Hernanes desabafa e lembra início ruim do São Paulo: ‘há um mês atrás, éramos a escória’

Em entrevista coletiva concedida nesta quarta-feira (17), Hernanes desabafou sobre o ano do São Paulo. Tratado como ‘quarta força’ no início da temporada, o Tricolor deixou o Palmeiras pelo caminho, chegou à final do Paulistão e está em igualdade de condições para conquistar o título, que será decidido na Arena Corinthians, no domingo (21).

Líder do elenco, o jogador lembrou o tratamento que era dado ao grupo do São Paulo e disse que essa é a prova de que as coisas podem mudar rapidamente.

“Há um mês atrás, eramos a escória do mundo. Um mês depois, podemos gravar o nome na história do São Paulo. É para mostrar como a vida e o futebol são dinâmicos, não podemos desistir nunca. É uma grande confirmação de que o que temos feito aqui está certo”, disse o meio-campista.

Sem titularidade garantida para a final, Hernanes melhorou o São Paulo assim que entrou na partida de ida, o empate por 0 a 0 no Morumbi. Mesmo com o bom jogo, o atleta preferiu não colocar pressão em Cuca para ser escalado desde o início do confronto.

“Por questão de destino”, brincou o jogador. “Eu infelizmente sou o Hernanes, não sou o Cuca.”

“Eu vou ter que me condicionar a me colocar à disposição para que o Cuca tenha a liberdade de escolher se começo domingo ou não. O que importa, isso que é legal, é que quem chegou até aqui, à final, esse jogo importante, não foi só uma pessoa, foi todo um grupo que está fortalecido. Quem for começar jogando está apto a ajudar e dar continuidade para que o São Paulo possa, quem sabe, conseguir a conquista.”

Corinthians x São Paulo decidem a final do Campeonato Paulista no domingo (21).

Torcedores.com

Anúncios

12 comentários

  1. Não Hernanes, a escória é o time que joga de branco e preto, ajudado pela arbitragem, encoberto pela imprensa, num estádio construído com o nosso dinheiro.

  2. Entendo o que o Hernanes falou. A imprensa sempre trata mal o São Paulo. Na draga que estávamos para eles viramos a escória do futebol brasileiro. Quero ver qual vai ser a reação deles depois do São Paulo ganhar o paulistão.

  3. Não estavam jogando absolutamente nada!! Diretoria fez um trabalho horrível e fomos eliminados pelo Talleres.
    O título Paulista não apaga nada disso. Tds continuarão devendo a torcida, que por enquanto é a única mostra viva da grandeza do SP!!

  4. Se o jogo terminar empatado e ganharmos nos penais,vão dar ênfase ao fato do São Paulo ter sido campeão sem vencer um clássico e por aí vai…

  5. Acho que confundiu ” Quarta Força”, com “Escória” ! parece a mesma coisa, mas não é, um é momentâneo, e a outra é pra sempre.

  6. A história é construída com resultados.
    É hora de apoiar e deixar os problemas de lado, mas na segunda-feira, independente do resultado, é hora de todos lembrarem que o que salvou o time no paulistão foram os garotos de cotia.
    Leco e cia, favor planejar corretamente, tratar bem a molecada e manter o time,

  7. Estou lendo os comentários dos colegas, uns mais pertinentes, outros nem tanto (na minha opinião), mas há 2 ou 3 coisas:

    – mais do que o título em si, eu vejo como mais importante a afirmação e a confiança que esse
    grupo precisa ter para, com a recuperação dos contundidos, mais os novos contratados e o trabalho da comissão técnica com o Cuca, possamos projetar vôos altos no Brasileirão e Copa do Brasil, principalmente.

    – além do mais, um título como o Paulista é – ainda – importante. É praticamente o único estadual hoje em dia que presta para alguma coisa.

    Pra movimentar o elenco e dar mais confiança.
    Para gerar um lucro na premiação, ainda que não muito alto.
    Para ter testado e observado jogadores, que foram contratados ou vieram da base, para definir de vez quem será útil nas demais competições do ano.
    Se a cada 3 ou 4 anos faturarmos um Paulista, estará ótimo!!

    – e como dizem há anos… “Paulista não vale nada para quem ganha, mas para quem perde pode gerar uma crise enorme”. E, de fato, é isso que ocorre. O Paulista serve para desafogar o time do excesso de pressão por um título. Tanto faz o que a imprensa vá dizer. Internamente há uma tomada de fôlego para ir atrás e coisas maiores, e um alívio momentâneo na torcida…

    Claro que a pressão em time grande sempre haverá, mas para quem está há muito tempo sem ganhar, o Paulista é um título para ser comemorado, sim!!

    Ganhando, teremos essa fôlego extra pra colocar as coisas mais ajeitadas e partir para conquistas maiores.

    É assim que vejo…

O São Paulo precisa de nós! Vamos apoiar!