Com Diniz, São Paulo ganha postura agressiva e ‘de peito aberto’

Satisfeito com a atuação do São Paulo no clássico de domingo, o técnico Fernando Diniz quer ver sua equipe exibindo uma postura “agressiva e de peito aberto” na sequência do Campeonato Brasileiro, na disputa por uma vaga no G4 da tabela.

O treinador mostrou-se entusiasmado com o rendimento do time após a vitória no clássico sobre o Corinthians, por 1 a 0, no Morumbi, e afirmou que o São Paulo “não tem limites” para continuar crescendo. São Paulo (quinto colocado) e Corinthians (quarto) estão empatados com 43 pontos, onze vitórias, mas o time de Itaquera tem um gol a mais de saldo: 11 contra 10.

“O São Paulo pode chegar muito longe, temos que pensar sempre no melhor. É trabalhar treino a treino, jogo a jogo, mas o São Paulo sempre vai entrar para vencer o jogo. A postura do time vai ser sempre agressiva, encarando o adversário de peito aberto. Acredito que essa equipe tem muito para evoluir em termos de qualidade de jogo e pontuação no campeonato”, afirma.

Questionado sobre a distância de 15 pontos para o líder Flamengo, o treinador adotou uma postura mais realista e em nenhum momento durante a entrevista coletiva de domingo falou em uma possível conquista de título.

“Não sei o que pode restar para o São Paulo e a gente também não controla o Flamengo. Temos que procurar fazer o melhor possível. O Flamengo vive um grande momento e não temos controle sobre eles. A equipe pode fazer jogos cada vez melhores. A equipe tem tudo para evoluir durante o campeonato”, diz o treinador.

Estadão

Anúncios

5 comentários

  1. O flamengo se empolgou,estou torcendo pea eles darem uns 4 tropecos,ta certo se perderem duas ja elvis lideranca,os cariocas estao de achando o rei da cocada preta,se deixarem o tricolor arrancar foi ontem titulo,vao ficar so no cheirinho da jequiti mais uma vez,acredito eu que o flamengo nao leva essa,mais sei tambem que posso queimar minha lingua,e vamos sao paulo…

  2. O que esta segurando o Tricolor hoje na classificacao, sao os 10 empates que tivemos durante a competicao ate aqui e derrotas (principalmente em casa contra o Goias). 23 pontos dos quais pelo menos a metade dos empates e mais 3 do Goias (13 pontos) poderiam estar em nossos bolsos…..Estariamos com 56 pontos brigando pela ponta na tabela…..mas infelizmente nao eh assim e esses pontos nao voltam mais…..mas que da uma tremenda raiva de verem esses pontos perdidos bestamente…..

  3. uma coisa boa do diniz é que ele sabe conduzir muito bem o clima psicologico. vamos fazer o nosso jogo de cada dia buscando o melhor e vamos aceitar aquilo que já não está mais no alcance do time que é os resultados que o flamengo vai obter no restante do campeonato. essa é a postura madura que o jogador tem que ter e ele passa essa base

  4. Diniz tá muito preocupado com resultado… não devia nem responder sobre o fla, sobre o campeonato, só desvia se preocupar em arrumar o time. o ano encerrado, tem aí a oportunidade de treinar o time jogando, implantando seu estilo e vendo quem realmente serve para o ano q vem. Mas não, mantém aí um time bem conservador (lento) q não utiliza a posse de bola pra criar chances claras de gol.

O São Paulo precisa de nós! Vamos apoiar!