São Paulo espera retranca e prega paciência contra o Corinthians

Mandante da primeira final do Campeonato Paulista, o São Paulo enfrentará um Corinthians que se notabilizou nos últimos anos por sua solidez defensiva. Diante de uma possível retranca alvinegra no Morumbi, o elenco tricolor prega cautela e paciência nos primeiros 90 minutos.

“Não tem de ir com muita sede ao pote”, adverte Reinaldo. “Tem de ir tranquilo, buscando nosso espaço dentro da partida, e ganhando confiança no decorrer da partida para conseguir o resultado. Se a gente fizer uma excelente partida, tenho certeza de que sairemos vitoriosos”, frisou o lateral esquerdo.

A ideia é repetir ou melhorar as atuações das semifinais contra o Palmeiras. O São Paulo empatou com o rival por 0 a 0 nos dois confrontos e conquistou a vaga para a decisão na disputa por pênaltis.

“Contra o Palmeiras, a gente saiu com sentimento de dever cumprido que a gente brigou, jogou e teve oportunidade. Se manter essa concentração e pegada, tenho certeza de que diante do nosso torcedor, no Morumbi, vamos conseguir o nosso objetivo”, completou Reinaldo.

Assim como o camisa 6, Bruno Alves também demonstra confiança em um bom resultado na primeira final. “É continuar com a mesma humildade e intensidade de marcação que a gente vem tendo nos jogos. Tenho certeza que vamos fazer um grande jogo”, disse o zagueiro.

“Estratégia de jogo o Cuca vai passar para a gente, mas é ter paciência, aproveitar as oportunidades. Acredito que vamos ter oportunidades de gol e, fazendo o gol, o jogo fica mais aberto”, acrescentou Bruno Alves, dando a receita de como furar a defesa alvinegra.

Já para o jovem volante Luan, de 19 anos, “a postura do São Paulo não deve mudar. Não devemos fazer nada diferente, não vamos mudar o nosso futebol. Tudo que a gente fizer, por ser a primeira decisão, será trabalhado durante a semana”.

Por ter campanha inferior à do Corinthians, o São Paulo será o mandante do jogo de ida e decidirá o título na arena, em Itaquera. Os Majestosos serão realizados nos próximos dois domingos, às 16 horas (de Brasília).

Gazeta Esportiva

Anúncios

20 comentários

  1. No Morumbi tem que ir pra cima pra moer a travecada.

    Tenho 2 preocupações, o jogo aéreo e o tal do Cleison no contra ataque que não é nada demais, mas é rápido e tá em boa fase.

  2. Tem q deixar o Arboleda grudado no Gustavo nos lances de bola na área, e o Hudson se segurou Martinelli e Dudu, Clayson não deve ser problema, tenho medo das costas do Reinaldo, seja com Vagner Love ou com Pedrinho, espero q o Cuca coloque uma forte cobertura nele ali, e q o Liziero fique de olho nas chegadas surpresa do Junior Urso.

  3. Acredito que o São Paulo tenha que se preparar para dois cenários, o primeiro como dito no texto e lembrando aqui, no primeiro jogo da semi contra o Santos, o Carille surpreendeu ao fazer o time adiantar a marcação e assim anular bem o ataque do Santos.

  4. Levamos a vantagem que o lateral esquerdo Avelar, tá pendurado, com dois cartões, e não vai forçar a marcação no Antony, e ficar fora do segundo jogo, além do mais, o Henrique zagueiro, também joga por ali, sendo lento pra correr atrás do moleque.

  5. Com certeza o Carille vai colocar os 10 jogadores de linha no campo de defesa esperando por uma bola, e importante é fazermos gol cedo e não tomarmos!!!

  6. Eu tenho medo é do Fagner quebrar a perna do Antony e o juiz não dar nada!
    Jogador sujo que a mídia fica dando moral e mandam esquecer o que ele fez com aquele jogador do Flamídia.

