutos, por pouco o Tricolor não abriu o placar com Bruno Alves, que subiu mais alto que a zaga alviverde para completar de cabeça a cobrança de escanteio, mas mandou por cima do gol.

O Palmeiras, por sua vez, apesar de não manter a posse de bola, foi quem teve as melhores chances do primeiro tempo. Aos 17 minutos, o time comandado por Vanderlei Luxemburgo esteve muito próximo de balançar as redes quando Lucas Lima deixou Dudu na cara do gol, mas Tiago Volpi saiu bem e fez grande defesa. No rebote, Luiz Adriano chutou em cima de Juanfran.

Sem se abalar, o São Paulo respondeu no minuto seguinte com Hernanes. O Profeta recebeu na entrada da área, limpou a jogada e bateu forte, mandando rente à trave do goleiro Weverton. A bola ainda desviou em Gustavo Gómez, que, de carrinho, atrapalhou o arremate do adversário. Logo em seguida, em cobrança de escanteio, Arboleda cabeceou sozinho, com veneno, mas Weverton fez a defesa.

Antes de as equipes irem para o intervalo, o Palmeiras ainda teve mais uma excelente oportunidade de ficar em vantagem no jogo, mas faltou sorte a Ramires. O volante alviverde ficou a bola limpa na entrada da área, levou para o meio e soltou o pé, mas acabou carimbando a trave e tendo de se contentar com o 0 a 0 no placar.

Segundo tempo

No segundo tempo, com Liziero na vaga de Helinho, o São Paulo teve a chance mais clara do jogo logo aos sete minutos, quando Tiago Volpi lançou diretamente para Daniel Alves, que dominou e, livre da marcação, dentro da área, bateu em cima de Weverton, desperdiçando uma oportunidade inacreditável.

O Palmeiras respondeu aos 16 minutos, quando Marcos Rocha cruzou na medida para Luiz Adriano, que subiu mais alto que a defesa tricolor e carimbou o travessão. Na sobra, Victor Luis arriscou da entrada da área, contou com o desvio da marcação e forçou Tiago Volpi a fazer boa defesa.

Por conta do forte calor e o fato de as equipes ainda estarem em início de temporada, a intensidade diminuiu na etapa complementar, e os pouco mais de 15 mil torcedores não viram tantas chances de perigo. O técnico Fernando Diniz ainda apostou em Alexandre Pato nos minutos finais, mas não teve jeito. Palmeiras e São Paulo tiveram de se conformar com o 0 a 0 em Araraquara.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 0 X 0 SÃO PAULO

Local: Arena Fonte Luminosa, em Araraquara (SP)
Data: 26 de janeiro de 2020, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse e Neuza Inês Back
Público: 15.173 torcedores
Renda: R$ 1.107.400,00

Cartões amarelos: Vitor Bueno e Bruno Alves (São Paulo)PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Felipe Melo, Gustavo Gómez e Victor Luis; Ramires (Zé Rafael), Gabriel Menino (Patrick de Paula) e Lucas Lima; Dudu, Gabriel Veron (Willian) e Luiz Adriano
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Juanfran, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Tchê Tchê, Daniel Alves e Hernanes (Everton); Helinho (Liziero), Vitor Bueno e Pablo (Pato)
Técnico: Fernando Diniz

65 comentários

  1. O time tá no caminho certo, a diretoria tem que manter o Diniz, daqui a alguns meses o time vai estar muito mais entrosado, rápido e eficiente.

    Os jogadores de frente só precisam deixar de ser fominhas, ao invés de dar tanto chutão de fora da área eles deveriam pensar e trabalhar mais as jogadas.

    • Exatamente, está no caminho certo, igual ano passado…lento…preguiçoso…não faz gol..o goleiro é o melhor jogador…os dois zagueiros rebatendo pro lado que estão virado…e o “treinador” com frases tolas…inerte…inepto…

  2. Esperava mais tabelas do time, Helinho mal demais, espero a volta do Antony com ansiedade. No geral, achei um exagero tremendo dizer q o Palmeiras foi tão superior assim como a Globo fez parecer hj.

  3. Tristeza ver nosso time jogar. Não se movimentam, estão cansados, descompromissados, não há jogada ensaiada, nem triangulações, não temos nada. Nenhum jogador desequilibra. Da forma que está não dá. Time com cara de ser eliminado na fase de grupos da Libertadores.

