R$ 154,1 MILHÕES em vendas em 2020; 4o lugar no BR, 4as da Copa do Brasil, 8as na Libertadores e Semi do Paulista – Projeção Apresentada por Leco hoje no Conselho de Administração

O São Paulo começa a planejar o seu futuro dentro e fora de campo. Hoje (2), o Conselho de Administração vai avaliar, mais uma vez, os números da previsão orçamentária para os próximos anos do clube. O UOL Esporte teve acesso ao documento produzido pelo departamento financeiro. Novamente, uma das principais apostas para geração de receita é a venda de atletas. Para 2020, a estimativa é receber 33,5 milhões de euros (R$ 154,1 milhões), com recebimento à vista de 75% do valor.

O Tricolor ainda prevê para o futebol profissional uma diminuição do custo de salários, encargos e direito de imagem, e contratados para o exercício de R$ 26,8 milhões em 2020. Já para 2021, a meta é de obter 25,6 milhões de euros (R$ 117,76 milhões) com a saída de jogadores. Vale ressaltar que a partir de 2021 Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, não será mais o presidente. Afinal, no fim no ano que vem será realizado o pleito e, de acordo com o estatuto, não é permitida a reeleição.

O São Paulo não chegou perto ainda de atingir a sua meta de venda para 2019, que era de R$ 120 milhões. Também não tinha atingido as metas esportivas estabelecidas e nem sequer as de marketing. Por isso mesmo, o déficit acumulado até agosto estava na casa dos R$ 77 milhões.

Internamente, o vazamento de documentos do São Paulo tem chamado a atenção. Recentemente, um hacker chegou a entrar em contato com conselheiros para tentar um acordo para não liberar arquivos. O clube incluiu estes e-mails em inquérito policial aberto em 2017.

Metas esportivas

Em relação à meta esportiva, o clube projeta chegar ao menos na quarta colocação no Campeonato Brasileiro, na semifinal do Campeonato Paulista, nas quartas de final da Copa do Brasil, e nas oitavas da Copa Libertadores. Vale destacar que o São Paulo alugou o Morumbi para o show do Metallica na véspera da final do estadual. Ou seja, mesmo que tenha a melhor campanha no torneio, o time não deverá atuar em sua casa na disputa pelo título.

O preço médio do ingressos deve ser no Campeonato Paulista de R$ 30 (na 1º fase); na Copa Libertadores de R$ 44,36 (na etapa de grupos); no Campeonato Brasileiro de R$ 43,43; e na Copa do Brasil de R$ 40,63. Já o investimento no elenco será mais baixo. A ideia é gastar R$ 21,5 milhões em direitos econômicos e federativos de atletas profissionais, sendo a aquisição de novos reforços condicionada ao atingimento das metas de receitas de venda de atletas e performance esportiva, além da redução de despesas previstas na unidade de negócio.

A previsão orçamentária do São Paulo será discutida hoje (2) pelo Conselho de Administração. Se for aprovada pelo órgão, será ainda analisada pelo Conselho Deliberativo.

Marketing

O São Paulo espera melhorar a sua performance no marketing. O clube não atingiu as metas estipuladas para 2019 e, de acordo com relatório da diretoria apresentado em outubro que o UOL Esporte também teve acesso, o departamento teve desempenho abaixo do esperado de R$ 3,4 milhões provenientes de royalties e permutas sobre o contrato de fornecimento de material esportivo.

Para o futuro, a ideia é acertar a manutenção dos patrocinadores e adição de um desafio de R$ 4 milhões; fechar a manutenção dos contratos de licenciamento de marca e escolas licenciadas; atingir R$ 9 milhões com o contrato de fornecimento de material esportivo;o aumento da receita do programa sócio-torcedor de R$ 5,2 milhões; e a captação de patrocínios para as equipes de basquete e vôlei: R$ 7,5 milhões.

Nesta previsão orçamentária, o São Paulo já acredita que contará com a empresa Feng como parceira no programa de sócio-torcedor. Porém, o acordo ainda não foi aprovado no Conselho Deliberativo do clube.

R$ 178 milhões de TV em 2020 Desta maneira, o projeto é de alcançar a receita total de R$ 516.677.738 milhões em 2020, contra a tendência de fechar 2019 com R$ 445.370.908 milhões como receita. Com televisão a expectativa é de se registrar R$ 178 milhões em 2020, contra R$ 127 milhões deste ano.

UOL

Anúncios

43 comentários

  1. Pensar que ja fomos time grande, hoje pensamos em chegar pelo menos 4° nas competições. quem viu o sp campeão viu, quem não sinto muito!

    • Que Leco é incompetente está mais do que provado, que o SP incorre no erro há anos nem se fala, mas nesse caso aí é um planejamento para fechar as contas, tem que no mínimo atingir esses objetivos para não ficar no prejuízo, não quer dizer que vai jogar para perder. Não se pode fazer um planejamento de contas contando com títulos, assim é garantir prejuízo quando perder algum.

