Partida contra CSA atrapalha planejamento físico do São Paulo

São Paulo empatou com o CSA neste domingo e perdeu a oportunidade de chegar ao G4 do Campeonato Brasileiro. A partida contou com os retornos de Hernanes e Pablo, que estavam lesionados e tinham perdido os últimos jogos. A necessidade de buscar um resultado atrapalhou o planejamento físico que o Tricolor tinha para a dupla de jogadores.

Hernanes perdeu cinco partidas por conta de uma lesão no adutor, enquanto Pablo ficou de fora por oito jogos devido a um problema ligamentar no tornozelo direito. Por ser a volta de ambos ao gramado depois de um tempo considerável no departamento médico, a ideia inicial da comissão técnica era substituí-los ao longo da segunda etapa.

No entanto, o São Paulo sofreu um gol aos dez minutos do segundo tempo e complicou-se na partida. Portanto, Cuca não pôde retirar os dois jogadores do jogo, já que são lideranças técnicas da equipe, que poderiam ajudar o Tricolor em busca da virada.

Alexandre Pato, que estava com uma mialgia na coxa esquerda, entrou no intervalo e voltou a atuar depois de cinco rodadas. Toró, que ficou de fora pelo mesmo período de tempo por conta de uma lesão na coxa esquerda, foi a campo aos 16 minutos da segunda etapa. Os dois atacantes, no entanto, não tiveram atuação de destaque.

A tendência é que Pato esteja com condições físicas para enfrentar o Botafogo como titular, no próximo sábado, às 11h, no Rio de Janeiro. Caso inicie a partida, o jogador deve ocupar a vaga de Everton pela esquerda do ataque.

Gazeta Esportiva

Anúncios

15 comentários

  1. Existe algum tipo de planejamento no atual SPFC em especial da preparação física ?

    Parabéns aos envolvidos, pois disputamos apenas 1 campeonato e “uma” partida atrapalha ?

    Não seria caso de demissão por justa causa?

  2. Crônica de uma “tragédia” anunciada:

    Um único campeonato e “atrapalhado” por “uma” partida …, planejamento tricolor, tupiniquim e ao sul do Equador.

    Um único jogo a ser disputado na semana “cheia” e ainda discubrimos que sequer conseguem acertar uma bola ao gol.

    4 acertos em 27 tentativas.

    Futebol profissional ????

  3. Realmente é o poste mijando no cachorro.

    Botou pra jogar sem estar com ritmo (boa, DM!) e claro que essa foi a desculpa pelo futebolzinho pobre do jogo de domingo. Incrível a falta de ideias dentro e fora do campo.

    • Porque não tirar o Pablo e colocar o Pato? Parece proibido ele jogar nessa posição, sendo que fez partidas razoáveis por ali.
      Pra jogar com o csa, tinha que ter vencido mesmo se tivesse ficado 1 ano no dm

  4. Como assim???
    Tem uma semana pra treinar e recuperar de novo!

    Sábado 11hrs, já sabemos a desculpa para o empate 1×1 contra o poderoso botafogo, calor…

    Atrapalhado ta o meu planejamento físico que jogo futebol de domingo com o ligamento rompido com uma joelheira para meu joelho ñ cair e fico com dor a semana toda…

  5. Acho que é o caso de mandarmos um ofício para a CBF, assim jogamos apenas quando estivermos preparados. Dois jogos por mês está de bom tamanho. São Paulo e as velhas desculpas. Tem jogo em meio de semana? Não tivemos tempo. Não tem jogo (o ano todo, como time de várzea) em meio de semana, não tem ritmo de jogo, pois joga pouco. Desculpas e mais desculpas e a gente esperando que dia que vai jogar bem.

  6. Definitivamente há uma geração inteira de pessoas que.nao sabem.interpretacao de texto .jogadores voltando de lesão ,no primeiro jogo tendem a cansar.mais e o planejamento da.comissao técnica e que foi atrapalhado pois imaginavam o time ganhando no primeiro tempo e aí poderiam mesclar os jogadores no segundo tempo, com a derrota parcial tiveram que colocar os 4 jogadores juntos .porém no vi nenhum deles cansado a ponto de terem câimbras ou pedirem substituição, isso mostrou que fisicamente estavam bem, a falta de ritmo e natural .

    • Todo mundo entendeu, acredito. O lance é que qualquer coisa vira muleta. Espero que isso venha mais da imprensa, do que da comissão técnica. Se pensavam que poderiam estar ganhando, então aí que não poderiam abrir mão do tal planejamento, tendo em vista o tempo de lesão que alguns, como Pablo, por exemplo, já é muito grande para o ano.

  7. Depois de ler inúmeros comentários sobre o são Paulo, o único lucido foi o Daniel Alves, falta ao são Paulo padronização , jogadores entrando em campo com organização e método, sem precisar ficar improvisando o tempo todo, pois a improvisação a qualquer preço leva ao erro .e foi direto na ferida, falta consistência tática e isso e fruto da filosofia do treinador que não tem consciência filosófica pra definir teoricamente e aceedita que a equipe construa essa padronização por si só no decorrer dos jogos,

O São Paulo precisa de nós! Vamos apoiar!