  4. A desculpa do “não tem dinheiro para reforçar”; “estamos satisfeitos com o plantel”; “2020 é recuperar as finanças” é estritamente culpa dessa gestão que torrou tudo e mais um pouco do dinheiro do clube de forma errônea e que agora terá que se ver refém dos jogadores com Diniz.

  5. Se o time é lento hoje com Daniel Alves e Hernanes em campo, imagina em 2022, quando eles estarão no último ano de contrato e quase quarentões! Planejamento de futebol do Rai bem amador.

  6. Hoje o Vitor Bueno esteve mal, helinho pode emprestar logo, Daniel tem que soltar a bola mais rápido, o Hernandes por enquanto jogador de 1 tempo, Reinaldo pesado e o Everton vai tomar a vaga de alguém se não lesionar pois é dedicado.
    De resto não foi um mal jogo, a diferença
    São os homens de frente do São Paulo que não são tão eficientes.

  7. Espero em Dezembro comemorar a saída do Leco sem um rebaixamento, tornaram o SPFC um Vasco e tem gente que acha ruim quando torcedor reclama, os caras devem ser remunerados p vir aqui defender.

  8. Pessoal que quer a saída do Diniz deveria ter mais paciencia, o time está evoluindo aos poucos, não esqueçam que o Jurgen Klopp levou 3 anos pra acertar o time do Liverpool, no primeiro ano dele ele foi só oitavo lugar no campeonato ingles.

    • Não tem nem como comparar o Jurgen Klopp com o Diniz, o técnico alemão conseguiu tirar o domínio do Bayern sendo campeão alemão, levando o time a final da Champions. Os estilos de jogo são completamente diferentes também, o Klopp gosta de um time mais incisivo e o Diniz gosta de posse de bola e saída tocando a bola desde da pequena área!

      Tem que comparar o Diniz e seu trabalho com os últimos técnicos vencedores daqui do Brasil. O Diniz nos últimos 3 anos foi melhor que o Renato Gaúcho? Tiago Nunes? Carille? Mano entre outros?

      • Tiago Nunes teve 6 de bom trabalho e na cabeça de muitos é o maior de todos os tempos. Carille tinha um timaço né, dava até gosto de ver jogar. Mano, vazou do Cruzeiro e tirou férias no Palmeiras, como um elenco repleto de bons jogadores, não deu conta de fazer nada.

        Mas é aquela história, a grama do vizinho é sempre mais verde.

        As vezes é certo mudar o treinador mesmo, pois fazem alguns 10 anos mais ou menos que o SP faz isso, e da muito certo, é só olhar a galeria de títulos de 2010 até hoje.

        Enfim, muito mimimi para o segundo jogo da temporada.

          • Acho que hoje nosso foco tem que ser criticar o presente e cobrar melhorias focando 2020.

            Em 2 jogos, mantivemos a estabilidade defensiva que nos deu a melhor defesa de 2019 e continuamos com problemas ofensivos. O que temos que fazer é melhorar o ímpeto e encontrar um reforço que resolva as questões ofensivas.

          • Ah meu amigo, esse argumento já está batido vai, muda o cd, assiste o time do Thiago Nunes, tomando sufoco do Mirassol, só não está perdendo pq o Mirassol perdeu uma caminhão de gol, futebol não é formula magica não amigão.

            É a primeira vez em 10 anos que o São Paulo mantém uma base de jogadores, que mantem um trabalho. Está ruim? Claro que está, também quero o SP campeão, mas já está provado que mudar de técnico a cada 5 rodadas não surte efeito algum.

        • O Diniz não deveria te sido contratado o são Paulo tinha gue contrata o Tiago Nunes era a melhor opção já gue o clube não tem condição de contrata o sampaoli e o galhardo t.Nunes si incachava na realidade financeira do clube no momento já o Diniz não tem nem um trabalho consistente como treinador um trabalho longo e com títulos

  9. 1. SPFC que jogou hoje foi o SPFC de 2019 do Diniz: muito toque de bola que não liga nada a lugar algum, ataque inofensivo, Pablo sem encostar na bola.

    2. Fizemos os 20 min finais sem um pingo de condicionamento fisico, jogadores mortos em campo, abdicando do ataque pq não aguentava mais. E não é pq estava mto calor e sim pq a diferença pro adversário nesse quesito é enorme.

    3. Paga-se muito dinheiro pra jogadores específicos nunca decidirem nada em campo. Muita paciência há meses com firula, blábláblá e zero poder decisivo.