  2. Ai contratamos patos, Diegos Souzas, Tche tches. Quem sabe não trazemos ainda Thiago Neves , Diego Ribas e como técnico mantemos o Diniz ou ainda o Abelao, Mano, Tite. Diretor de futebol o Matos ta livre.
    Sucesso nosso tricolor, não?

  3. Buraco sem fim que o Leco e diretores nos colocaram!

    Ano que vem deveria ser um ano de redução de custos.

    Contrataria um núcelo de preparação/fisiologia/médico moderno igual Flamengo e Palmeiras.
    Venderia Antony, Liziero, Pato (qualquer mi de euros já ta bom), Arboleda (se tiver proposta boa).
    Emprestaria/Negociaria: Jucilei, Martins e Hudson.
    Contratação de Sampaoli/Osório/Becaccece. Qualquer coisa à técnico nacional.
    Contratar: Zagueiro, meio e atacante de lado. Restante vai na base mesmo (Diego, Walce, Nestor, Toró, dentre outros)

    Tudo isso seria básico para um clube profissional que ainda depende de vendas para superavitar, mas com esses Dirigentes isso não passa de um sonho.

  4. Mais um ano vão contar com algo que não podem garantir? Se os contratos dos jogadores fossem feitos por produtividade e caso não cumprissem as metas teriam seus rendimentos afetados poderiamos considerar essas “projeções”, mas como isso não ocorre, como farão para manter as finanças saudáveis se o time não cumprir as projeções?
    Parece que a vontade de vender os jovens valores realmente é grande, me parece que tem gente esperando lucros em cima do clube, afinal, ganhar títulos não é importante o que importa mesmo é vender bem jovens talentos e rechear o time de jogadores caros que ao final do contrato nos custam mais financeiramente e entregam pouco esportivamente

  5. Que gestão moderna e inovadora. Dinheiro da tv+patrocinio medio/ruim pra uniforme e venda dr atletas. É como se fizessem uma gestão de 20 anos atrás querendo aplausos. Estatuto reformulado so pra bobo acreditar.

  6. Roteiro da permanência de Fernando Diniz:

    SPFC empata em 1 a 1 com Inter no Morumbi e mantém diferença em 3 pontos.

    SPFC se despede da temporada empatando em 2 a 2 com o rebaixado CSA após estar vencendo por 2 a 0.

    Raí: “O objetivo, que era a fase de grupos, foi atingido. Diniz fez belo trabalho e continua ano que vem.”

    Dezembro: Diniz pede meia de criação. Leco contrata Thiago Neves, com salário de 800 mil por mês.

    Janeiro: SPFC é campeão da Copinha. Destaques do elenco SUB-20 são vendidos para clubes do segundo escalão de Espanha, Alemanha e Portugal. Leco justifica: “Precisamos fazer caixa para pagar salários.”

    Paulistão 2020: Fernando Diniz começa bem o campeonato com três vitórias sobre Inter de Limeira, Santo André e Oeste.

    Raí: “Diniz faz ótimo trabalho.”

    Daniel Alves: “Que eu me lembre, apenas o Barcelona jogava assim.”

    Após bom início, SPFC perde primeiro clássico, contra SEP fora de casa.

    Libertadores: SPFC inicia mal, com empate em casa contra o Jorge Willstermann.

    Raí: “Não tem mais bobo no futebol”

    Visando recuperação na Libertadores, Diniz começa a poupar jogadores no Paulistão: derrota de 3 a 0 para Ponte Preta, com 3567 torcedores no Morumbi.

    Time segue mal na Libertadores e fica em terceiro, eliminado da competição.

    Raí: “Temos ainda a Sulamericana, que é um torneio de prestígio. ”

    Copa do Brasil: SPFC entra na competição nas oitavas de final e é eliminado pelo Botafogo, com gol de Diego Souza: “Fui injustiçado lá…”

    Paulistão: escalando times mistos, SPFC chega às semifinais aos trancos e barrancos, mesmo sem ter vencido nenhum clássico. É eliminado pelo SCCP nas semifinais. Thiago Neves, defora há um mês por lesão, é afastado após ter sido flagrado em churrasco com atletas do Corinthians.

    Brasileirão: escalando reservas nas primeiras rodadas em razão da participação na Libertadores, time está no Z4. Com eliminação na Libertadores, Diniz é demitido.

    Abel Braga: “Não pego o clube porque sei que os salários estão atrasando.”

    Com todos os treinadores de ponta empregados, Leco anuncia a chegada de Paulo Roberto Falcão. Leco: “Um gentleman, tem a estirpe que queremos.”

  7. A torcida tem que começar a cantar o nome do próximo técnico.

    Essa é a a verdade.

    Osório, galhardo, Jubero , Miguel Ángel Ramírez ( campeao sulamericana ind, del valle) ou coudet.

    Meu preferido sempre será o Osório.

