Agente de Carneiro cita depressão e diz que ele não sabe o que consumiu

Pablo Bentacur, agente de Gonzalo Carneiro, disse à rádio uruguaia “Sport 890” que o jogador está em depressão. O atacante testou positivo para cocaína em um exame antidoping realizado durante a primeira fase do Paulistão, está suspenso preventivamente e tem até esta quarta para decidir se pede a contraprova.

– Gonzalo estava lesionado. Esteve oito meses sem jogar no São Paulo e isso o afetou, o levou a uma profunda depressão, da qual era muito difícil sair. É um menino que fala pouco, introvertido, e uma coisa leva a outra. Hoje estamos tentando dar-lhe uma mão, porque é um bom menino que cometeu um erro. Não quero tocar mais no tema, porque depressão é delicado – disse o empresário.

Segundo Bentacur, Gonzalo Carneiro não sabia exatamente o que estava consumindo.

– Ele está muito mal, muito, muito mal. Agora o que me preocupa é a depressão, não tanto o doping. Inclusive ele não sabia o que estava consumindo, pensou que era outro tipo de coisa, um cigarro. Mas, bom, ele errou. O que me preocupa é que ele está muito deprimido. Lugano me comentou que várias vezes quis ajudar, levando-o a especialistas, mas ele se fechava, não ia. Ele faltou a um treino, e não é que estava de festa. Ele estava mal, e isso é produto do tempo que ele ficou sem jogar.

Lugano, superintendente de relações institucionais do São Paulo, foi quem indicou a contratação do jogador ao clube. O ídolo é muito fã do futebol do atacante, mas percebia nele uma introspecção no dia a dia que atrapalhava seu rendimento. Por isso, ofereceu-se para ajudar.

Antes de chegar ao São Paulo, Carneiro ficou um longo período sem jogar no Defensor por causa de um problema no púbis. O empresário diz que, no Uruguai, chegou-se a suspeitar do quadro clínico do jogador, imaginando que ele estivesse simulando a lesão para forçar a transferência.

Lance!

Anúncios

36 comentários

  1. “Ussão Paulo tava perdeno”. Mas “Ussão Paulo impatô”, pelo Brasileirão Sub-17, contra “ucurintia”, rs

  2. Não sabia o que estava consumindo? não precisa mentir, ele é um ser humano e precisa de ajuda, más não sera ajudado com o próprio empresário tentando mentir a respeito da atitude de seu cliente.
    Ele sabe distinguir cocaína de farinha de trigo, não vive em um mundo paralelo, não é criança de 3…4 anos para não saber distinguir algo nocivo a saúde.
    Que Deus abençoe o Carneiro, ainda é jovem, vai se recuperar, se libertar dessa porcaria, sair do poço que ele mesmo se jogou.

  3. A diretoria precisa ser mais atenta e cautelosa com os jogadores que contratam. Já é o segundo jogador com problemas com drogas no atual elenco.

  4. Que o afaste para seu tratamento olhando pelo lado do ser humano, mas como jogador não acrescentou em nada então que o clube busque outro técnico tenha postura de profissional, um monte de moleque que sonha em ser jogador e esse desperdiça essa chance, como pessoa que se recupere e dê a volta por cima, mas seu nível técnico é muito fraco para ficar no clube.

  5. Uma pena pelo jogador, só tem 23 anos. Que consiga se recuperar e não fique fora do futebol. É hora de ajudar e não condenar.

  6. Nao gostei da postura do Sao Paulo no caso ao dizer que nao iria se pronunciar sobre o assunto conforme a reportagem da Globo falou.
    Entendo que o clube deve ter um posicionamento claro para com sua torcida neste tipo de situação.

    O fato de não querer se pronunciar me leva a crer que este tipo de situação é tabu no clube e isto não é bom.. principalmente porque estamos formando jovens em nossa base e temos uma torcida olhando estes atos.

    Ano passado foi escondido o tipo de vicio do Regis e novamente, infelizmente, escondemos os problemas enfrentados pelo Carneiro.

    • Sinceramente não lhe entendo. Assunto delicado e deve ser tratado internamente o quanto for possível. Pra mim saiu na hora certa, imagina se sai antes da final? O problema do Regis também foi tratado, tanto que o clube findou o vínculo com o jogador.

