R$ 200 MILHÕES gastos e o PIOR ataque da história: 2019 é um ano para esquecer em gols marcados

Ainda na luta por uma vaga direta na próxima edição da Conmebol Libertadores, o São Paulo terminará mais uma temporada sem títulos. Porém, além da ausência de taças, o rendimento do Tricolor do Morumbi também tem decepcionado e muito os seus torcedores. Ano após ano, a equipe paulista acumula técnicos, atletas e dirigentes, sem que haja algum resultado expressivo.

Uma das provas do mau momento do São Paulo está no número de gols. Em 2019, o São Paulo anotou apenas 50 gols. A equipe soma menos de um gol por partida, uma vez que entrou em campo 55 vezes na atual temporada. Curiosamente, o Tricolor não tinha um ataque tão ruim há exatos 40 anos. A última vez que o São Paulo teve um ataque igual ou inferior ao atual foi em 1979 mas o time só jogou neste ano, 43 vezes contra 55 vezes de 2019.

Naquele ano, o São Paulo disputou apenas o Campeonato Paulista. Foram 46 gols marcados em 43 partidas. O Torneio Rio-São Paulo daquele ano foi cancelado e não houve disputa. Sobraria então o Campeonato Brasileiro. Na época, a chamada Confederação Brasileira de Desportos montou uma competição com 94 clubes. Porém, o São Paulo foi um dos insatisfeitos com a fórmula de disputa e com o excesso de datas no calendário. O time do Morumbi foi um dos desertores do Brasileirão daquele ano, que teve o Internacional de Falcão como o grande campeão.

No elenco atual, o artilheiro do São Paulo é o centroavante Pablo, com míseros sete gols em todo o ano. A equipe do Morumbi conta com os seguintes atacantes em seu elenco: Jonas Toró, Éverton, João Rojas (machucado), Marquinhos Calazans, Antony, Helinho, Alexandre Pato, Pablo, Raniel e Gonzalo Carneiro (suspenso por doping). Somados os valores de mercado de todos os nomes do ataque, o valor chega a 41,4 milhões de euros, algo em torno de R$ 191 milhões. Os números são do portal Transfermarket.   

Com apenas 33 gols em 33 partidas no Campeonato Brasileiro, o São Paulo soma o sétimo pior ataque da competição, à frente apenas de Botafogo, Ceará, Cruzeiro, CSA, Chapecoense e Avaí.

FOX

Anúncios

22 comentários

  1. Como muitos no blog dizem, a política no SP é a mesma que imperava no Brasil até ano passado.
    Uma máfia, bandidos, todos pensando em lucrar e infelizmente até o Raí está nessa lista. Assusta a falta de gols, mas esse valor é bem mais assustador e preocupante, e não consigo pensar em falta de experiência no cargo ou algo do tipo. Nossa amigo Paulo Scala sempre fala sobre isso em seus comentários, e penso o mesmo, virou negociatas, quem participar do esquema será beneficiado, ainda não teve um corajoso para fazer o que fizeram no Cruzeiro. Destruiriam o SPFC e estão terminando o serviço que começou há mais de 10 anos atrás.

  2. Não quero justificar a ou b, mas é evidente que o meio de campo não produz nada, laterais a tempos raramente ultrapassam e fazem jogadas de linha de profundidade… Dificil jogar a culpa somente no ataque, que poucas chances reais por jogo acabam tendo.

  3. Vamos lá,

    O ataque é ruim porque o time quase não ataca, antes vivia de contra-ataque até ano passado com o Aguirre. Hoje temos um técnico que gosta da posse de bola sem objetividade, lembra até mais o estilão do Parreira do que o Guardiola. Este ano quantas partidas jogaram juntos ou estiveram disponíveis os jogadores que a torcida acha ideal? Pablo, Pato, Rojas, Éverton, Hernanes, Antony e agora Daniel Alves? Vítor Bueno está regular, Igor Gomes idem. Daí você olhe pro time e quem tem marcado gols? Reinaldo…

    O problema não está no ataque, está na diretoria que contratou jogadores vindo de contusão, ou com histórico, jogadores em mercados ruins no preparo físico como a China e na não contratação de meias que resolvam o problema de ligação com o ataque. O Departamento Médico do clube é pífio faz algum tempo e não recupera ninguém. Comissão técnica mudando a cada 6, 3 meses e fora que não vi nenhum profissional contratado nestas áreas que seja referência.

  4. Mais uma matéria tendenciosa e sensacionalista da Fofoca , começando pelo título da matéria que induz a erro , pois da forma que está parece que foi gasto 200 milhões para a montagem do ataque , sendo que alguns jogadores dessa lista foram formados no clube e outros não foram contratados nessa temporada. Fora isso Rojas e Everton mal jogaram devido a lesões e o Carneiro foi suspenso por doping. Matéria mal feita , tendenciosa , da imprensa gambá objetivando criar crise no clube.

    • Não tem nada de tendenciosa. É a realidade.
      Carneiro foi suspenso do futebol.
      Rojas teve contusões gravíssimas aliado a um DM que não recupera nada.
      Everton tem contusão a cada 2 meses aliado a um DM mediocre faz ter jogado muito pouco.
      Pablo, Pato, Raniel já sabemos o que rende em campo.
      Hernanes é um ex-jogador.
      Daniel Alves é o maior salário do BR e o maior destaque são suas redes sociais.

