Éder Militão, João Schmidt, Marquinhos Cipriano… o mais novo integrante da lista de atletas revelados na base que pode deixar o São Paulo de graça é Fabinho, artilheiro do time na última disputa da Copa RS. O garoto, de 19 anos de idade, só tem contrato até 30 de junho do ano que vem. Ou seja, a partir de 1º de janeiro ele poderá assinar contrato com qualquer outro clube e deixar o Morumbi sem render qualquer centavo.

Procurado pelo Blog, o São Paulo assegura que tem tentado prorrogar o contrato de Fabinho, atleta do clube desde 2013. Já Junior Pedroso, empresário de Fabinho, preferiu não falar sobre as negociações, nem sobre a situação contratual do centroavante, que é irmão de Luiz Phellype, do Sporting.

Fabinho já tem 15 gols na temporada no time sub-20 (Thiago Calil/AGIF)
Fabinho já tem 15 gols na temporada no time sub-20 (Thiago Calil/AGIF)

Éder Militão, João Schmidt, Marquinhos Cipriano… o mais novo integrante da lista de atletas revelados na base que pode deixar o São Paulo de graça é Fabinho, artilheiro do time na última disputa da Copa RS. O garoto, de 19 anos de idade, só tem contrato até 30 de junho do ano que vem. Ou seja, a partir de 1º de janeiro ele poderá assinar contrato com qualquer outro clube e deixar o Morumbi sem render qualquer centavo.

Procurado pelo Blog, o São Paulo assegura que tem tentado prorrogar o contrato de Fabinho, atleta do clube desde 2013. Já Junior Pedroso, empresário de Fabinho, preferiu não falar sobre as negociações, nem sobre a situação contratual do centroavante, que é irmão de Luiz Phellype, do Sporting.

Para piorar a situação tricolor, Fabinho já havia chamado a atenção de dois clubes espanhóis na última janela de transferências, na metade do ano. Um dos interessados era o Celta, que tentou contratá-lo por empréstimo. O São Paulo vetou a transação. Agora, em caso de não acerto para um novo contrato, pode perdê-lo de graça.

Na atual temporada, Fabinho soma 15 gols pelo time júnior. No ano passado, foram outros 18, apesar de um período de ausência por causa de uma contusão.

Fabinho, inclusive, tem ficado com frequência na equipe principal do Tricolor. Ele estreou recentemente, nos 13 minutos finais da partida contra o Internacional, em 7 de setembro, pela 18ª rodada do Brasileirão – o Colorado venceu por 1 a 0.

Renovações antecipadas: Depois de passar apuros com Militão, Schmidt e Cipriano, o Tricolor decidiu só promover atletas da base depois que eles assinassem contratos longos. Foi assim com Helinho, Antony, Liziero, Luan, Igor Gomes, Toró e mais recentemente Walce. Porém, com Fabinho, a situação acabou se mostrando diferente.

Yahoo!