Cuca vê São Paulo “muito aquém” do ideal apesar de vitória em estreia

Sem sustos, o São Paulo venceu o Botafogo por 2 a 0 neste sábado, no Morumbi, pela estreia no Campeonato Brasileiro 2019. Foi a primeira vitória do técnico Cuca desde que retornou ao clube, que vinha de uma dolorosa derrota para o Corinthians na final do Paulistão.

Na avaliação do treinador, o time sentiu a falta de entrosamento com a entrada dos reforços. Alexandre Pato e Tchê Tchê estrearam como titulares, enquanto Vitor Bueno e Jonas Toró entraram no segundo tempo.

Após um início difícil, o São Paulo abriu o placar aos 40 minutos do primeiro tempo com Everton. Na etapa final, o Tricolor caiu de produção e só foi se recuperar nos instantes finais, fechando o marcador com Hudson.

“A gente estava com quatro jogadores estreando, então você não vai ter um conjunto ideal, uma saída de bola ideal. O importante era vencer e, se possível, jogar bem. Acho que a gente jogou bem num contexto geral. Até os 20, 25 do segundo tempo não foi bom, mas com a velocidade do Toró o time se assentou bem. Se tivesse mais tempo, a gente teria a chance de construir um placar maior”, analisou Cuca.

Para o comandante, o São Paulo ainda tem uma larga margem de melhora, o que pode acontecer durante a parada para a Copa América. Até lá, o Tricolor terá mais oito jogos pelo Brasileirão, além das oitavas de final da Copa do Brasil.“Estamos muito aquém do que a gente pretende estar daqui a um mês, dois meses. Mas temos nove jogos sem tempo para treinar. A gente tem que se aperfeiçoar dentro das partidas. Quarta-feira já tem o Goiás, domingo, o Flamengo. E assim vai… Copa do Brasil. Tem jogadores que vão subir de produção, sem dúvida alguma, não preciso citar nomes”, concluiu.

Com os seus primeiros três pontos somados, o São Paulo volta a campo na próxima quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), para enfrentar o Goiás, no Estádio Serra Dourada.

Gazeta Esportiva

Anúncios

8 comentários

  1. Antes, tinha que por os mais velhos, e aos poucos, com cuidado, ir colocando os mais novos.
    Hoje parece que a coisa ta invertendo… kkkkk
    E colocar os mais jovens, e com muito, muito cuidado, por os mais velhos.

    • Nossos mais velhos são esforçados, mas medianos na parte técnica e/ou física. Com muito empenho até equilibram as partidas, mas é difícil ganharem adversários organizados.

      Os jovens tem talento de sobra. Apesar dos erros por falta de experiência, têm recursos para buscar vitórias em partidas difíceis.

      Estou contente com o elenco do SP. Para mim, basta tentar contratar um LD, segurar os titulares e manter as promessas e o técnico, para os títulos voltarem em 2019 ou 2020.

      Se precisar adequar despesas, tentaria liberar reservas caros, como B. Peres, Jucilei, Nene e Anderson Martins (se tiverem mercado), ou vender reservas com menos potencial, como Everton Filipe e Carneiro (quando voltar a ter mercado).

      Penso também em emprestar jogadores talentosos, mas que não conseguiram aproveitar as oportunidades, como Brenner e Helinho, e trazer de volta os emprestados que evoluíram.

  2. Parabéns Cuca… É isso que esperamos de um treinador…. realista, humilde e sincero… só assim que se formam campeões…

    • Muito importante ele estar consciente do que precisa ser melhorado – e há muita coisa pra melhorar. Com o retorno de vários jogadores de contusões e recuperando a forma física ideal, o time promete ser forte.

  3. Problema que quando recomeçar o brasileirão em agosto ainda estaremos com essa deaculpa. Como o Everton por exemplo ainda está fora de forma??? Esquece Joao Rojas, só entrará em forma quando acabar o contrato.

    estou vendo que se acender uma vela o.jogador melhorar mais rapido que no nosso departamento médico

    • Que desculpa??
      Cara, cada jogador é um contexto, cada um está num estágio e situação diferente.
      Que tal ter um pouco de paciência e esperar até o final da Copa América?
      Quanto a criticar, se o treinador ou jogador, ou o corpo médico do clube merecer, ok, mas daí a generalizar ou ser negativo “de graça” é exagero e pode gerar algumas injustiças na avaliação do que está ocorrendo de fato.

O São Paulo precisa de nós! Vamos apoiar!