Dry Company é a nova patrocinadora do São Paulo

Lançado no ano passado, o SPFC Chip agora estará no uniforme do São Paulo. A Dry Company, responsável pelo desenvolvimento do produto, é a nova patrocinadora do Tricolor e estampará a logomarca do chip na parte frontal do calção das equipes de futebol profissional masculino e feminino  e no uniforme do basquete (parte traseira do calção e no ombro da camisa). O vínculo tem duração de uma temporada.

“A relação entre São Paulo e Dry Company chega a um novo patamar e o que começou como um acordo comercial de licenciamento passa para um patrocínio que englobará outras modalidades do clube, como o basquete e o futebol feminino. Isso só é possível por causa da nossa credibilidade no mercado e do potencial comercial da nossa marca. Que seja o início de uma parceria duradoura que certamente trará bons resultados a todos”, afirmou o diretor executivo de marketing, João Fernando Rossi.

O Diretor-Executivo da Dry Company, Ronaldo Yoshida, comemorou a nova etapa e reforça os laços entre clube e a empresa. “Os resultados obtidos com o Chip e a proximidade no relacionamento com o São Paulo nos abriu a porta para evoluirmos a parceria para um acordo de patrocínio. Ficamos muito felizes em ter nossa empresa como parceira do Tricolor e ter um produto feito para a torcida ajudando também a desenvolver as modalidades do futebol feminino e do basquete, além do futebol masculino profissional”, avaliou o executivo. 

O chip, que já está à venda em todo o Brasil e também pelo site http://saopaulocelular.com.br/, dá  acesso ao Plano 40, que oferece 3GB de internet e ligações e SMS ilimitados para todas as operadoras do Brasil. O pacote poderá ser adquirido por R$40 mensais, mas se você for Sócio-Torcedor, o plano sairá por apenas R$35.

A operação ocorre por meio da tecnologia MVNO (Mobile Virtual Network Operator, ou Operadora Móvel com Rede Virtual), que é idêntico ao das operadoras convencionais de telefonia e celular, com o diferencial de que ela não possui uma rede ou frequência própria. Assim, para enviar dados e oferecer serviços aos seus consumidores, uma MVNO utiliza a rede de qualquer operadora tradicional interessada em estabelecer essa parceria.

Site Oficial

Anúncios

23 comentários

  1. Me admira ainda ter patrocinador com coragem de colocar sua marca nessa bagunça e pilantragem que virou o SPFC, provavelmente deve ter sido a preço de banana o espaço cedido para eles.

        • Podem ser, falei porque são 14 milhões na última pesquisa que vi do Lance e imagino que seria o que um cliente aceitaria como ‘valor aproximado’ já que não existem números oficiais.

          Sempre fazem essas pesquisas por aproximação de um grupo de torcedores entrevistados, pra ter base, ano passado o Datafolha fez uma pesquisa onde o Flamengo de 2000 pra 2019 passou de 15% para 20% dos torcedores brasileiros ganhando apenas 2 títulos expressivos no período. Enquanto o São Paulo mesmo tendo ganho 5 títulos expressivos e o Corinthians tendo ganho alguns, se mantiveram com o mesmo percentual.

          E aí, obviamente se acaba com qualquer credibilidade das pesquisas hahaha

          Tem Palmeirense que fala que a torcida deles tem o mesmo tamanho da torcida do São Paulo, tem corinthiano que fala que a torcida deles é maior do que a do Flamengo e por ai vai… e eles sempre acham uma ‘pesquisa’ pra dar razão pra eles.

  2. A marca SPFC é fortíssima e tem um apelo de MKT fantástico.

    Falamos de um clube que tem sua camisa exposta durante quase todo o ano em torneios que são transmitidos pela TV a milhões de pessoas.

    Fora sermos 18 milhões de torcedores desta camisa. Não é pouco… É um número respeitável.

    O que vendemos é a nossa marca e a capacidade de exposição que ela oferece, independente dos Lecos da vida em sua direção.

    Saibamos valorizar essa tradicional camisa. Se alguns torcedores a desprezam por causa do momento ruim, os anunciantes são ávidos em poder estampá-la com as suas marcas.

    • Eu jamais vi algum torcedor do são Paulo desprezando nossa camisa , jamais.
      O que desprezamos são os incompetentes que as vestem .
      Então não podemos confundir as coisas .
      Criticamos quem comanda ,quem vesti ,que por sinal são justas as as críticas .
      Mas a camisa jamais desprezamos .

      • Caro SPFC na ALMA

        Acho que vc não leu direito os posts , salvo melhor juízo questionaram como pode haver empresas que ainda “ colocam a marca no São Paulo “ , portanto se isto não é desprezar a camisa não sei o que seria

      • Guarde o chilique… Eu não especifiquei vc, falei genericamente e nem só por causa deste post, mas num modo geral…

        Se a carapuça serviu, problema seu, mas não constei seu nome no meu comentário…

        É apenas um pensamento meu, coisa pessoal, o que quis fazer através de um comentário, o que é meu direito, não acha?

  3. Quais os valores desse patrocínio? Por que não divulgam? O Flamengo vai receber 12 milhões de reais de uma multinacional do ramo petroquímico para estampar a barra inferior das costas da camisa, esse espaço na camisa deles, vale praticamente o nosso patrocínio master. Mas enquanto isso, aqui a balbúrdia toma conta, é hacker chantagista, é direito de imagem atrasado, é dívida impagável, é a falta de transparência, negócios obscuros, assim caminha o São Paulo a beira do caos.

  4. O São Paulo têm qui fechar mais patrocinadores master e o São Paulo ter mais dinheiro em caixa e o São Paulo ter mais dinheiro nos cofres do São Paulo

  5. Toda grana é bem vinda (e mal gasta tbm) mas a parte de marketing é tão vergonhoso quanto o leco, explica pouquíssimo a gigante marca do spfc. Esse acordo ai nao paga o salário do pato mensalmente.

O São Paulo precisa de nós! Vamos apoiar!