O Athletico-PR fará o São Paulo ter um novo período considerável de treinamentos antes do seu próximo compromisso no Brasileirão. O Furacão, que seria o adversário do Tricolor paulista na próxima rodada, estará no Japão disputando a Copa Suruga e, por isso, os torcedores são-paulinos terão de esperar até o dia 10 de agosto para verem sua equipe novamente em campo.

Cuca terá duas semanas para preparar sua equipe para o clássico contra o Santos, que vem disputando a liderança do Brasileiro com o Palmeiras. O São Paulo jogará em casa e terá a responsabilidade de vencer, já que agora briga por uma vaga no G4 e espera passar a disputar também o título nacional.

Com apenas três jogos feitos após a pausa para a disputa da Copa América, o São Paulo planeja aproveitar o novo período de treinamentos para afinar ainda mais a equipe para o restante da temporada. Desde que voltaram a disputar o Campeonato Brasileiro, os tricolores conquistaram duas vitórias e um empate, passando a figurar nas primeiras posições na tabela.

De fato, a sequência de treinos que o São Paulo teve entre junho e julho fez bem ao elenco. A melhora é considerável, embora ainda haja muito para evoluir. Neste novo intervalo, Cuca terá de manter a equipe em forma, com ritmo de jogo, através de jogos-treinos, como fez durante a parada para a Copa América. Ao todo, foram três duelos com São Bento, Cuiabá e E.C. São Bernardo, vencendo os dois primeiros e empatando o último.

Fora das quatro linhas essa parada também pode ajudar o São Paulo. Neste período em que não haverá partidas para disputar – o fato de estar eliminado da Libertadores e Copa do Brasil também ajuda -, a diretoria do Tricolor tentará agir no mercado para trazer a última peça que falta ao quebra-cabeça de Cuca, um lateral-direito, embora o treinador venha usando Igor Vinícius e, em outros casos, trabalhando para preencher a lacuna través de improvisações.

“Deixo essas coisas para a diretoria, Raí, Pássaro, Mancini. Estamos amadurecendo o Igor Vinícius, tem potencial enorme, muita força, está melhorando, ataca muito bem. O próprio Hudson quando precisar está à disposição e estamos trabalhando o Walce para jogar por esse setor também”, afirmou.

Gazeta Esportiva