Sim, nós temos goleiro!

Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press

Amigos tricolores,


Finalmente temos um goleiro de confiança na meta tricolor! Depois de tentativas muito erradas, finalmente o São Paulo acertou com Volpi. Ele não é um Zetti ou um Rogério Ceni, dificilmente entrará para o seleto grupo dos 5 melhores goleiros que tivemos ao longo da nossa história!! Entretanto, Volpi hoje, é um goleiro de confiança da torcida tricolor e sem dúvida é um dos melhores do país na atualidade. Comete algumas falhas, como todos os goleiros do mundo o fazem, mas mesmo assim a esmagadora maioria da torcida confia em Volpi.


Grandes goleiros

Meus artigos sempre tem um pouco de história para ilustrar e embasar as minhas opiniões. 
O São Paulo, ao longo dos anos, teve excelentes goleiros e que ficaram por muitos anos no gol tricolor. Vamos começar por King, que atuou no começo da historia do São Paulo, mas décadas de 30 e 40. Depois, passemos pelo argentino José Poy, que para os tricolores mais antigos – e que o viram jogar – foi o maior goleiro que tivemos. Sem dúvida Poy foi um grande goleiro e um grande São Paulino sendo responsável por vender muitos carnês que ajudaram na construção da nossa casa.

Waldyr Peres, goleiro de Copa do Mundo, para outros foi o melhor. Waldyr foi o único goleiro tricolor titular em uma Copa do Mundo. Nos 5 títulos os goleiros eram Gylmar (Corinthians e Santos), Félix (Fluminense), Taffarel (Reggiana/Itália) e Marcos (Palmeiras). Em 1934, Roberto Gomes Pedrosa foi o goleiro do Brasil na Copa daquele ano, mas na época jogava no Botafogo/RJ. Mais tarde veio para o SPFC se tornou diretor, e hoje, dá nome à praça em frente ao Morumbi! 


Barbosa, Castilho, Leão, Carlos, Dida, Júlio César e Alysson foram os outros goleiros do Brasil nas Copas e nenhum deles jogou pelo tricolor, até poderiam, mas o São Paulo, sempre teve goleiros de altíssimo nível, até a aposentadoria do Rogério Ceni.


Gilmar Rinaldi veio na sequência de Waldyr e agradou muito a torcida, não tinha o mesmo talento, porém isso não tira seu mérito de ter sido um gigante debaixo das traves. Tudo bem que ser goleiro com Oscar e Dario Pereyra a sua frente fica bem mais fácil. Nesse meio tempo, o São Paulo ainda teve Sérgio Valentim


Zetti, o melhor!

Chegou desacreditado do Palmeiras que o dispensou e em pouco tempo tirou a titularidade de Gilmar, que acabou indo para o Flamengo pois sabia que com Zetti suas chances de voltar a ser titular eram muito pequenas. Para mim, o melhor goleiro que o São Paulo já teve, para os mais saudosistas está no Top3! 

Para os mais jovens, Rogério Ceni deve ser o eleito o melhor, ele substituiu Zetti com maestria! Tem crédito para isso, até pelos títulos e números que tem, impressionantes, mas um jogador não se categoriza por ser melhor ou pior por números e sim pela qualidade técnica, que Zetti tinha mais, mas de novo, isso não tira o mérito e a grandeza de Rogério Ceni. Dizer que o Pelé foi o maior jogador da história do futebol mundial não tira o talento e mérito de Maradona, Garrincha, Puskas, Eusébio, Canhoteiro entre outros gigantes!


Diretoria errou muito até acertar!

Quando uma adolescente começa a fase dos namoros, dizem que ela vai “beijar muito sapo até achar o príncipe encantando”. De fato isso é verdade e parece que a diretoria do São Paulo fez o mesmo com a camisa 1 tricolor desde a aposentadoria de Rogério Ceni.


Denis, o primeiro goleiro, ficou anos na reserva de Ceni. Por um período, em que o M1TO se machucou, Denis foi o titular do São Paulo. Isso durou meses e ali ficou mais do que provado que ele não tinha a menor condição de ser titular do time. Foram, repito, meses em que ele jogou até o M1TO se recuperar. Meses de teste! Provou ali, não ser o escolhido, mas o que fez a brilhante diretoria? O manteve como titular! Nem preciso dizer o resultado, esse mais do que claro! Só não via quem não queria. 

Depois tentaram Renan, melhor que Denis, mas sem a menor condição de ser titular do São Paulo. Quando Rogério assumiu como técnico do São Paulo, para mim, cometeu o maior erro da sua carreira: Chamou Sidão para o substituir! 


Se tem algo que o Rogério sabe, é como ser goleiro, ele realmente avaliou bem Sidão? Veio e foi não apenas um fracasso como talvez uns dos piores goleiros que tivemos ao lado de Alencar, Maizena, Gilberto, Anselmo… que eu lembre, mas devem ter tido piores!


Jean, o goleiro dos 10 milhões

Pagar esse valor em um goleiro de 22 anos é algo estranho! Não vou aqui acusar ninguém pois não tenho provas, mas Jean não é o Buffon para valer isso! Me lembro do São Paulo se recusar a pagar 3 milhões pelo Victor, enquanto esse estava no Grêmio. O Galo foi lá e pagou. Esse sim, na época, um goleiro de peso para vestir o manto tricolor, mas nessa época tínhamos Rogério Ceni e não precisávamos de um goleiro do porte do Victor. Veio Jean, ficou mais conhecido por polêmicas nas Redes Sociais do que pelo futebol. Jogou poucas vezes e perdeu a posição para Sidão, o que prova que ele não tem mesmo condições de ser jogador do São Paulo e muito menos valer tudo isso! Mas pagamos e agora é preciso torcer pela evolução dele, caso Volpi não fique para 2020.


