Era para ter goleado, São Paulo…

O São Paulo tinha tudo para dar uma goleada no Avaí, equipe fraca e candidata ao rebaixamento. No entanto, ficou mesmo no 1 a 0 (Arboleda, de cabeça), nesse domingo à tarde, no Morumbi. Gol saiu de uma cobrança de escanteio de Daniel Alves, aliás, atuando pela lateral-direita e mostrando aquela categoria de sempre. Resultado colocou a equipe no G4 do Brasileirão, passando o Corinthians.

O Tricolor começou o primeiro tempo como se fosse um “furacão”. Com Daniel Alves na lateral-direita (onde ele rende muito mais), os jogadores do Avai sofreram um bombardeio, com ataque formado por Pato, Antony e Vitor Bueno. O domínio no meio-campo também era evidente. Fernando Diniz usou três volantes no setor com Luan, Tchê Tchê e Liziero. No entanto, faltaram jogadas de profundidade e o domínio passou a ser sem efeito.

O único lance polêmico ficou por conta da expulsão de Brenner, do Avaí. Ele entrou por trás do zagueiro Bruno Alves e o VAR entendeu o lance como agressão, o que fugiu do protocolo da arbitragem eletrônica. Para a etapa final, Diniz sacou Bruno Alves e veio Igor Gomes. Um escanteio pela direita, Daniel Alves colocou na cabeça de Arboleda e gol são-paulino, 1 a 0.

Diniz, então, sacou um volante (Liziero) para colocar Hernanes, mais ofensivo. A mudança gerou a expectativa de o São Paulo fosse atacar e até conseguir um placar mais dilatado. Porém, nada disso aconteceu, Principalmente porque o time insistiu bastante com triangulações na entrada da área, onde o adversário estava bem armado. Pato foi substituído por Raniel. Fim de jogo. Resultado merecido, mas poderia ter sido maior.

E tenho dito!

Chico Lang

Anúncios

9 comentários

  1. Chico Lang deveria ser proibido aqui no blog.

    Mas assim mesmo, viva a democracia e a diversidade.

    “E tenho dito !” By ele mesmo.
    ” E assim caminha a mediocridade” by também.

    Kkkkkkkkkkkkk.

    #Reage SPFC

    • O que me deixa indignado é essa história de três volantes, pelo amor de Deus, é muita má vontade, tanto de jornalistas como de torcedores que reclamaram aqui.

      Então, se o Liziero jogar na lateral, e o Tchê tchê na ponta como vinha jogando, ele são volantes? Aí, se o Daniel Alves, que é lateral, joga no meio, ele é meia e não volante. Se o Hernanes joga no meio é meia ou volante?

      Não é difícil entender que no esquema do Diniz, o Luan é volante e o resto, os outros dois que jogarem, independente de quem sejam, são meias, pois a função é de meia. Seria o mesmo que dizer que o Xavi e o Iniesta eram volantes no Barcelona.

      Acontece, que nesses esquemas de 433 e 4141, não existem o meia armador, ponta de lança, enganche, mas existem dois meias que circulam pra armar e eventualmente entrar na área, e rexuam pra defender. Só isso.

      Então, não importa se joga Hernanes e Daniel Alves, ou Liziero e Tchê tchê, ou Igor Gomes e Gabriel Sara, a função e de meia.

  2. todos os cornetas do Jogo contra o Avai, convenientemente se esqueçem ou omitem que o Sr. Alexandre Pato perdeu um Gol absurdamente feito, construido em jogada de velocidade. tbm esqueçem ou omitem que Hernanes teve um chance de chutar de frente para o gol e chutou atrasado, e que o Goleiro do Avai fez pelo menos umas 3 otimas defesas.
    O jogo foi 1×0 mas poderia ter sido 3×0 facilmente se os jogadores fossem menos displicentes com as chances criadas.

    • Né. Esquecem tb que não contamos com Pablo, Reinaldo, Everton, Rojas, Toro, esqueci de alguem ? Rsrs. Esquecen que o Pato não é centro avante e não percebem que Liziero e Tche Tche tem liberdade quando temos a bola. Esquecem que jogamos com um time totalmente recuado. E o pior não percebem que o time está evolução , e por ser um time “lento” e sem peças chaves torna-se difícil tabelas rápidas e profundidade que tanto pedem. Imagina o Hernanes três jogadas de profundidade? Liziero então hahaha. Muita má vontade . Vai São Paulo.

  3. Todo respeito ao folclórico Chico Lang!! Passou por situações terríveis nos últimos tempos.. sobre o texto tá bem escritinho sim!! Vamo SPFC!!

O São Paulo precisa de nós! Vamos apoiar!