“Só nós sabemos o que o Prof. Diniz significa para a gente. Com a pré temporada, ele vai deixar o nosso time muito forte, brigando por títulos” afirma Reinaldo

Mais um ano sem títulos e de muita irregularidade: o São Paulo voltou a sofrer com os próprios erros e não conseguiu resultados expressivos em 2019. Ainda assim, o lateral direito Reinaldo está confiante para o próximo ano e deposita muita esperança principalmente no trabalho do técnico Fernando Diniz.

“Sabemos que com o professor Diniz temos que ter tempo e eu tenho certeza que em 2020, com uma pré-temporada, tempo para treinar, vai deixar nosso time muito forte e brigando por títulos”, afirmou o jogador, durante participação na gravação do Troféu Mesa Redonda, da TV Gazeta, na tarde desta terça-feira.

Criticado pela falta de resultados em Athletico-PR e Fluminense, Fernando Diniz sofreu muito com a desconfiança desde que chegou ao Morumbi. Bancado pelos atletas, o treinador foi confirmado pela diretoria para seguir com seu trabalho.

“Só nós ali no dia a dia sabemos o que o professor Diniz significa para a gente, desde sua a chegada. Ele é um cara que se doa pelo jogador, que quer o nosso bem sempre, então, é impossível não gostar dele. Já o admirava antes de trabalhar com ele e agora mais ainda. Todos que trabalham com ele falam bem e agora eu vejo o porque ele é tão querido”, emendou.

Gazeta Esportiva

Anúncios

30 comentários

  1. Ele também significou muito para os jogadores do Atlético PR e para os do Fluminense, e saiu desses times os deixando na zona de rebaixamento e com aproveitamentos pífios, eu nunca vi em toda a minha vida um técnico ser tão querido pelo grupo mas tão querido e ter números tão ruins por onde anda, essa defesa toda hr do diniz na mídia pelo jogadores da a impressão que ele é tão “brother” dos caras deixa os caras fazerem o que querem, um verdadeiro spa

  2. Essa afirmação e tão verdadeira quanto a posição que o estagiário de repórter colocou na matéria….

    Não dura até a segunda derrota em clássicos…..

  3. Esses jogadores estão brincando com fogo. Quando der m…. e vai dar, quero ver quais serão as desculpas dos atletas. Diniz é fraquíssimo. O futebol revolucionário que ele prega, já está ultrapassado. Nem o Guardiola, com toda a sua capacidade, está controlando o Liverpool esse ano. Não posso torcer contra nunca, mas achar que vai dar certo é mascarar a realidade da incompetência desse técnico.

  4. Por isso q é bom pro Diniz ser psicólogo, ele entrou na mente dos jogadores mesmo… só não vi Hernanes e Pato falarem nada sobre ele ainda… rs

    Torcendo por um ano melhor, vamo SPFC, bora Diniz!

  5. Discurso negociado.
    Discurso autorizado.
    Discurso permitido.
    Discurso oficializado.
    É discurso vazio.

    Eu quero acreditar, eu quero torcer para que seja em essência verdadeiro …, mas em contrapartida, no campo de jogo, não consigo observar nada deste blá, blá, blá.

    Mas em campo, quase nada de articulação, nada de mobilização, nada de movimentação, nada de finalização, nada de efetivo.

    Não temos time, não temos futebol.

    Times como Bahia, Ceará, Goiás (sem falar aqueles de cima) em determinados momentos, jogaram com qualidade.

    Neste ano o SPFC sequer conseguiu apresentar 1 jogo que se consiga utilizar como “modelo”.

    #Te cuida, Diniz.

    Acho que entre Março /Abril/ 2.020 teremos troca no comando técnico do tricolor.

  6. O que esses jogadores menos querem é serem exigidos por um técnico tipo Telê.
    O importante é manter o clima de spa.
    Essa conversa fiada já é bem manjada.