  7. Eu acho complicado emitir qualquer opinião num assunto tão delicado. Seja depressão, seja vício… Da minha parte, seria leviano tecer qualquer comentário

    Que se trate, se recupere e volte a fazer o que gosta

    Se conseguir ajudar o SPFC, melhor… Senão cada um segue sua vida

  8. O empresário faz a parte dele pra preservar a imagem do cliente, mas de forma confusa: justifica o uso da cocaína por conta de uma depressão e depois fala que foi enganado por um cigarro. Já bolou a desculpa B, caso a primeira não cole. Como comentei em outro post, essa droga é como álcool – pode ser recreativo, que não entendam como apologia, como pode ser extremamente danoso. O Guerrero foi flagrado em metabólito e fizeram campanha bem sucedida pra jogar Copa do Mundo. Ao clube cabe verificar se o jogador realmente está doente e procurar apoiá-lo como já fez com Régis ou zagueiro Breno e aí concordo com meu xará Leonardo que cabe empatia de qualquer ser humano. Caso o jogador esteja de fuleiragem, que seja fuleiro em outro lugar.

  9. Se o jogador está em estado depressivo , esse será o pior pesadelo da sua vida,pois a pena por doping e de dois anos ,tive caso de depressão na filia e a barra e pesada, duas tentativas de suicidio

    • Isso também penso cara, você pega uma pessoa que errou e ao invés de tentar ajudar marginaliza…

      Entendo que querem passar a mensagem que droga é errado e tal, mas jogador de futebol simula, agride, etc e nunca tem uma pena tão pesada quanto algum que utiliza drogas.

      Essa política deveria ser revista. São penas extremamente pesadas para um crime muito brando.

  10. Inacreditável. Os críticos não sabem o que é ter na família um dependente de droga. Um garoto estrangeiro vive sozinho num país estranho, saiu de seu país com um futuro bem delineado, não consegue ver sua expectativa ser realizado e sem apoio de sua família vira uma presa fácil dos aproveitadores que vendem o sonho das drogas. Será que o torcedor do Internacional de Porto Alegre trata o Paolo Guerrero como os torcedores deste blog estão tratados o Carnero?

  11. Lá vem agora o blábláblá do Carneiro e do empresário dele para justificar o injustificável. Se der a lógica, vem depois o blábláblá dos dirigentes e na mesma linha.

    A realidade é que a área medica são-paulina alinhada com as atividades físicas na prática do futebol e com a contratação de jogadores tem apresentado resultados insuficientes para o clube nos últimos anos.

    Não bastasse isso, ainda vigora no clube a antiga política de contratações a “baixo preço” de jogadores problemáticos, cuja chance de recuperação existe, mas tem se revelado de altíssimo custo quando examinada ao longo do tempo, porque tais contratações não dão retorno desportivo, não dão retorno do investimento e contribuem com a longa falta de títulos.

    Para o São Paulo, Carneiro é mais um azarão que não vingou. Melhor fazer a provisão de perda para o valor empenhado e ir à busca de profissionais que produzam melhores resultados. Já passou da hora!

    • Sério mesmo? E a Copa do Brasil sub – 20 do ano passado você viu? 4 x 0 fora o baile??

      E as semi-finais do campeonato paulista sub-15 de 2018 eliminamos eles com 2 vitórias…

      Ou que tal o campeonato paulista sub-17 de 2018 que também eliminamos eles na semi final?

      Porque só lembrar quando perde?

      • Eu não disse que somos fregueses na base, mas que perdemos esse jogo juntamente com os outros jogos do profissional. Não falei ora causar mal estar, não, véio

        • Falo véio…

          Também não disse que você causou mal estar, muito menos que você disse que somos fregueses… só te fiz umas perguntas…

          • Eu também não disse que você disse. eu queria dar meu parecer e escolhi fazê-lo embaixo de seu comentário, ou seja, não foi diretamente pra você

  12. Olha, eu adoro acompanhar o blog porque aqui é Tricolor na veia e a atualização de ininformações é muito bacana.
    Por outo lado, tenho evitado cada vez mais os comentários, parece que a falta de humanismo e o excesso de escrotidão não têm linites pra algumas figurinhas que frequentam esse espaço só pra destilar veneno.
    Ainda bem que há alguns que desejam força, falam em empatia e buscam compreender o que é uma doença mental ou uma dependência química.
    #forçaCarneiro
    #forçaMarcio (aguentar essa barra aqui não e mole, não). .
    #vamosSão Paulo

Deixe uma resposta para Julio Alberto Tafner Cancelar resposta