Gomez, Trellez, Calazans, E. Felipe, Araruna e Natel: Veja situação de cada um, fora dos planos de Diniz

Seis jogadores estão fora dos planos do São Paulo para 2020 e não fazem a pré-temporada com o elenco: o volante Araruna, os meias Everton Felipe e Jonathan Gómez e os atacantes Calazans, Tréllez e Léo Natel.

Araruna, Everton Felipe, Calazans, Tréllez, Gómez e Natel: todos fora dos planos - FOTOS: Divulgação/São Paulo FC

A apresentação desses atletas no CT da Barra Funda está prevista para a semana que vem, mas eles vão trabalhar longe do grupo principal, em horários alternativos.Veja abaixo como está a situação de cada um:

TRÉLLEZ E EVERTON FELIPE

Havia um acordo com o Cruzeiro para que os dois fossem emprestados até dezembro de 2020, com parte dos salários pagos pelo São Paulo. Tréllez não se animou com a oferta da Raposa e ainda acredita que pode ser utilizado por Fernando Diniz, algo que o Tricolor não descarta, mas considera improvável. Já Everton Felipe quer ir e deve chegar a acordo nos próximos dias.

Se o negócio melar, o São Paulo vai buscar outro destino para o meia de 22 anos, que atuou por empréstimo no Athletico-PR na metade final de 2019. O Sport é um dos interessados, mas neste caso o clube do Morumbi não aceita pagar parte dos salários, já que foi o próprio Sport quem o vendeu por R$ 6 milhões no meio de 2018. O valor foi o mesmo pago por Tréllez, que veio do Vitória, no início daquele ano. O clube já conseguiu recuperar parte do investimento, já que o Inter pagou R$ 1,5 milhão para tê-lo por empréstimo em 2019, além dos salários do colombiano de 29 anos.

LÉO NATEL

O atacante de 22 anos assinou um pré-contrato com o Corinthians, mas não será liberado pelo São Paulo antes de 30 de junho, quando termina seu vínculo com o clube do Morumbi.

Ele já vinha treinando em horários alternativos desde o fim do ano passado, quando voltou do Chipre, país em que jogou por empréstimo no APOEL – antes, já havia sido cedido ao Fortaleza.

O São Paulo pagou R$ 500 mil para comprar Léo Natel em 2017. Ele chegou a Cotia emprestado pelo Benfica, de Portugal, e agradou. No profissional, porém, só jogou uma vez.

JONATHAN GÓMEZ

O meia argentino de 30 anos tem só mais seis meses de contrato com o São Paulo e não vai renovar. Ele foi procurado por LDU (ECU) e Guaraní (PAR) e tinha o desejo de disputar a Libertadores, mas hoje o mais provável é que atue no Nordeste: Sport e Ceará têm interesse nele. Sua passagem pelo CSA em 2019, por empréstimo, chamou a atenção do mercado nordestino. É possível que o Tricolor faça um acordo para liberá-lo imediatamente.

ARARUNA

O volante de 23 anos, que também pode atuar como lateral-direito, tem mais um ano de contrato com o São Paulo e tem recebido sondagens do exterior. O Reading FC, clube da segunda divisão inglesa que acaba de acertar com Alexandre Mattos, foi um dos que procuraram a diretoria para falar sobre ele. Outra opção é o futebol português. O Fortaleza, clube em que o jovem revelado em Cotia atuou por empréstimo em 2019, ainda corre por fora.

CALAZANS

O jovem de 23 anos, que chegou no meio de 2019 com contrato até junho de 2022, decepcionou o São Paulo por seu rendimento e por sua postura no dia a dia. Por isso, o clube considera que foi um erro acertar com ele a pedido do técnico Cuca e vai dispensá-lo. Uma opção discutida é a rescisão amigável, mas o Tricolor também aguarda que apareçam clubes interessados em alguma negociação.

Lance!

Anúncios

9 comentários

  1. A midia hoje teceu comentaio sobre a coletiva longa dos 3 ontem, uma coisa que ouvi sou obrigado
    a concordar: Nem eles acreditam no que estao falando,sem duvida e verdade.

  2. O time do Matos demonstrou interesse. Vende logo então por qualquer valor o Araruna. Mais de 2 milhões já salda todos o investimento no jogador.

    • Quer negócio melhor? Entrega o passe e fica com 50%. Se ele jogar a Championship e for minimamente bem, ele já vai valer uns 3 milhões de euros.

      Além disso, ele tem bem o perfil de volante de segunda divisão inglesa, o famoso atleta de “dois pulmões” que corre muito e solta a bola pro meia.

  3. O Rai quis seguir o modelo de montar time do Alexandre Matos, e ter 3 jogadores por posição, só esqueceu que o clube não tinha saúde financeira pra isso. Resultado deficit de R$ 180 milhões, vários medalhões de alto salário e longos contratos no banco, jovens promissores pagando o Pato, e muito abacaxi pra ser descascado.

O São Paulo precisa de nós! Vamos apoiar!