Antony: “Seria uma honra vestir a camisa do Milan se tivesse a oportunidade” diz jovem em entrevista a veículo italiano; veja

Comparado a Neymar pela facilidade de jogar e idéia de Leonardo, o jovem está na mira do Milan. Ele é seguido por muitos clubes top também na Premier League e o Torneio de Toulon o colocou ainda mais em exposição com o Brasil.

Antony é o futuro e concedeu sua primeira entrevista exclusiva na Europa para o  Calciomercato.com . 

“Trabalhar no primeiro time me fez muito bem. Me sinto cada vez mais pronto, de janeiro até hoje eu pude realizar o sonho de vestir a camisa da Seleção e vencemos o torneio na França. Eu sei que vou ter que me concentrar, trabalhar com campeões é o que me ajuda mais, sinto os novos avanços e tenho tantos objetivos a alcançar “. 

Na Itália você ainda é pouco conhecido: pode nos contar suas características? 

“Eu sou um ponta rápido, minha especialidade é driblar, mas ainda ser capaz de jogar tanto no ataque quanto livre. Sempre tento propor um jogo ofensivo, sempre ajudando na defesa. Acho que a entrega de um jogador é fundamental”. 

Existe um jogador do passado que te inspira?

“Kaká, um ídolo no Brasil. Ele fez a história no futebol, um homem extraordinário dentro e fora do campo. Sua carreira fala por ele. Foi um fenômeno mundial e sonhava em imitá-lo.” 

Existe algum jogador atualmente em atividade a que você é comparável? 

“Gosto muito de Lucas Moura. Penso nele quando penso em uma comparação atual: falamos com muita frequência, ele é um grande amigo meu.” 

O ídolo desde a infância? 

“Eu amo Messi, talvez porque o  estilo de jogo  é semelhante: canhoto que sai para voltar e chutar, sempre com o objetivo de gols e assistências. Eu tento imitá-lo, ele é um jogador que mudou o conceito de futebol moderno. Mas há uma coisa o que eu gostaria de dizer … “. 

Por favor .

“Eu tenho uma noção do grupo, o time vem em primeiro lugar. Adoro fazer gols, mas o futebol é coletivo: não sou o clássico sul-americano que joga sozinho …”. 

Você já estreou na Copa Libertadores com o seu San Paolo: emoções? 

“Tantas. Um sentimento mágico que eu experimentei este ano, sem dúvida. Eu sempre sonhei em jogar a Copa Libertadores com o São Paulo, o estádio lotado, aplausos pra mim. Estou convencido de que o São Paolo voltará a brilhar nesta competição” . 

Muitos dos principais clubes europeus seguem você: você se sente pronto? 

“Estou trabalhando para estar pronto para chegar na Europa. Joguei em competições internacionais, eles dão uma experiência única. Eu trabalho duro no São Paulo para crescer tanto quanto possível como jogador de futebol e como homem”

Você gostaria de vir e jogar na Itália? Paquetà fez isso recentemente …

“Eu amo o futebol italiano. Há grande tática, competitividade, clubes de classe mundial com uma tradição única, jogadores muito importantes. Os brasileiros sempre fizeram bem na Itália, eu tento assistir ao Jogos da Serie A quando posso … “. 

Qual equipe que você vê com mais frequência na TV? 

“Eu gosto do estilo de jogo da Juventus e Napoli. Eu também assisto os jogos de Roma, Inter e Milan”. 

Leonardo queria levar você para Milão, o corpo de scouting vem seguindo você há algum tempo: os brasileiros nos rossoneri sempre fizeram bem …

“O Milan é um dos melhores clubes do mundo, uma potência mundial. Não há dúvida sobre isso. Penso em Kaká quando ele deixou o São Paulo e se tornou uma lenda no Milan. Seria uma honra vestir a camisa do Milan se eu tivesse a oportunidade. Hoje eu só penso em São Paulo, então vamos ver “. 

A Copa do Mundo de 2022 com a Seleção é seu verdadeiro sonho? 

“O período do grupo que vai para as Olimpíadas já começou e eu estou feliz por fazer parte disso. Adoro defender o Brasil, é uma honra para mim. Sonho com a Copa do Mundo de 2022, mas penso nos Jogos Olímpicos de 2020 primeiro. O resto virá por si só. , sonhos são feitos para serem realizados “.

