River e São Paulo conversam sobre dívida de Pratto

Podendo acionar o time argentino na Justiça por atraso de pagamento de Pratto, o São Paulo escuta o que o River tem a oferecer.

O time argentino precisa vender jogadores para cobrir o rombo de R$ 50 mi de 2019 e um dos maiores trunfos que possuem é renegociar os valores devidos.

Com o São Paulo, o River procura obter uma prorrogação mas o Tricolor quer o dinheiro.

Por mais rumores que surjam sobre um volta de Pratto, seu retorno é improvável. Ele foi vendido por R$ 48,5 milhões em 2018.

Blog do São Paulo

Anúncios

25 comentários

  1. Outro assunto. Victor Ferraz e um lateral bom, mas nao e um jogador fora do comum. Hoje me assustei com a idade dele, 31 anos. E um jogador com pouquissima chance de revenda. E se tratando de São Paulo, não se sabe nem se vai se adaptar, nem se vai render mais do que o Hudson. Quanto vai se pagar nele? 8 a 10 milhões? Não vale a pena.
    Vale mais focar nesses laterais. Hudson, I Vinicius e o menino Caio do sub 20. Tem também o Tche Tchê, que nao deve desbancar o Liziero ou o Luan, mas que tambem e um desperdício se ficar na reserva .
    Se nada der certo ate a janela de julho, acho que aí se pode pensar em um lateral mais jovem.

      • Infelizmente é isso mesmo.
        Seria um jogador de altíssimo nível, caso conseguisse ter sequências normais de jogo.
        O desfalque dele fez toda a diferença no domingo.

    • Tb não traria o Victor Ferraz, acho um jogador desnecessário para nosso elenco, essas notícias sobre ele parecem mais notinhas plantadas pelo empresário dele sabendo que o ciclo do jogador na Vila acabou do que necessidade real do time…

  2. Alô diretoria tricolor, segue lista de jogadores que vocês podem aceitar do River: Palacios, Martinez-Quarta, Borré e Quintero.

    Ou então aciona a FIFA, comprou tem que pagar ou penhorar bens!

    • De la Cruz também, irmão do Carlos Sanchez… assisti ao jogo inter x river e ele me pareceu acima da média, jovem e promissor…

      Porém claro q o river não aceitaria negociar nenhum desses citados

      • Só falei dos que já são realidade, os caras tem mais uma meia dúzia de apostas boas ali que também poderiam ser negociados. E olha que na Argentina eu sou xeneize.

        O que não pode é o time sair com a fama de “millionarios” e não pagar o que deve e a gente aqui vendendo jogador sub20 pra fechar folha, ai é sacanagem!

  3. Liziero sera vendido ate o meio do ano e também sempre se machuca. Tche Tche sera o titular na maioria dos jogos, não tenho dúvidas. Quanto a lateral, Hudson da conta do recado e Igor parece estar evoluindo. No momento o estilo de jogo privilegia laterais direitos com maior poder de marcação ate porque o titular na esquerda sobe muito ao ataque e marca pouco. No próximo jogo, eu tentaria o Igor Gomes de falso 9, com Hernanes ou Nenê no meio como armador, cada um num tempo de jogo. Carneiro faz muita presenca mas tem pouca efetividade na area. Igor Gomes e mais finalizador. Everton ainda esta abaixo do que joga mas e um dos melhores que temos, por isso, o poria em campo, seja na ponta esquerda seja como segundo volante.Como segundo volante, abriria vaga pra Brenner na ponta que eu acho muito melhor que o Everton Felipe. Se Rojas não estivesse machucado, iria de Rojas na esquerda. Esperamos que Antony não sinta novamente a pressão do jogo.

  4. Negociar com o leco é a$$im: ficamos sem jogador e sem dinheiro nas vendas. Sem contar do tradicional pagamento dos salários e comi$$oes.

  5. Pessoal falando que o Carneiro é melhor que o Brenner… Eu acho que existe uma má vontade com o Brenner. Ele sempre guarda o dele contra o Corinthians. Acho que ele deveria ser o nosso 9 no domingo. Ao menos ele chuta no gol.

  6. Muito vai depender da condição física do Hernanez. Acho que ninguém segura o Profeta. Vai querer iniciar. E vai até o limite pra jogar os 90 minutos.
    Posso estar enganado, mas acho que a chegada do Cuca deu uma ligada no Helinho. Entrou bem, mesmo que pouco tempo. Vai evoluir, e ponho fé que chegue na altura dos outros jovens que subiram.

  7. Não li em lugar algum que o Leco está facilitando para os caloteiros argentinos, ao contrário… Antes de ingressar com ação ele quer ouvir o que os argentinos tem a dizer, o que é natural e lógico e já deixou claro que quer o dinheiro…

    Sou um crítico ao trabalho do Leco, mas vamos ser justos…

    Só depois de uma ação por parte do clube poderemos elogiar, ou criticar…

O São Paulo precisa de nós! Vamos apoiar!