      • Respeito a sua posição mas discordo. Vejo como tendenciosa sim como muitas outras matérias dessa emissora que tem o apelido nada positivo de Fofox. Alguns dos jogadores citados por você foram aprovados pela grande maioria da torcida quando anunciadas as negociações. Daniel Alves que você destacou foi recebido no Morumbi por mais de 45 mil pessoas. Penso que a torcida precisa dividir mais os erros com o clube , porque quando dá certo todo mundo quer os louros mas quando da errado é o Raí é isso o Raí é aquilo. Não acho isso justo.

  5. O Pablo é um bom jogador , um cara de grupo, gosto dele no time, mas nem de longe é um camisa 09 sanguinário.
    As vezes deixa uma impressão que ali não é a dele.

  6. Eu sinceramente, não me lembro de ter lido nenhum comentário sendo contra as contratações de Pato, Pablo, Hernanes, Daniel Alves…
    Quase 100% aqui fariam essas contratações.
    Então nao da nesse caso pra colocar o Raí como culpado, apesar de ele ser um dos, passa longe se ser o principal culpado pelo baixo número de gols que fizemos.

    • Na minha opinião só podemos fazer uma análise conclusiva na hora em que finalmente o SPFC tiver um treinador de verdade. esse ano não tivemos um que preste.

    • Eu fui contra todas essas vindas. No caso do D. Alves, até postei: nossa, fico até com medo de discordar, tal a empolgação do pessoal.
      Pato fui contra a volta. Jogador acomodado que não decide.
      Pablo, bom jogador mas nada mais do que isso, foi comprado no pico da sua valorização dado aos titulos do CAP.
      Hernanes, fui totalmente contra a volta, já voltou 1x, salvou o time, OK, estava bom. Hoje prova-se ser talvez a pior contratação de 2019 ganhando mais de 1 milhao por mes.
      Raniel, custou 26 milhoes já que o SPFC pagou 13 milhões por 50% dele.

  7. Da até saudade do retranqueiro Aguirre , armava o time com 2 veteranos no ataque, Diego Souza e Nene , e jogava com apenas 2 volantes , e ainda tendo 2 volantes lentos , Hudson e Jucilei , e com menos opções no banco de reserva do que temos hoje , eu estou começando achar uma piada esses rotulos de tecnico moderno , o Pato não joga por um motivo não marca o lado de campo e o Diniz quer ele de cetravante por isso , so que não e a do Pato jogar ali , ate joga como o ataque que gire mais e movimente oque não e o caso do time do Diniz.
    Gosto de futebol de toque de bola e com triangulação, mais tem que ser toques mais rapidos como o time do framengo e do River , quando o Jardine era elogiado eu sempre falei que ele era um bom treinador , mais sempre pontuie que precisava evoluir , que o tipo de jogo da base era muito reto , lento as vezes e sem variação, e sempre coloquei como referencia o trabalho do Galhardo do river , time que consegue jogar no toque de bola mais em um jogo com intensidade e com variação de jogadas , pra mim o Diniz ocorre o mesmo , precisa ter mais repertório, o time dele e muito mecanizado , um toque de bola desenhado em um ritmo só.
    Mesmo o melhor trabalho dele no audax foi assim , e devemos levar em conta que quando o audax chegou a final com o santos os outros grandes estavam muito mal , todos em início de temporada tentando se acertar e disputando mais de uma competição. Tanto é que outros times pequenos ja chegaram a final do paulista e até foram campeão, campeonato paulista é uma competição ruim para os grandes por ser inicio de temporada e se tornou normal acontecer surpresas , e normal tecnicos novos se destacar no paulista.
    Pra mim mesmo o Guardiola que e a referencia maior nesse tipo de jogo , fez bons trabalhos em outros times depois do barça , mais não conseguiu atingir o nível do barça , e na minha opinião justamente na questão da intensidade do ritmo de jogo , o time dele do Barcelona alternava o ritmo de jogo , girava o jogo achava o espaço e atacava com velocidade, tanto no Bayer quanto no machester não vi isso é um jogo mais reto , mais metodico , um jogo mais mecânico, por mais que o time dele seja bom e bem treinado , se o adversário tiver certa competência tem como tirar vantagem , e aquele papo do domínio de jogo , fica o jogo todo em um jogo mecanizado manjado sem variável tentando fazer o gol não consegue e perde o jogo , se torna um falso domínio por que o adversário quer que eles toque a bola mesmo , esta preparado pra marcar e fazer seu gol .
    So to defendendo que deve aliar o toque de bola a intensidade e a outras variaveis explorando melhor características individuias dos jogadores, por mais que o Pato esteja mal e perdeu alguns gols , no atual elenco ninguém finaliza melhor que ele , além de ter um bom passe de assistência.

    • Uma coisa é ter no meio campo um Busquets, Xavi e Iniesta todos no auge. Um Messi flutuando e destruindo entre meio campo e ataque! Outra coisa é tentar algo parecido por aqui, é utópico!

      O Diniz quer implantar coisa parecida com o que o Guardiola fez no Barça há 10 anos atrás e que nem o próprio conseguiu repetir em times como o Bayern e o Manchester City.

  8. Muito gasto, nada de futebol, titulo nem esperança, e a marca do SPFC apequenando a cada ano, é só observar os valores dos patrocínios.
    Alguém está levando vantagens em tudo isso?

  9. Raí gastou mal o dinheiro do clube, contratou a rodo e sem muitas análises, tem muito jogador ruim ganhando salário absurdo, alguém tem que fazer uma limpa para 2020.
    Para começar o ano economizando uns 2 na folha salarial por mês já pode ir arrumando time pra esses aqui logo de cara.

    Anderson Martins
    Jucilei
    Hudson
    Pato

O São Paulo precisa de nós! Vamos apoiar!