  7. A partir de domingo e um jogo de oacipaciê.
    Velocidade sim, afobação não.
    Veteranos e molecada tem que participar com inteligência, troca de passes, deslocamentos, enfim… Cuca tem que montar uma estratégia envolvente, mas time tem que manter a calma e ter paciência, primeiro um gol… Depois o segundo, talvez um terceiro… E estar muito atento aos contra-ataques, sobretudo nas costas do Reinaldo.

    Inteligência, habilidade, velocidade, paciência…
    Essa será a fórmula para vencer (e bem) o time
    dos nojentos…

    Vai São Paulo!!

    • Pra completar:
      Entrei na brincadeira do jogar milho, mas
      a sério tenho a dizer que:

      Como um colega já escreveu… Imprensa e o nosso adversário estão preocupados, já…
      Vão ser criados factóides, vai se criar “climinha” (aliás, já se criou), tudo isso pra tirar o foco do seguinte: se o SP mantiver a pegada, ganha o título. Santos e Peppas eram superiores. Peppas pelo elenco, Santos pela qualidade do jogo que o técnico conseguiu imprimir.
      Os nojentos tem o técnico que ganhou o Bi e a mesma forma de jogar há anos. Ponto a
      favor deles. Mas mesmo assim o time deles é inferior ao nosso. Sem contar que estamos numa ascendente, crescemos na hora certa…
      Joguemos bola, gente.
      Vão tentar nos intimidar, vão fazer o juiz segurar o ímpeto (tenho certeza quase absoluta que o árbitro irá amarelar o Anthony e tirá-lo da final…)… E ainda serão capazes de se fazerem de vítimas por causa de alguma coisa…
      Que a torcida não incomode fora do estádio,
      que lote o Morumbi e incentive o time e infernizar a galinhada durante o jogo. Esse é o nosso papel !!

  8. Uma dica a torcida que vai ao estadio domingo. Não joguem pedra no onibus dos frescos, joguem flores. Recebam as travecas com flores, esse time dos inferno. Estão com medo e a fox safada ainda dando moral pra esses cagão. Quando a torcida deste time matou um inocente ai não ficaram questionando WO. Fox lixo, comentaristas lixo.

  9. Acho confiança fundamental mas sem oba oba ! Não acredito q o curica virá com a mesma retranca q propôs contra o Santos, prova disso é q deve jogar com Jadson e Ramiro . O jadson não marca mas qualifica a armação de jogadas . Outro ponto é a ausência do Pablo , com o 9 de referência jogamos melhor do meio pra frente . A opção do profeta no banco e excelente notícia ! Mas começaria o jogo com o Igor Gomes …. se o time fizer um jogo inteligente temos tudo pra ganhar, mas teremos grandes dificuldades . Como seria bom pato e tchetche nesse jogo ….

  10. Jogo complicado. As galinhas tem um estilo de jogo chato, sabem o que querem no jogo, são obedientes em termos táticos e jogam por uma bola. São Paulo precisa estar precavido, se impor mas tomar o máximo de cuidado cuidado. Nem sempre o que se impõe sai vencedor.

    • Sim Rui e verdade . Eu particularmente detesto essa escola gaúcha retranqueira e sem graça mas temos q admitir a eficiência . Destruir jogadas e mais fácil q construi las, contudo , não vejo o curica tão bem assim defensivamente e pior , ofensivamente deixa muito a desejar ! Precisamos do resultado no Morumbi pois se a galinhada tiver q correr atrás em Itaquera estaremos com a faca e o queijo nas mãos

  11. Acredito que o clube está revoltado, e o título está entalado, alias tanto tempo na fila,não está na altura de um clube tão grande ficar na escacez de titulo.

  12. Ficar na escassez ,não é bem a do tricolor,eu to acreditando que esse título esse caneco vira ,mais um pra galeria nossa.

O São Paulo precisa de nós! Vamos apoiar!