    4. O problema não foi o clássico em sí e sim a postura frente a um adversário com mais qualidade técnica, assim como aconteceu em várias partidas de 2019. Time é engolido nessas partidas.

    5. Muita, mas muita coisa mesmo precisa mudar pra um 2020 com mais sucesso. Pela partida de hoje, onde os jogadores precisavam realmente mostrar mais futebol, foi um tanto quanto decepcionante.

    • Torço que o sp nao mude o tecnico esse ano, apesar dos especialistas estarem aplaudindo o troca-troca ha 10 anos.. pro nivel dos jogadores, fisico principalmente, o time tem jogado de forma segura e criando chances.. falta ataque, jogadores incisivos e efetivos na frente. Vamo sp!!

  10. Time teve momentos bons no jogo. Em outros sofreu muito. Defesa e Volpi continuam na boa toada de 2019.
    Nao gostei das alteraçoes. VB morreu nos 30 minutos finais, deveria ter saido. Queria ver Everton pela esquerda e nao pelo meio, e Pato por tras do Pablo, nao enfiado entre os zagueiros.

  11. Igor gomes, antony, everton e igor viniciustem que ser titulares para que o time fique mais agressivo. Resta saber se diniz tera peito para colocar hernanes e juanfran no banco.

    • Hernanes já foi banco de Igor Gomes qse o segundo semestre de 19 todo.
      Juanfran tbm já sentou o traseiro por varia ocasiões.
      É tanta vontade de criticar..

  12. O São Paulo têm qui voltar a ganhar títulos nesse ano de 2020 eo São Paulo têm qui ser time competitivo eo São Paulo têm qui jogar diferente nesse ano de 2020 e chega de toca,toca,toca e toca para lá o São Paulo têm qui ser rápido toca e vai para o gol e não ficar demorando para ir para o ataque em março começa a taça libertadores da América de futebol nesse ano de 2020 têm qui jogar bem.

  13. A julgar pela partideca que esse time fez hoje, teremos mais um ano pra cumprir tabela…
    O negócio é esse aí. Vencer os times pequeninos e buscar empates com os grandes.

  14. Amigos do blog me ajudem, alguém ai está gostando do trabalho do Diniz, vê alguma evolução, ou está contente com o futebol do SP, se tiver me avisa e fala qual a TV que possui, pois acho que o problema de não enxergar nada de bom é da minha TV.
    Me avisem por favor!!!!

  15. Se sou o Pato iria embora… Helinho ganhou a posição de que forma? Nos treinos “pegados” do Fera nando Diniz? Alias, Pato virou centroavante agora segundo o Fera…técnico que pega bronca de jogador tem vida curta.. mesmice do ano passado, nada mudou apesar da esperança de muitos… e não irá mudar, o Fera não sabe jogar de outra forma…

  16. #mecaladiniz
    Mas por enquanto fora Leco fora Rai fora Pássaro, porque esse tal de Diniz não tem condições nenhuma de ser técnico do mais querido. Sampaoli desempregado e nois na sofrência com esse aprendiz de técnico.Antes que alguém venha dizer que não temos dinheiro e só olhar o Flamengo que tinha uma dívida muito maior começou a investir ganhar e agora só superávit.
    Revoltado

  17. E AD segue com poucos gols mas com defesa sólida, bem ao contrário do que pregam sobre sua ofensividade e inovações. .
    Gostaria de saber porque não coloca Pato na sua posição preferida e acaba logo com o xororô. Está colecionando desafetos e descontentes. Jogador é corporativista e quando quer não tem técnico que se equilibre na posição. Torcedor não quer saber se elenco está incompleto e carente. Fique nesses joguinhos mornos, burocráticos que a cobra fuma rapidinho.

  18. Tanto comentário bom e produtivo pra fazer, porém, alguns preferem provocar outras pessoas…

    Vai entender…

    Depois ficam de mimimi quando eu deleto o comentário…

  19. Diniz fala na entrevista que não teve tanto tempo pra treinar, que a partir de agora vai treinar a transição ofensiva e o ataque! Bem estranho essas declarações, quando o time perdeu dois dias de representação.

  20. Sei que muitos amigos estão bravos ou desconfiados quanto ao resultado de hoje…

    Mas confesso que achei bem positivo! Estava com medo com as oportunidades que demos ao Água Santa imaginando que se as mesmas fossem dadas ao Palmeiras seriamos surrados e desestabilizados.

