Pouco antes de a partida entre São Paulo e Atlético-MG começar no Morumbi ontem, integrantes da Independente, a torcida organizada mais numerosa do clube, brigaram entre si na Praça da República, no centro da cidade, neste domingo.

Em contato com a reportagem da ESPN, o tenente responsável pela operação de segurança informou que o confronto reuniu mais de 400 integrantes da organizada. Eles teriam agendado o encontro utilizando aplicativos para conversação para não serem rastreados.

O confronto começou por volta das 13h30.

Ao receber a informação, a Polícia Militar encaminhou a Força Tática do Sétimo Batalhão. Sete integrantes da torcida Independente foram presos. Um deles estava com ferimentos considerados graves e foi encaminhado ao hospital mais próximo.

O tenente responsável pela operação informou ainda que os detidos vão ser autuados como autores do confronto. De acordo com ele, a briga envolveu membros organizada que residem em São Paulo contra membros de um grupo dissidente, este com maioria de Campinas.

Em 3 de junho, alguns torcedores da Independente já tinham entrado em confronto em frente ao estádio do Pacaembu, na praça Charles Miller, minutos antes do São Paulo enfrentar o Cruzeiro pelo Campeonato Brasileiro.

Desde então, os integrantes da torcida foram proibidos de entrarem nos estádios com bandeiras, faixas e camisas/uniformes da Independente. Instrumentos musicais também foram proibidos.

ESPN