    • Essa é minha teoria Marcelo, diniz deve ser uma pessoa muito boa, como psicológico deve ser muito bom também, e deve deixar a turma bem à vontade, só não faz o que queremos mesmo, que é cobrar os caras e fazer eles jogarem muita bola

  7. Será que Diniz utiliza o método de hipnose ?

    Ao que tudo indica no discurso unificado dos atletas …, parece que sim.

    Infelizmente discurso não ganha jogos, não faz gols, não levanta taças.

  8. Família Diniz! Deve ser um técnico boleiro, e bem amigo da rapaziada, brinca com a chapadinha do Reinaldo. Na prática, só enxergamos o toque de bola defensivo, buscando o adversário fazer linha alta, em busca de um contrataque com o campo ofensivo aberto; não tem nenhum repertório de propor jogo. Vamos aguardar, pra ver se termina o estadual.

  9. Um fato positivo é que o aproveitamento dele no brasileiro é maior que suas experiências anteriores e similar ao Cuca. É difícil separar o quanto a falta de intensidade ofensiva diz respeito a proposta de jogo ou as dificuldades extracampo, falta de confiança, etc. Mas apesar da desconfiança fica a esperança de ver uma equipe mais objetiva e efetiva ano que vem. O apoio dos jogadores significa não apenas confiança, mas que chamam a responsabilidade, como disse o Lugano. A visão dele aliás é bem interessante, espero que esteja certo.

  10. Interessante essa idolatria dos jogadores por onde passa o Diniz. Diz muito sobre a capacidade dele como psicólogo, ao mesmo tempo em que os resultados dele dizem muito sobre a capacidade dele como técnico. Subjazo como técnico é um excelente psicólogo.

  11. Bom, como falaram no outro post, o Diniz vai ter a oportunidade de mostrar serviço na pré-temporada e resultado no paulista. O resto é lenda.

  12. Curioso que nunca pedem a opinião do Hernanes ou do Pato a respeito do Diniz. O SPFC está perdendo uma ótima oportunidade de começar o ano com um técnico de verdade. Estão perdendo um tempo precioso com o Diniz.
    #ForaLeco

  13. Melhor a favor do que contra o técnico está “idolatria” dos jogadores com o Diniz.
    Independente faria uma limpa no elenco incluindo o Reinaldo, Arboleda e Jean, independente das possíveis saídas de Antony e algum outro da base trabalharia com estes jogadores para 2020.
    De técnico gostaria muito de Sampaoli que felizmente não acertou com as Peppas ou Quique Sentien. Técnicos Brasileiros aceitaria de bom grado Portaluppi e Ceni ( agora mais experiente e vivido como técnico )
    De resto negociaria sem dúvidas inclusive Jean, Arboleda, Reinaldo etc.
    Um 4-1-3-2 a lá Jorge Jesus/ Flamengo poderia dar muito certo.
    Volpi
    Dani Alves
    Walce
    Bruno Alves
    Liziero
    Tchê Tchê ou Diego
    Antony
    Hernanes
    Igor Gomes
    Pablo
    Pato
    Suplentes
    Perri e Júnior
    Juanfran e Igor Vinicius
    Zagueiro a contratar
    Lucas Fasson
    Everton Cardoso, Weverson ou Welington
    Luan e Diego
    Paulinho Boia ou Rojas
    Rodrigo Nestor ou Shaylon
    Gabriel Sara ou Helinho
    Vitor Bueno ou Brenner
    Toró ou Léo Natel ou Paulinho

  14. Realmente se os jogadores estão buscando um brother um animador de vestiário ou um psicólogo este é o caminho (Diniz). Tragédia anunciada nunca emplacou um grande trabalho espero estar errado mas não vejo perspectiva com Fernando Diniz no comando do SPFC.

  15. Os jogadores gostam do papo de psicólogo do Diniz. Ele deve ficar de blábláblá passando a mão na cabeca e não cobra ninguém.

    Na verdade o Diniz é o técnico perfeito pro spa futebol clube…

  16. Pra mim esse tipo de declaração é um péssimo indício.

    E o Diniz não entra no cérebro do Pato porque ele é um alienado. Se entrar vai se ver no vazio.

O São Paulo precisa de nós! Vamos apoiar!