    Bom, não foi o que aconteceu e assim como o SPFC passou perto de perder o jogo também o Palmeiras passou. E para ser sincero, vi o time ser antagonista no mando do adversário, outras épocas o time seria passivo e expectador.

    Preferia um outro técnico, de preferencia estrangeiro, mas ja que o Diniz esta ai e “sobreviveu” ao Palmeiras acho sim que ele merece um voto de confiança. Ao menos até a Libertadores! Lá não vai caber 2ª chance.

  21. Eu acho bem cedo pra cravar que nosso ano será perdido.
    Porém achei o Palmeiras bem superior a nós com o tempo similar de preparação.
    Nossa chance com o Daniel Alves foi uma jogada isolada.
    Não perdemos por sorte que duas bolas foram na trave, especialmente a cabeçada do Luiz Adriano, que foi um grande erro do sistema defensivo.
    O Diniz tem que mostrar que tem condições de extrair o melhor dos jogadores.. até agora não mostrou.

  22. Pessoal tá com um pouco de má vontade com o FD. Compara esse time com o que começou 2019? Muito, mas muito melhor….não conseguimos ganhar do Talleres! Hj tivemos nossas chances mas infelizmente perdemos os gols. Tá tudo ótimo? Não! Mas que tá na cara que tem gente torcendo para dar tudo errado, tá óbvio….que pena.

    • Ja sao conhecidos. Tao ha 10 anos culpando tecnico e choramingando pra trocar. Vejo o sp com um elenco desequilibrado. Meio campistas com limitacoes fisicas e atacantes lentos e pouco efetivos. Ou seja, incompetencia da diretoria na montagem do elenco.. mas o mimimi é o msm de sempre..

  23. Não fico triste pq era previsível que o time faria a mesma coisa do ano passado. Não me empolgo com o Diniz. Nunca ganhou nada, vive de um vice campeonato Paulista.

    É esperar esse semestre acabar. Ė esperar esse ano acabar…

  24. A nossa maior comemoração neste ano com certeza será a saída do pior presidente da história do SPFC da presidência.Tem torcedores que vão soltar fogos.Sobre o jogo foi uma partida fraca tecnicamente.

  25. Temos que olhar o jogo tentando ser racional e não pelo emocional.

    O Palmeiras foi superior sim, visto as chances que tiveram e ponto final.

    Todo mundo sabe que clássico se resolve em detalhes e o Daniel Alves não pode perder aquele gol.

    Fora isso a minha maior preocupação é com o Hernanes, me desculpem mais é a mesma coisa que jogar com um jogador a menos.

    Ele não marca e não ataca, maior parte do tempo estava andando em campo.

    Gostaria de entender também pq o Diniz vê o Pato como 9 onde todos nós sabemos que ele rende na esquerda como 2º atacante.

    Hoje o VB não jogou bem, não acertou nada…. Era para ter entrado no lugar dele.

  26. Engraçado é que quando o time comete muitas falhas e precisa melhorar(aos olhos do diniz) o time ganha.

    Quando o diniz fala que a equipe tá preparada para o jogo e sabe o que fazer (segundo as instruções dele) o time perde. Rsrsrs

    Se o time seguir direitinho as ordens do Diniz é derrota na certa.

    Mandem o Diniz pro RH, lá é o lugar dele e me tragam um técnico de verdade.

  27. A questão pra quem não gosta do Diniz, como eu, não é vencer do palmeiras, é não ver diferença pro time do ano passado.
    Não ver evolução.
    Ver o toca toca interminável que não resulta em resultados.

  28. Eu vejo evolução de 2019 para cá. O posicionamento é melhor e as transições ofensivas parecem mais organizadas, como se os jogadores estivessem assimilando melhor as ideias do Diniz. Fato é que falta verticalidade e o trabalho no último terço é ruim. Pelo que conheço do Diniz, a falta de verticalidade é característica dele; uma pena porque penso que o estilo dele funcionaria muito melhor se buscasse maior efetividade da posse de bola em vem de mais posse de bola.

    • Evoluiu estamos em 2020, com os mesmos defeitos…mesmos erros…mesma falta de vontade de fazer gols…de ganhar…mas, o importante não é ganhar, é jogar com inteligência, como disse o “treinador”…falta de verticalidade é DEFEITO…característica DEFEITUOSA. Claro não dá para ser 100% vertical e sempre, mas não dá ter para alternar e ser um pouco vertical…?

O São Paulo precisa de nós! Vamos apoiar!