“Contra times fechados, falta um centroavante” diz Reinaldo

Toró, jogador do São Paulo expulso contra o Bahia, partida válida pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro 2019, na capital paulista. 19/05/2019, Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press

Depois do empate sem gols, contra o Bahia neste domingo, a equipe do São Paulo já lamenta a ausência de um centroavante. Com Pablo contundido há mais de um mês, e Carneiro suspenso por doping, o Tricolor não tem outras opções de “camisa 9” no elenco. Na saída de campo, o lateral-esquerdo Reinaldo ressaltou a falta de uma referência dentro da área.

“Contra qualquer time que vem fechado, como veio o Bahia, faz falta um centroavante que está sempre posicionado dentro da área. No nosso time, o professor Cuca nos coloca pelas beiradas para chegar rápido e fazer o facão para a gente surpreender o adversário. Hoje não tivemos muitas chances, e com certeza faz falta sim um cara de referência ali. Mas o Pablo está se recuperando e tenho certeza que logo ele está de volta”, disse aos canais Premiere

Sobre o resultado, Reinaldo valorizou o ponto, devido às circunstâncias do jogo. O Tricolor esteve com um a menos depois da expulsão de Toró no segundo tempo. Ainda assim, o atleta mostrou frustração com o segundo empate em casa do São Paulo neste Campeonato Brasileiro.

“Faltou a gente chutar mais para o gol e procurar a jogada pela linha de fundo, já que eles estavam muito fechados por dentro. Infelizmente a gente e não conseguiu o nosso objetivo, que era a vitória, mas com um a menos no segundo tempo tem que valorizar esse ponto dentro de casa. Mas time grande não pode empatar quando joga em casa, então temos que rever o que a gente fez de errado e acertar para conseguir os nossos objetivos em casa e fora também”, acrescentou.Analisando o desempenho da equipe, Reinaldo disse que o começo de jogo foi intenso, mas durante a partida o time pecou na recuperação rápida da bola.

“Eu creio que a gente começou intenso, teve oportunidade com o Toró no primeiro tempo. Mas infelizmente a bola não entrou. No decorrer da partida faltou o perde-pressiona, que o professor Cuca tanto pede, mas agora é levantar a cabeça e trabalhar para o próximo jogo”, finalizou Reinaldo.

Gazeta Esportiva


Anúncios

11 comentários

  1. A pergunta é: Santos tem centroavante? Palmeiras tem centroavante? Eles ganham de times fechados… São Paulo o time das desculpas prontas para encobrir a incompetência….. time modorrento, um cruzamenro na área no jogo todo… escanteio e falta nunca um jogador nosso cabeceia ou acerta o gol…quantidade de passes errados imbecis que nem time de segunda divisão dá….contrata um centroavante e acharão outra desculpa….

    • Tá aí um fato. Hoje o time nem tentou cruzamentos, também… não tinha ninguém na área. Já contra o Flamengo foi chuveirinho o jogo todo. Agora,gol de cabeça depois de falta e escanteio, nem lembro quando foi o último. Será que alguém treina? Impressão que dá é que se encontram na hora do jogo.

    • O Pato saiu porque não cumpre o que o Cuca pede… Pato tem que estar mais dentro da área, bom cabeceador e habilidoso, sabemos que ele gosta de jogar belas beiradas mas não temos outro pra fazer essa função então tem que ser ele pô!!
      Quando o Pablo voltar ou chegar outro ae sim ele poderá jogar pela beirada…
      Tem que ajudar nessa hora Pato!!!!

  2. Eu acho que o que falta e criação.
    Saiu o I Gomes e o time declinou. E ele é mais estilo antigo ponta de lança.
    Precisava também de um armador. Tipo P H Ganso, mas que, pelo amor de Deus, fosse mais rapido, entrando na área.
    O Hernanez e mais segundo volante.
    O Nenê está velho.

  3. Contra times fechados, faltam jogadas pelos lados, inversão de bola, jogadas de linha de fundo, laterais que saibam fazer um cruzamento decente…….!!
    Querem contratar mais um atacante, mas esquecem que não temos lateriais!!! Pega essa grana e tragam o Filipe Luis, Adriano ex-barça…..

O São Paulo precisa de nós! Vamos apoiar!