Amigos tricolores,


Essa é uma possibilidade, diria, hoje, remota, mas ela existe. No ultimo jogo do Grêmio, o técnico Renato Gaúcho deixou no ar, bem ao seu estilo, que pode deixar o time de Porto Alegre em 2020. Com as suas recentes conquistas, Renato é um dos poucos técnicos no Brasil que sabe, que saindo do Grêmio, pelo menos uns 15 times da Série A vão procurá-lo para comandar seus elencos no próximo ano. Santos e Flamengo, com os técnicos, ao lado de Renato, mais badalados talvez fossem os únicos times que não procurariam o ex-atacante, porém, no momento em que escrevo esse artigo, ambos, também não estão garantidos para 2020. Sampaoli quer mudanças no Santos, ou não vai permanecer. Jorge Jesus, com o brilhante trabalho que fez no Flamengo está sendo especulado em times da Europa. Ambos, apenas para deixar claro, se sairem de Santos e Flamengo o farão por vontade própria e não por trabalhos ruins.

Eu queria Renato no São Paulo!

Esse artigo, como sempre explico, é um texto que expressa a minha opinião, logo, há quem concorde e quem não. Nada mais normal. Para mim, ao lado dos já citados técnicos estrangeiros, Renato é o melhor da atualidade. Basta ver os técnicos dos times da série A, exceto Sampoli e Jorge Jesus, qual técnico é melhor que Renato? Qual fez o que ele fez em 3 anos com o Grêmio? Mano do Palmeiras? Carille ex-corinthians? Luxa do Vasco? Marcão do Fluminense? Abel do Cruzeiro? Zé Ricardo do Inter? Rogério Ceni do Fortaleza? Adilson do Ceará? Diniz do nosso São Paulo? Bem, embasada a minha opinião, volto, a dizer, para mim Renato é, na atualidade, o melhor técnico brasileiro em atividade. Se você discorda, tem meu respeito a sua opinião.

Ele não é um Telê Santana, mas Renato é um cara que entende o jogo como poucos. Ele tem peito para enfrentar jogador mimimi e não ficar passando a mão na cabeça de mimado. Com ele joga quem está afim. Patos da vida, ou entram na linha, ou buscam outro time, aliás, deixando claro ser uma pena, pois o Pato é um excelente jogador, para o (baixo) nível do futebol brasileiro, muito acima da média, mas está mais preocupado em usar Jequiti do que jogar bola. Pena, pois ele afim e em forma, estaríamos bem melhor na tabela!

Mas será que ele resolve?

Bom, ai, o negócio é mais embaixo, pois para ele realmente resolver, ele vai precisar de carta branca, coisa que nosso presidente jamais dará! Não acredito que ele indique jogadores meia boca como outros técnicos indicaram, como exemplo, o atacante que nunca fez gols, Calazans. Renato teria que chegar com status de estrela, status esse que ele sempre buscou com polêmicas, piadas e muito futebol. Ele teria que chegar com total liberdade de tirar jogador A, B ou C. Mandar buscar time quem não tem condições de jogar no São Paulo. Sabemos que pode vir Sampaoli, Jorge Jesus, Guardiola, Zidane, Mourinho, que o problema é mais embaixo, na verdade, mais em cima!

Mas em 1994…

Não gostar do Renato Gaúcho, tudo bem, cada um tem uma visão sobre as pessoas, ainda mais um que está sempre envolvido em polêmicas pelo o que fala, que na minha visão, é bem melhor um cara assim do que aquele quieto, esse, pelo menos você sabe o que e como pensa. Os outros, nem sempre. Alguns torcedores estão dizendo que ele não pode vir para o São Paulo, porque em 1994, ele vestiu a camisa do São Paulo e assinou com outro time.

Se eu bem me lembro, ele deixou claro que estava negociando com outro time, mas mesmo assim, o presidente do São Paulo, confiante em seu poder de negociação, pediu para ele vestir a camisa e se apresentar a imprensa. Não deu! Me lembro de ter ficado bravo, pois ele era um baita jogador que ia ajudar muito o São Paulo de Telê. Não deu, paciência, agora, deixar de trazer o melhor técnico do Brasil da atualidade, por causa de um problema de 25 anos atrás? É para esses torcedores que digo, que merecem, caras como Oswaldo Oliveira, Adilson Batista, Carpegiani, Fernando Diniz, Ney Franco, Ricardo Gomes.

Olha, para esses, vou contar um segredo. Em 2020, Zé Ricardo, Jair Ventura, Carille, Felipão estarão sem emprego. O que acham? Geninho, Givanildo, Ederson Moreira estão por ai, hein…

*Felipe Morais. Publicitário, apaixonado pelo São Paulo Futebol Clube. Sócio da FM Planejamento, Palestrante sobre marketing digital, comportamento de consumo e inovação. Autor dos livros Planejamento Estratégico Digital (Ed. Saraiva) e Ao Mestre com carinho, o São Paulo FC da era Telê (Ed Inova) – http://www.livrotelesantana.com.br/  – facebook.com/plannerfelipe e @plannerfelipe

Anúncios