Com apenas dois dias de preparação da derrota diante do Palmeiras para a partida contra a Chapecoense, o técnico Fernando Diniz foca em conversas e vídeos para melhorar a “questão emocional” do São Paulo. O treinador se mostrou incomodado com a postura da equipe no clássico da última quarta-feira.

Na reapresentação do elenco depois do clássico, Diniz conversou com os titulares na sala de vídeos do CT da Barra Funda. Ele mostrou falhas da equipe no jogo do Allianz Parque. Nesta sexta, o São Paulo finaliza a preparação antes de viajar para Chapecó. A partida será realizada no sábado, às 21h, na Arena Condá.

“Essas questões (emocionais) estamos trabalhando constantemente, porque eu valorizo muito esse aspecto. Falei constantemente disso. Você vai amadurecendo a equipe durante os jogos. O que temos de entender, principalmente em um clube grande como o São Paulo, é que se você ganha hoje, tem que ganhar amanhã e depois de amanhã. É isso que a torcida espera. É ir melhorando o time com as vitórias, e não acontecer essa acomodação que para mim aconteceu do jogo do Corinthians (vitória por 1 a 0) para o Cruzeiro (derrota por 1 a 0) e do Atlético-MG (vitória por 2 a 0) para o Palmeiras”, afirmou Diniz.

Preocupado com o aspecto emocional, Diniz disse estar satisfeito com o desempenho tático do São Paulo. Para a partida contra a Chapecoense, o treinador pode repetir a escalação que iniciou o clássico diante do Palmeiras.

Uma provável escalação da equipe tem: Tiago Volpi; Daniel Alves, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Luan, Tchê Tchê (Liziero), Igor Gomes e Vitor Bueno; Antony e Alexandre Pato.