Contra o Palmeiras

Para mim, Volpi foi azarado! Vi Muricy Ramalho dizer que ele não falhou, assim como vi Zetti dizer que sim. Até ficaria com a opinião de Zetti por ser um grande especialista, mas eu também acho que ele não falhou. Volpi disse que a iluminação não atrapalhou tanto como Cuca sugeriu, disse que por alguns segundos perdeu a visão da bola e por isso a noção de onde estava. Uma fatalidade rara de ocorrer no futebol, mas ocorreu! E apenas para ser sincero, o erro foi até mais do Reinaldo que deixou o Dudu chutar não se aproximando de medo de tomar bolada. Para que o Reinaldo serve?Vida que segue, Volpi sabe que não foi algo comum! Mas ele estava fazendo uma partida de gigante Uma fatalidade que esperamos não ocorrer mais!


Volpi falhará 

O problema de ser goleiro é que sua falha é fatal! Não podemos colocar nas suas costas o empate contra o Palmeiras, até porque ele evitou gols certos! Pato é Raniel perderam gols, o goleiro do Palmeiras fez excelentes defesas e o jogo em si foi igual. Quando perde-se um gol, é falha do atacante, mas a torcida é compreensiva, quando é o goleiro que falha, é gol na certa. Volpi, confiamos em você!

*Felipe Morais. Publicitário, apaixonado pelo São Paulo Futebol Clube. Sócio da FM Planejamento, Palestrante sobre marketing digital, comportamento de consumo e inovação. Autor dos livros Planejamento Estratégico Digital (Ed. Saraiva) e Ao Mestre com carinho, o São Paulo FC da era Telê (Ed Inova) – http://www.livrotelesantana.com.br/  – facebook.com/plannerfelipe e @plannerfelipe

Anúncios

19 comentários

  1. pra mim ele está entre os 3 melhores goleiros da série A

    não iremos achar outro por ae dando sopa no mercado, é juntar os 5 milhões de dolares que os mexicanos querem e comprá-lo no final do ano

    • O Jean custou 6 milhões aos cofres do clube e não 10.Na minha opinião Rogério Ceni foi melhor que o Zetti tanto em importância na história do clube , conquistas , números , e tecnicamente falando também. Concordo que o São Paulo acertou com o Volpi , acho ele a altura de ser o nosso goleiro titular.

  2. Respeito a opinião do autor, mas acho que Rogério foi mais fenômeno do que o Zetti, estreou numa tremenda cilada, contra o time titular do Barcelona, covocado de última hora, fechou o gol, teve fases de ser o melhor goleiro do Brasil com sobras. Apesar de três grandes anos no time, Zetti era mais espalhafatoso, e as vezes tomava gols bobos, saiu do clube, porque já não tinha como competir no mérito com o jovem da base. Sem querer causar polêmicas, apenas minha opinião.

    • Concordo com a utilização do conceito fenômeno …, Ceni foi exatamente fenomenal e sua carreira traduz tal condição.

      Não é meu ídolo no futebol, mas seu tamanho no esporte é compatível aos maiores de todos os tempos.

    • Tecnicamente fazendo apenas o básico do goleiro, pra mim o Zetti era um pouco melhor. Mas se colocar na balança todos os atributos do Ceni, foi o maior goleiro não só do SPFC como do Brasil.

  3. Meu primeiro herói tricolor, em defesa de nosso gol, foi “São” Sérgio Valentim efetuando milagres nos títulos de 70 / 71.

    Impossível não destacar “São” Valdir Peres, meu ídolo, com toda “malícia”, humor e simpatia …, além de todo o seu brilhantismo excepcional …, descanse em paz.

    Senti falta da menção ao Toinho, neste texto, já que além de ótimo goleiro, alternava a titularidade com o Valdir Peres …, quem aqui lembra das saídas com os pés e suas “arrancadas” até o meio-campo ?

  4. Quando vejo alguém sugerir Walter até dá comichão, o cara podia ser comprado pelo SP e ser titular há 1 ano, mas preferiu ficar no bem bom na reserva do Corinthians sem jogar e ganhando bem, já provou não ser o cara para ser titular de time grande!
    Sou mais o Volpi!

  5. Em minha opinião o Zetti também foi o melhor goleiro que vi atuar no Tricolor. O RC é o que tem mais história e ficou mais tempo.

    Mas o goleiro e talvez jogador que fez mais pelo clube foi José Poy! O cara simplesmente vestiu a camisa do clube mesmo sendo argentino e ajudou a levantar o gigante estádio do Morumbi!

  6. Não vale a pena. São 20 milhões de reais.

    Melhor usar esse dinheiro para reforçar outras posições carentes.

    Os outros goleiros do elenco dão conta. Ou vende um ou dois desses goleiros, ou algum jogador do elenco ,pra chegar ao valor do Volpi.

    Se depender só do orçamento de 2020 para comprar, melhor deixar pra lá.

  7. Temos, mas jamais a altura da nossa tradição. Volpi só é melhor que Denis e Sidão. Nosso sarrafo na última década é baixo.

    Pra brigar por títulos, vamos precisar de um que ganhe jogos. Não é esse. Esse é só uma transição melhor que os anteriores. O que não é muita coisa.

O São Paulo precisa de nós! Vamos apoiar!