    • Rapaz, André Luiz descreveu 2020 do SP….kkkkkk muito bom!!! Deve ser bem isso que a gestão Leco planeja…kkkkk já havia esquecido do Falcão kkkkkk…

  8. Como um diretor de futebol contrata um técnico que foi demitido em dois anos seguidos com seus times na zona de rebaixamento? Esperar o que de 2020, se os erros se repetem!

  9. Quero apenas 3 coisas para o ano que vem:

    Um meia armador para fechar o time.

    Uma pré temporada decente

    Reffis de verdade funcionando novamente.

  10. Será que se o presidente de um dos seguintes clubes: Palmeiras,corinthians, Flamengo ou Internacional RS, fizesse uma projeção dessas, como reagiriam suas torcidas?

  11. Pigs sondando o Gallardo! Rai elogiando o belíssimo trabalho do Diniz! Se bem que tem que ter um bode expiatório, pra cair ano que vem, já que o diretor só faz besteiras, e não larga o osso.

  12. Este senhor chegou ao fundo do poço e nos colocou mais fundo ainda…..o clube mais titulado do Brasil (ex pais do futebol) faz previsoes de não ganhar nenhum titulo no ano de 2020. Isso eh inadmissível. Teriam, os conselheiros do clube, se eh que sejam saopaulinos, que botar pra fora a tapa esse senhor que nao honra sua qualidade de presidente da maior agremiacao do pais. Cada dia mais enojado fico com esse crápula que nao sabe o que faz, e nao venham dizer que seja a idade dele, porque mais velhos que ele sao muito mais produtivos que esse pus que contamina o clube.

  13. Este senhor Leco é incapaz de cumprir metas. Esta simplesmente foi a redposta dele para aqueles que acham que o clube não tem planejamento. Um baita planejamento. A projeção para o ano que vem será sem dois ou tres titulares que vieram da base.

  14. Realmente é um presidente que pensa pequeno. Parece que ele está a frente de um time como o Goiás ou a Ponte Preta.Por isso estamos nessa situação.

  15. Mesmo com essa declaração do Leco o torcedor irá ao Morumbi contra o internacional, já que o referido dirigente nem previsão fez acerca da campanha do SPFC na Libertadores de 2020. O pior é que não projetou títulos para o próximo ano. Como diz o Sr. Paulo segue o roteiro macabro.

  16. Previsão pra Liberta é oitavas de final…absurdo.
    Mesmo sendo realista o SP nunca poderia aspirar a nada menos do que semifinais em qualquer torneio que participe

  17. Sinceramente não entendi este planejamento e não posso acreditar nele. Por mais incompetente que seja o ego do Leco não permitiria isto. Para ele o São Paulo vai ganhar o mundial contra quem seja ele vai desfilar num carro de bombeiros com uma faixa: eu sou o máximo. O melhor presidente da história do São Paulo.

  18. Tinha que cair todos , fora Leco , Fora Rai , Fora Diniz , retrato da incompetência , não defendo nenhum deles , o Rai não acredita no Diniz , não é possível, ta defendendo o Diniz pra defender a si mesmo, a desculpa que precisa de continuidade não cola , as coisas andaram pra traz , retrocederam, muitas escolhas ruins ,precisa de gestão nova, não da pra conformar com o trabalho do Rai so porque não ha confiança na escolha do Leco , dispensa o Rai e exija alguem melhor .
    Como que vou defender tantos erros , 2 anos seguido de ma contratações, contratou um técnico que não podia treinar o time , e depois se o Cuca saiu a culpa foi de quem , de inicio achei que ele pipocou , mais contrataram jogador que ele não pediu e pra posição que ele não pediu .
    E quem estava certo Cuca , Pato e Pablo se machucaram e ficamos sem atacantes e sem meia.
    Ai vamos ficar com o Rai pro ano que vem sera que ele aprendeu e vai fazer uma boa gestao ano que vem , não ta defendendo a permanência do Diniz com o trabalho mais horroso assim como foi com o Jardine .
    O clube esta jogado as traças e defender o Rai indiretamente defende o Leco.

  19. Como pode? Um clube que não ganha nada há anos e ainda tem uma projeção dessa! Cara da vontade de dizer um palavrão, coisa que não farei em respeito aos administradores e às demais pessoas que comentam. Essa diretoria está me obrigando a não mais acompanhar essa incompetência. Esse cara é o retrato do que é ser um incompetente!

  20. Pra mim o Leco nunca deveria nem ter sido presidente. Mas eu entendo esse planejamento como “Produto Viável Mínimo”. Nunca, em hipótese alguma, eu defenderia o Leco, estou falando desse planejamento.

    Vocês queriam o que? Que a Instituição SPFC falasse pra todo o Brasil “Ano que vem vamos ganhar tudo” e fizer um planejamento de gastos contando já com a premiação da Copa do Brasil (por exemplo)?

    Sério mesmo? Acham que isso seria o correto???

O São Paulo precisa de nós! Vamos apoiar!