Relegado por Cuca, Igor Gomes fica perto de ser titular no SPFC de Diniz

Após quase cinco meses, Igor Gomes está mais perto de ser titular outra vez do São Paulo. Considerado uma das principais promessas do clube, o jogador teve poucas oportunidades quando o Tricolor paulista era dirigido por Cuca. Agora, sob a tutela de Fernando Diniz, ele entrou em campo no decorrer dos últimos quatro confrontos e apresentou um bom desempenho. Por isso, não está descartada a possibilidade de o garoto de 20 anos ganhar uma uma chance no jogo de domingo, no Morumbi, contra o Avaí, pelo Campeonato Brasileiro.

No início da temporada, quando o coordenador técnico Vagner Mancini dirigiu o time no Campeonato Paulista, Igor Gomes viveu o seu ápice na temporada. Nas quartas de final do estadual, contra o Ituano, marcou dois gols. Porém, com a chegada de Cuca, a partir do segundo confronto da semifinal, as chances diminuíram. Na era Cuca, ele foi titular apenas em cinco jogos, sendo o último no dia 22 de maio, contra o Bahia, pela Copa do Brasil.

Para pessoas próximas, o técnico elogiava a dedicação do jovem, principalmente nos treinamentos. Tal empenho servia até para ser utilizado de exemplo para outros atletas. Porém, na visão de Cuca, o jogador precisava de mais maturidade e de objetividade nas partidas. Além disso, para o comandante outros atletas estavam à frente na briga por um lugar entre os 11.

Por tal avaliação, Cuca não se mostrou incomodado com a possibilidade de o clube acertar um empréstimo para Igor Gomes. O São Paulo, no entanto, entendeu que era importante segurar o jovem em seu elenco e recusou uma oferta de um time europeu.

Cuca também não se opôs e liberar o jogador para integrar a delegação da seleção brasileira durante os amistosos com Colômbia e Peru, nos dias 6 e 11 de setembro, respectivamente. O convite foi feito em agosto e a comissão técnica avaliou que poderia ficar sem o jovem, que era pouco utilizado. Por coincidência, o Daniel Alves fora convocado também, e Hernanes sofrera lesão neste período. Desta maneira, Cuca precisou improvisar no meio de campo e a ausência de Igor Gomes gerou críticas da torcida.

Por Fernando Diniz ter o histórico de dar mais oportunidades para os jogadores mais jovens e pelas últimas atuações de Igor Gomes, a possibilidade de o meio campista receber uma chance ganhou força.

UOL

Anúncios

4 comentários

  1. O menino é um bom jogador, e pelas características dos nossos meias, de mais cadência e condução de bola, acredito que ele por ser mais vertical, e entrar na área, já está merecendo ser titular no time. Não é craque, mas é o único meia atacante incisivo do elenco.

  2. Não consigo entender esse time é essa diretoria, estavamos fazendo um campeonato Paulista horrível e aí ficamos sem técnico assume o Wagner Mancini da uma ajeitada no time coloca os garotos, Igor Gomes, Igor Vinicius, Luan, Antonio, Everton Felipe pra jogar o time passa por Palmeiras e chega a final do paulista nesse tempo a diretoria como de costume e oque só sabe fazer começa a anunciar nomes medalhões pra pagar incêndio como Pato,Hermes,Daniel Alves etc…
    É aí aquele time da semi final do paulista que poderia dar liga chegar mais longe tem que ser desfeito a molecada tem que sair pra dar lugar pros medalhões e aí estamos com esse time que é passado não tem agilidade é nem rapidez de contra ataque não que eu tenha nada contra mas com um técnico que quer e gosta que o time saia jogando com o goleiro e que já ficou evidente contra o Bahia é Cruzeiro que o sao paulo passou a ter muito campo pra chegar ao gol adversário toma pressão o jogo inteiro no campo dê defesa e leva 45 minutos de um tempo de jogo pra dar um chute no gol adversário e só o técnico que não viu isso é lamentável um clube que no passado por pelo menos um tempo foi referência de administração para os outros clubes do país e agora por já seila qt tempo ter essas incertezas e desacerto que vem tendo ano pos ano LAMENTAVEL.

O São Paulo precisa de nós! Vamos apoiar!