Nessa terça-feira, foram sorteados os grupos do Campeonato Paulista de 2020. O evento, realizado na sede da Federação Paulista de Futebol, contou com Leco, presidente do São Paulo, José Carlos Peres e Marcelo Frazão, presidente e diretor de marketing do Santos, Duílio Monteiro Alves, diretor de futebol do Corinthians, e Paulo Buosi e Cícero Souza, vice-presidente e gerente de futebol do Palmeiras.

Leco e Raí não falaram com a imprensa tal qual os dirigentes do Palmeiras. Eles, como representantes do São Paulo, o presidente e o diretor executivo de futebol compareceram ao local normalmente e, após o sorteio, chegaram inclusive a posar para fotos, mas acompanhados do assessor de imprensa do clube, passaram pela zona mista sem parar pra conversar com os jornalistas.

Há quem diga que Leco evitou possíveis perguntas sobre o caso em que o MP indiciou o ex executivo de seu time, Alan Cimerman por desvios de verbas, estelionato e associação criminosa. Mas, há também o fato de ter se recusado a apresentar documentos, conforme exigido pela Justiça em ação de conselheiro e sem esquecer o fato Ricardinho que pode gerar penhora de R$ 25 milhões.

O que houve, Leco?

Blog do São Paulo