Ultrapassados? Cuca defende técnicos brasileiros, mas evita rebater Jesus

Cuca prefere não entrar em debate, mas deixa clara sua opinião de que os treinadores brasileiros não são ultrapassados. Questionado sobre uma declaração do português Jorge Jesus nesta linha, o técnico do São Paulo contemporiza a polêmica.

“As coisas têm de ser divididas: seria muito fácil rebater o que ele falou, mas a gente tem que separar as coisas. Esta entrevista que ele deu foi lá na Arábia, no ano passado, que só saiu agora”, começou Cuca na manhã de hoje, na coletiva que concedeu após o primeiro treino do São Paulo no dia.

Em longa resposta, o técnico tricolor sugeriu que o próprio Jorge Jesus seja questionado sobre o assunto para ter a oportunidade de mudar ou não de opinião. “Ele poderia dizer se teve dificuldade com algum time, se os treinadores estão ultrapassados; seria uma maneira melhor de se falar”, opinou.

Cuca não quis entrar em polêmica e falou sobriamente sobre o assunto por alguns minutos, até elogiando Jesus em alguns momentos. “Pelo que eu vi dele, é um cara que tem ética profissional, tem respeito”, afirmou, sem deixar de defender a classe.

“Acho muito raro que ele venha a falar isso hoje, o sentimento hoje não seria esse. Lógico que temos muito a evoluir, todos nós técnicos brasileiros. É uma que questão que eu prefiro ficar fora, mas não me sinto de forma alguma ultrapassado”, diz o são-paulino, argumentando que “não tem diferença” entre os treinamentos dos times brasileiros e estrangeiros.

A declaração de Jorge Jesus, no entanto, não parece um insulto. Em entrevista publicada na revista francesa So foot, ele diz que “o treinador brasileiro já foi um pouco ultrapassado em tudo o que diz respeito ao treinamento”, tratando da situação no passado. “Porque sempre tiveram grandes jogadores que resolvem os problemas táticos sozinhos. Os treinadores não foram obrigados a pensar e criar ideias coletivas, e acabaram sendo ultrapassados. Agora está começando a mudar”, opinou na ocasião.

Flamengo tem “um baita de um time”

O líder do Campeonato Brasileiro vive boa fase não só por causa de seu treinador, entende Cuca. “Vejo que o Jorge Jesus tem um baita de um time, por mérito dele mas por muito mérito do Flamengo em geral. Se você for ver, os 11 que jogam são nível de seleção”, considera, dizendo que “tira o chapéu” não só para Jesus, mas para o Flamengo como um todo.

UOL

Anúncios

17 comentários

  1. Em se tratando em colocar o time inteiro na retranca, o Cuca não é nenhum pouco ultrapassado. Já pra fazer o time jogar pra frente, tá precisando receber umas aulas do Jesus, Sampaoli e Osório.

  2. com Volpi , Dani Alves , Juanfran , Liziero , Pato , Pablo , o cara não consegue fazer o time jogar . O SPFC nas mãos de um Quique Setien , Eusébio Sacristan , Santiago Solari , Roger Schmidt , eu não tenho dúvidas que o SPFC estaria melhor . Nossos técnicos são ultrapassados . È só ver que o Tite , considerado o melhor técnico brasileiro em atividade , faz o Brasil jogar um futebol ridículo

      • ta , e o Sampaoli no Santos tem um elenco ridículo e faz o time jogar . Becaccece vice campeão no Defensa y Justicia com um elenco que ninguém dava nada

        • Mas você concorda que, mesmo com um elenco inferior, é um time que já joga junto há 9 meses? Entrosamento conta mais que elenco com estrelas, vide Grêmio, Athetico, Inter…

    • O Jorge Jesus tem razão, só ver pelo próprio exemplo do português, ele é um técnico nível C da Europa, e chegou aqui e virou um revolucionário do futebol!!!!

  3. Curiosamente os dois times que estão na frente e jogando bem sai treinados por técnicos estrangeiros. O que estão em terceiro e quarto são treinados por brasileiros representantes da escola superada da retranca total. Nossos treinadores estão no nível da metade do século 20. O jenio Tite conseguiu ser derrotado pelo poderoso Peru.

  4. Ao contrário de técnicos de outros países da América do Sul, os treinadores brasileiros simplesmente não têm mercado na Europa. É pq lá não tem time trouxa pra pagar 600/700k por mês pra uns pangarés que só enganam e distribuem coletes como os que temos aqui.

  5. Cara, concordo com a maioria aqui tbm…os técnicos brasileiros estão muuuuuuuuuuuuiiiiiiitttttttttttttooooooooo ultrapassados, e ainda muito valorizados, pelo pouco que mostram, sai um entra outro ganhando mais e não muda nada, é retranca, retranca e retranca, futebol feio, ganha mas não convence, enfim….é um fato, chegaram dois técnicos de fora que ja mostram uma outra maneira de jogar, com um futebol de melhor qualidade…quando falam de elenco até concordo que o do Flamengo é mto bom, mas o do Santos?? O Sampaoli está fazendo milagre…se vc coloca um técnico brasileiro era de décimo para baixo a posição na tabela.
    E falo isso não desprezando o Cuca, que acho que foge um pouco da média,só que técnico brasileiro é mesmo esquema….jogar por um gol e retranca.

    • Isso que o Sampaoli tb fez um trabalho péssimo na Seleção da Argentina, e chegou aqui com um time meia boca do Santos e bota o time para brigar pelo título brasileiro…

  6. Cuca tenta defender o indefensável. Espero que ele faça o time do SPFC jogar, tem até o final do ano para isso. Se continuar essa panacéia , mesmo com a volta dos titulares, sugiro a contratação de um treinador do exterior e de um nome já ventilado por aqui, o português André Vilas Boas, de nível bem acima do próprio jorge jesus.

  7. Cuca tem conceitos bem peculiares. O mais destacado é a perseguição individual sem a bola. Mas o maior erro do momento é o de escalar Daniel Alves como meia. Não tá funcionando. E não parece que vá funcionar. No máximo, Daniel tem que jogar como um ala, aproveitando toda sua capacidade ofensiva. Mas tem que ser pelo lado, onde ele é produtivo e onde ele é um dos melhores do mundo.

O São Paulo precisa de nós! Vamos apoiar!