Nesta noite de quinta-feira o Tricolor foi ao Independência encarar o CAM em jogo válido pela 9a. rodada do Brasileirão.

Primeiro tempo só deu Atlético, que inclusive abriu o placar aos 47 com Alerrandro. Só não foi maior o placar pois Volpi mais uma vez atuou bem em nossa meta.

No segundo tempo voltamos com a mesma formação do primeiro e com o mesmo futebol. As coisas só mudaram com a entrada de Nenê , por volta dos 22 minutos. Mesmo sob pressão atleticana, conseguimos armar uma boa jogada com ele , que dominou , passou para Alexandre Pato que marcou com muita categoria.

No final o empate ficou bom demais pra gente. Um adversário forte, em jogo fora de casa e trazendo de volta na mala um pontinho importante.

Agora vem a parada por conta da Copa América. É preciso usar o tempo que for para rever estratégias, conceitos e treinar. Um time como o São Paulo não pode ser coajuvante. Ainda mais quando só disputamos um campeonato.

Apesar de tudo, lá no fundo da alma ainda acredito em momentos melhores para o time e para a torcida. Que possamos ao menos ficar entre os 4 . Isso porque acho muito difícil pensar em título e quebrar essa invencibilidade Palmeirense.

Que venha o segundo semestre.

Um bom final de semana e até Julho, se Deus quiser.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG 1 x 1 SÃO PAULO

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte-MG
Data: 13 de junho de 2019, quinta-feira
Horário: 20h (de Brasília)
Público: 19.761 torcedores
Renda: R$ 522.795,00
Árbitro: Leandro Pedro Viaden (RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves e André da Silva Bitencourt (ambos RS)
VAR: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)
Cartões amarelos: Adílson e Patric (ATL); Igor Gomes e Anderson Martins (SAO)

GOL
ATLÉTICO-MG: Alerrandro, aos 43 minutos do primeiro tempo
SÃO PAULO: Alexandre Pato, aos 28 minutos do segundo tempo

ATLÉTICO–MG: Victor, Patric, Réver, Igor Rabello e Fábio Santos; Adílson (Maicon), Elias, Cazares (Ricardo Oliveira), Luan e Chará (Geuvânio); Alerrandro Técnico: Rodrigo Santana

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Igor Vinícius (Igor Gomes), Bruno Alves, Anderson Martins e Reinaldo; Hudson, Luan e Hernanes; Calazans (Nenê), Toró (Éverton Felipe) e Alexandre Pato Técnico: Cuca

Anúncios