Rojas e Biro Biro reapareceram no gramado e lutam por retorno

O treino do São Paulo na manhã de ontem contou com uma novidade: o atacante Biro Biro correu em campo. O jogador desfalcou as últimas atividades por conta de uma gastrite nervosa.

O treino desta quinta só teve o aquecimento aberto à imprensa. Enquanto os jogadores trabalhavam juntos, Biro Biro corria em volta do gramado.

O atacante não atua desde o dia 24 de maio, quando participou do jogo contra o Red Bull Brasil, pela primeira fase do Paulistão. Ele foi relacionado pela última vez na partida diante do Ituano, em 27 de março, pelas quartas de final do Estadual.

Outro atacante que apareceu no gramado nesta quinta foi Joao Rojas, que recupera-se de uma cirurgia no joelho direito realizada no fim de 2018. Ele deve voltar a ficar à disposição apenas no segundo semestre, após a Copa América.

O São Paulo volta a treinar hoje no CT da Barra Funda. O jogo contra o Bahia será no domingo, às 11 horas.

Estadão

13 comentários

  1. De acordo com o texto, o Biro Biro não joga desde o dia 24 de maio. Deve ser março, mas o texto é do Estadão e não um post de um torcedor.

  2. Espero que o Rojas volte bem… Foi um achado. Apesar de que hoje ele é banco, mas ter um elenco qualificado vai fazer diferença lá na frente.

  3. Domingo é dia de entrar com um time forte, mas poupar alguns jogadores: teremos uma sequência pesada de 5 jogos praticamente em 2 semanas, e como o jogo de amanhã é casa, dá para poupar alguns caras, como Tche Tche e Pato; aliás, eu acho que seria meio absurdo começar o próximo jogo com Pato e Hernanes, e duvido que o Cuca faça isso. Os únicos que ñ se dá para poupar de jeito nenhum são Antony, Bruno Alves e Walce, mesmo que o Helinho tenha entrado bem. Uma colocação mais ou menos assim me agradaria bastante:

    Volpi
    Igor Vinícius
    Bruno Alves
    Walce
    Léo
    Hudson
    Liziero
    Pato/Hernanes
    Antony
    Toró/Igor Gomes/Helinho
    Brenner

  4. Sobre o Shaylon, no ano passado, se não me engano, ele nos salvou com um tiro de fora da área contra o Baêa.

    Sobre o Joao Rojas, torço muito para que se recupere e volte a jogar o que pode e o que sabe, afinal, já não é um garoto.

  5. O São Paulo ao emprestar um jogador deveria colocar uma porcentagem para obrigar o time a que for empresta-lo, a escalar.

    Como neste caso, o Bahia preferiu o Shaylon para colocar o Ramires para vender para a Europa, só que isso prejudica o São Paulo, que deixou de usar o jogador. Então o São Paulo ao emprestar deveria colocar um aproveitamento mínimo para garantir que o jogador terá uma rodagem.

  6. O São Paulo deveria pagar para o Shaylon jogar.

    Com a sua vontade e gana costumeira, seria um reforço para o São Paulo tê-lo como adversário.

    Nunca será jogador de destaque.

    Esqueçam.

O São Paulo precisa de nós! Vamos apoiar!