Pablo não acha que esteja devendo no São Paulo e diz: “Meta é não machucar”

Principal contratação do São Paulo em 2019, o atacante Pablo teve uma temporada dificil devido a duas graves lesões e sofreu com a falta de gols. Em entrevista coletiva nesta quinta-feira (16), o atacante de 27 anos lamentou os números ruins, projetou um 2020 diferente e torce para não ter lesões.

– Foi um ano atípico na minha carreira, muito difícil. Duas lesões graves. Devendo, não. Empenho e dedicação nunca faltaram. É mais resultado. Gols é o que esperam de mim e dos meus companheiros. Agora estou recuperado e 100%. Cheguei bem para a pré-temporada. Espero um ano totalmente diferente do ano passado, que seja muito bom – falou o atleta.

– Minha meta é não machucar, não ter lesão. Que as fatalidades não aconteçam comigo – completou.

Em 2019, o Tricolor teve quatro treinadores – André Jardine, Vagner Mancini, Cuca e Fernando Diniz – e encerrou o ano com a pior média de bolas na rede da história: 0,95 por partidas. No Brasileirão, por exemplo, foram apenas 39 gols em 38 jogos.

Além de Pablo, o time são-paulino sofreu com a perdas de destaques importantes por lesões e garante que os jogadores estão juntos para fazer de 2020 um ano diferente.

– Em momentos importantes, perdemos jogadores: Pato, Everton, Toró e eu. Óbvio que o time sente isso. Temos de estar inconformados com isso. Não pode um time como o São Paulo fazer uma quantidade de gols tão baixa com esses jogadores. Temos de nos dedicar, fazer o que treinador pede para ter um ano completamente diferente.

O camisa nove são-paulino o vê como trunfo a manutenção do elenco e os retornos de Hernanes, Everton e Alexandre Pato após problemas físicos e entende que as compras de Igor Vinicius, Vitor Bueno e Tiago Volpi foram ‘grandes reforços’.

– Tivemos contratações, sim: Igor (Vinícius), Vitor (Bueno) e (Tiago) Volpi permaneceram. Acredito muito na sequência do trabalho. No futebol brasileiro, começa mal e tudo tem que mudar. Não é bem dessa forma. Se o clube acredita no jogador e ele tem potencial, precisa ter base e sequência – declarou.

– Posso dizer com segurança: em time que se conhece e sabe a filosofia do treinador, as coisas prosperam. Óbvio, Pato, Hernanes e Everton são top, nível absurdo no futebol brasileiro. Óbvio que se estiverem em alto nível físico e técnico, vão jogar muito – finalizou.

Nesta sexta-feira (17), o Tricolor retomará a preparação nesta pré-temporada de olho nas disputas do Campeonato Paulista e da Copa Libertadores. A estreia será no dia 22 de janeiro, às 21h30, no Morumbi, diante do Água Santa pelo estadual.

Torcedores.com

Anúncios

34 comentários

  1. De fato. Ele não tem culpa das seguidas lesões, que certamente o atrapalharam.

    Porém, tem que treinar mais finalização e cabeceio. Tem que aumentar a intensidade nesses quesitos.

    Perdeu muitos gols feitos e oportunidades que um centroavante não pode perder.

    • Ele está devendo sim. Não pelas contusões, que não são culpa dele, mas pelo monte de gols desperdiçados e pelas partidas abaixo da critica, quando pode jogar. Um jogador que custou 26 milhões, tem que mostrar muito mais. E é o que a gente espera neste ano.

  2. Tenho essa mesma opinião.
    Trabalho tem que ter uma sequência e estamos conseguindo manter uma base pela segunda janela consecutiva, vamos começar o ano com o mesmo técnico. Isso é importantíssimo.
    Se tivermos uma boa pré temporada e o Diniz conseguir implantar o futebol que ele já conseguiu no Audax, Atlético PR e Fluminense, com a qualidade que nós temos, podemos esperar um bom ano.
    E que a sorte TB esteja ao nosso lado, pq lesão muscular é falha de preparação, mas torções, pisões, fraturas, pancadas, não são e temos sofrido muito com isso nos últimos tempos e sempre com jogadores importantes em momentos importantes.

  3. Espero que não se machuque mesmo e faça gols, pois estamos precisando!

    Vai ser interessante analisar o desempenho no Paulista para saber quem é quem pro restante do ano. Nossos maiores rivais jogando Flórida Cup, sem tempo de preparo e os gambás ainda tendo que jogar um pré Libertadores, as sereias trocaram de técnico e sem muitos reforços. Problema é as peppas com o profexo, depois de muito tempo tem um elenco qualificado nas mãos de novo. Se conseguir controlar o ego e focar no futebol pode surpreender.

  4. Diniz, assista aos jogos da mlkd e veja o q é futebol moderno com intensidade, verticalidade e psicologicamente forte.
    Repare nos nossos laterais e pontas e a movimentação do meio de campo.

  5. É, vamos execra-lo agora, afinal a culpa é toda dele. As criticas desse Blog está cada vez mais desesperadas e sem fundamento. Falar o que realmente importa, ninguém fala.

    • Amadorismo por lá é mato… pessoal se preocupa com caráter, mas o duro é ter um presidente mau caráter e péssimo em administração… que o próximo seja qualquer coisa, menos uma ameba em administração como este atual…

  6. Sem confiança jogador não rende e não tem como ter confiança vindo de lesões. A questão toda é que mesmo lesionado e sem jogar o cara foi um dos artilheiros do time na temporada, ou seja, tem mto potencial.

    Pra 2020 se melhorar a ambição interna, diminuir lesões e aumentar a resistência dos jogadores, teremos uma chance muito grande de sucesso.

    • Concordo. Sem confiança e o “apoio incondicional da torcida” , o cara não rende.
      Mas o acho um otimo jogador e cabeça boa, vai dar a volta por cima assim como todo o time.
      Confio.

  7. Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa.

    Números do ataque 2019 são os piores da história do SPFC. Fato!

    Porém, não vejo Pablo como culpado disso. Ia muito bem até se machucar.

    Voltou contra a SEP e meteu gol, depois de tempo se recuperando.

    Depois machucou de novo.

    Voltou e pegou o time em crise técnica.

    Se o Professor não atrapalhar, Pablo vai render mais em 2020.

  8. Espero queimar a língua mas não vejo futebol nesse cidadão… Jogador sem presença de área e caneludo. Com o preço que pagamos nl dava pra ter contratado um centro-avante muito melhor.

      • Cara, podem me criticar, mas não tem problema. Mas eu teria ficado com o Gilberto (aquele que foi para o Bahia) e não teria gastado este dinheiro no Pablo. O Gilberto é um tremendo caneludo, mas um caneludo que faz um monte de gols. Entre um e outro, eu ficaria com o Gilberto e economizaria 26 milhões ou gastaria em coisas melhores. Se tivessem economizado o dinheiro do Pablo, Jean, Trellez, Raniel, Everton Felipe, etc, daria pra ter trazido o Calleri. Este sim era bom e identificado com o nosso time.

  9. O título da matéria não é fiel ao resto da reportagem, mas acho que se o Pablo não se machucar mais e recuperar a confiança perdida no ano passado, pode ser muito útil ao nosso time, não é possível que ele tenha desaprendido a jogar futebol só pq mudou de time…

  10. Espero que faça uma ótima temporada este ano, que faça muitos gols e consiga um clube de fora do Brasil para jogar 2021. O Avante do SPFC é Calleri, nenhum que passou depois dele conseguiu fazer gols e as defesas tremerem.Acho que chega de testes.

O São Paulo precisa de nós! Vamos apoiar!