Foto: Djalma Vassao/Gazeta Press

https://www.calciomercato.com/news/antony-a-cm-il-milan-e-un-sogno-per-me-mi-piace-l-italia-il-mode-28801

Anúncios

29 comentários

  1. Tanto ele como a maioria dos meninos hoje não fechariam as portas para um Milan, Juventus, Barcelona, Bayern, Liverpool, United, etc…

    Queriam o quê? Ainda com o SP vivendo essa zona…

  2. esse ai ja faz muito tempo que não esta nem ai pro clube que o revelou e o fez rico

    pelo visto, deve achar uma grande conquista ganhar um torneio de base

    Se diz sao paulino né? Nada que uns euros nao mude

    Ingrato do c*

    • Mas o que voce quer? Se te oferecem um trabalho com muito mais dinheiro, mais condicoes de trabalho, e nao essa zona que esta o Tricolor, voce nao aceitaria ou ficaria em qualquer padaria, escritorio por amor ao patrao? Sejamos realistas….hoje no Brasil, qualquer clube perde jogadores para o Exterior, incluindo China, Arabia etc. etc…

  3. Se o SP não tá nem aí pro time de futebol pq o Antonhy estaria? É uma venda anunciada… Leco precisa de dinheiro pra cobrir o rombo feito por ele e Rai… Que dupla senhoras e senhores!!

  4. Antony vai pra seleção, ja cria um mal estar, aparece uma noticia do clube querendo renovar, nenhuma resposta divulgada do empresário ou jogador. Em seguida pipoca a noticia que o Antony diz q seria uma honra jogar no Milan.

    Parece script pre-venda pra diretoria se isentar de culpa e o atleta ser vendido. Ai pra encerrar com chave de ouro o Leco diz “jogador que quer sair nao tem o que fazer”.

    Todas as partes ganham e o torcedor se ferra pq vao gastar milhoes em um Trellez ou Diego Souza.

  5. pessoal craindo tempestade em copo d’água.

    é logico que ele vai falar bem do clube, pq iria falar que não? Esta em começo de carreira e é muito melhor um Milan que o leste da Europa.

    Outro ponto é que graças a gestão Leco e legado do JJ teremos sim que vender o garoto e fazer uma boa venda.

  6. Está tudo certo.

    Errado é ficar sempre devendo para bancos, trocar de tecnico toda hora obrigando a contratar mal (o que é bom para um não é para o outro e obriga trocar toda hora sem esperar o cara se firmar).

  7. Como chamam o cara de mercenário? Se fosse meu filho, por valores como os clubes europeus ganham, eu iria incentivar pra caramba. Carreira de jogador de futebol é muito curta, tem que ganhar dinheiro o mais rápido possível.
    Ao invés de culpar o atleta, por que não culpamos a diretoria? Por que não exigir um plano de carreira que segure o moleque nos próximos anos? Pagar um caminhão de dinheiro pro Jucilei, Nene, Tiririca Nervoso e DS, pode? Comissão pode?
    Agora o atleta querer o melhor pra si, não pode? Pelo amor de deus

  8. Fico impressionado como torcedores são bobinhos. Eles só atacam a diretoria do clube e defendam com unhas e garras os garotos da base. Todos, repito, TODOS que sobem para o profissional tem em meta um dia jogar na Europa. Eles só assinam a prolongava do contrato com a promessa de uma venda futura ser chegar uma proposta, num valor que eles e seus empresários estipulam (bem menos que a multa). Está é a realidade. No caso do Anthony li que o São Paulo não liga. Como? Não podemos esquecer que ele pediu para ir para a França e nem precisava pedir, pois a CBF não desconvocou ninguém. Agora ele está se vendendo. Parem de ser bobinhos e caiam na real. O Anthony e outros não pensam no São Paulo e sim no seu futuro muito longe do clube que o revelou.

  9. Tb não vi problema nenhum nesta entrevista, o sonho de todo moleque hj em dia é ir jogar na Europa, infelizmente por pura incompetência dos nosso cartolas, os clubes brasileiros viraram apenas trampolins para o mercado europeu…
    Se bem que ultimamente, e guardadas as devidas proporções, trocar o São Paulo pelo Milan é tipo seis por meia dúzia…

  10. Não existe motivo algum para ele preferir ficar aqui. O Morumbi virou uma zona morta, um cemitério de treinador e jogador.
    Está mais do que certo sair se surgir uma boa oportunidade.
    E vai ser difícil mudar essa realidade.

  11. O SPFC tem que aprender a negociar duro, se querem o jogador que paguem a multa, senão o jogador tem contrato e que cumpra o mesmo.

O São Paulo precisa de nós! Vamos apoiar!