Cuca critica falta de critério da arbitragem nos lances de Toró e Liziero

Liziero, jogador do São Paulo x Bahia, partida válida pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro 2019, na capital paulista. 19/05/2019, Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press

O técnico Cuca não saiu satisfeito com a arbitragem de Daniel Bins neste domingo, no empate sem gols do São Paulo com o Bahia, no estádio do Morumbi. Perdendo Toró aos 26 minutos por conta de uma solada do atacante no goleiro Douglas, o comandante tricolor crê que o juiz poderia ter tido o mesmo critério ainda no primeiro tempo, quando Liziero sofreu uma dura entrada no tornozelo direito, teve de ser substituído, mas o rival Gregore não foi advertido sequer com um cartão amarelo.

“Eles [árbitros] falam que é interpretação. Conversei com o árbitro, ele disse que estava grande e sabia o que tinha feito, que eu poderia confiar. Quem está lá em cima chama o árbitro e passa uma bomba para ele. Ele tem que definir. De repente, os caras lá de cima podem ajudar mais. Já vi lances em que o jogador pisou no pé do outro e chamaram o VAR. Eles têm que se organizar para ter um critério só. Hoje o VAR está mais importante que o árbitro de campo”, disse Cuca.

Gazeta Esportiva


Anúncios

9 comentários

  1. Jogadores bonzinhos, diretores bananas, presidente é um verme…. esperar o que ? Mais um roubo no próximo jogo. Ninguém faz nada !

  2. É impressionante a passividade dessa diretoria de m…! Somos prejudicados em todos os jogos e ninguém se mobiliza. E o presidente da CBF é sampaulino…

  3. Time medíocre! Fala em lateral direita….e a esquerda??? Reinaldo e horroroso….nao tem meia… não tem centroavante…m Cuca já está dando uma de prof. Pardal…..olha a ladeira de novo

  4. Só sei que pra passar o time da crefisa na tabela esse elenco vai ter de dar mais. Todo jogo é a mesma dificuldade de criar e finalizar para gol. Aí vão pressionando levando todo mundo para o campo adversário e tomam sustos com contra-ataques rápidos dos adversários. O time está previsível e não vai ser o Antony que vai dar uma de Messi, cortar todo mundo e fazer o gol salvador.

    Aliás, se chegar a proposta irrecusável por Antony, pode vender, mantendo porcentagem, e entregar o jogador só no final do ano (como foi a venda do G.Jesus). E reinveste o dinheiro no futebol. Traz um cara pra resolver o problema do ataque. Um Calleri! Chega de apostas como Carneiro e esses outros nomes que foram ventilados nesses últimos dias. Aliás, eu preferia o Diego Souza do que as últimas soluções apresentadas.

  5. Saudades dos anos 80, que quando qualquer juizinho vinha apitar jogo do SPFC e começa a roubar, no intervalo o Presidente mandava uns 4 (quatro) “” para dar uma prensa e no 2o tempo as coisas eram melhores e os juizinhos apitavam “Direitinho”, agora não, na cara dura e o inexistente Presidente some e se esconde. Covarde, largue o osso. Seja Homem com H Maiúsculo e peite a CBF e A.

O São Paulo precisa de nós! Vamos apoiar!