Fernando Diniz ainda não completou seu primeiro mês como técnico do São Paulo, mas busca diariamente implementar sua filosofia de jogo no clube. Com muita posse de bola e trocas de passes, o time vai ganhando a cara do treinador.

Em entrevista exclusiva à Gazeta Esportiva, Vitor Bueno afirmou que Diniz preza por jogadores que tenham gosto pela bola e pela proposição do jogo. O meia acredita que suas características se encaixam no modelo do técnico.

“Eu acho que o meu estilo se encaixa naquilo que o professor pede. Ele (Diniz) gosta de jogadores técnicos, que gostam de ter a bola, que buscam fazer tabela, propor o jogo, jogar para frente… Temos vários jogadores no grupo que se encaixam nesse estilo”, avaliou o jogador.

Apesar de Diniz ser conhecido por suas equipes ofensivas, Vitor Bueno faz questão de pontuar um pedido tático que o técnico faz aos meias e atacantes que atuam pelas beiradas do campo.

“Tem que marcar e acompanhar o lateral até o final, é uma coisa que ele sempre pede para a gente”, completou.Vitor Bueno assinou contrato de empréstimo com o São Paulo até o fim de 2020. O meia pertence ao Santos. Até o momento, o jogador tem 19 jogos com a camisa do Tricolor, com dois gols marcados. O camisa 12 atuou em todas as partidas da equipe desde que Diniz tornou-se o treinador, sendo duas como titular e quatro entrando no segundo tempo.

Vitor Bueno briga por uma vaga entre os titulares para a próxima partida do São Paulo pelo Brasileirão, contra o Atlético-MG, no domingo, às 16h, no Morumbi. No momento, o Tricolor é o quarto colocado da competição, com 46 pontos conquistados.

Gazeta Esportiva