Wescley espera um Ceará agressivo contra o São Paulo

Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press

Morumbi lotado, provável estreia de Daniel Alves e Juanfran pelo São Paulo, além de 7 jogos sem derrota do Tricolor pelo Brasileirão. Todos os olhos estão voltados para a equipe da casa. Apesar disso, o Ceará buscará estragar a festa são-paulina. O meia-atacante Wescley, que retornou de lesão recentemente, falou em entrevista coletiva que há os “dois lados da moeda”. Para ele, o clima de festa “pode se voltar contra eles, dependendo do tipo da partida que a gente fizer”.

O jogador alvinegro ressaltou que “não tem que só ficar olhando o adversário jogar”. “Já fizemos bons jogos contra boas equipes e já vencemos algumas delas”, ressaltou. Porém os números mostram um panorama um pouco diferente das declarações do atleta. Contra os times que estão nas 10 primeiras colocações do Brasileirão, o desempenho do Ceará é de uma vitória, um empate e duas derrotas. Fora de casa, o alvinegro cearense também não tem grandes resultados, com apenas uma vitória, um empate e quatro derrotas.

Sobre a questão da proposição de jogo, o Vovô de Porangabussu alterna partidas de muita posse de bola, mostrando iniciativa nas partidas, com jogos de pouca posse, que revelam uma proposta mais reativa. Na média, 45% de posse de bola por jogo.

A partida entre São Paulo e Ceará acontecerá no domingo, 18, às 16 horas, no estádio do Morumbi. A última parcial de venda revelou que 34 mil ingressos foram vendidos antecipadamente para a partida, devendo o Morumbi ter casa cheia. Esse é um cenário novo para o Ceará no atual campeonato, visto que as partidas fora de casa do time cearense até então não tiveram grandes públicos, sendo o maior deles contra o Fluminense, na 10ª rodada, que reuniu 23.484 torcedores no Maracanã.

Quando falou acerca do estádio lotado torcendo contra sua equipe, Wescley se animou com o cenário. “Todo jogador quer jogar diante de uma casa cheia, uma grande equipe. Acho que é bom jogar sempre com os estádios lotados, como acontece aqui, quando a gente está dentro de casa”, falou o jogador do Ceará.

O POVO

Anúncios

7 comentários

  1. Sim, serão agressivos. Baterão muito. Só espero que o juiz aplique os cartões adequadamente. Em relação ao futebol, irão montar uma retranca daquelas.
    #VamosSãoPaulo

O São Paulo precisa de nós! Vamos apoiar!