Cuca pode apostar em Everton no São Paulo em clássico decisivo, diz Estadão

A entrada de Everton no lugar de Everton Felipe deve ser a principal mudança que o técnico Cuca vai promover na escalação do São Paulo em relação ao time que vinha sendo dirigido pelo interino Vagner Mancini. Cuca quer explorar a velocidade e a experiência do ex-jogador do Flamengo para criar a principal jogada ofensiva na semifinal do Campeonato Paulista, com o Palmeiras, domingo, no Allianz Parque.

A aposta tática – ainda não confirmada, pois o time vem treinando sem a presença da imprensa – representa uma chance de Everton recuperar a posição de destaque que tinha no ano passado. As lesões prejudicaram sua ascensão.

Em 2018, Everton era um dos pilares do esquema tático do uruguaio Diego Aguirre. Ele foi importante para o time terminar o primeiro turno do Campeonato Brasileiro na liderança. Uma lesão na segunda rodada do returno, diante do Ceará, iniciou sua queda. Ao todo, Everton teve três contusões musculares: dois estiramentos na coxa esquerda, em agosto e outubro, e uma fibrose na coxa esquerda, que aconteceu em setembro. Quando ele voltou, o time já estava fora da briga pelo título.

Neste ano, ele teve nova lesão muscular na partida diante do Corinthians. Foram duas semanas fora. Depois de entrar no decorrer dos últimos jogos, quando o time subiu de produção com um meio-campo formado pelos garotos Luan, Liziero e Igor Gomes, ele deve ter a chance de ser titular novamente, agora em um jogo decisivo. Depois do empate por 0 a 0 no primeiro jogo, nova igualdade (por qualquer placar) leva a decisão para os pênaltis.

O treino aberto que o time realiza neste sábado tem dois objetivos. A diretoria quer “driblar” o regime de torcida única (só palmeirenses podem ir ao clássico e já adquiriram 37 mil ingressos), apostando que uma festa no Morumbi poderá trazer energia para os atletas na disputa no Allianz Parque.

Para a torcida, é uma chance de sonhar com a final. De acordo com comunicado da principal organizada do clube, serão cem bandeiras com mastro, 50 instrumentos musicais, além de sinalizadores e fumaça. “Vamos relembrar os anos 90”, diz trecho do comunicado. A entrada se dará mediante a doação de um quilo de alimento.

Estadão


Anúncios

9 comentários

  1. Cuca é rei dos blefes… Quer apostar que hj foi uma encenação do Pablo? Pablo joga! Não acharam estranho o fato do Pablo ser convocado para o jogo “mesmo estourado” ?

      • Mano, é sério, motivo pra isso eu não vejo, mas que já vi o Cuca dar umas blefadas desse naipe… isso eu vi.

        Se o Pablo não tivesse condições ele poderia muito bem ir e ficar com Pato, Tche Tche, Victor Bueno pra dar o apoio, mas não… se tá na lista, tem condições! Talvez não pra jogar o jogo todo, mas certamente uma parte!

  2. É dose… O tricolor que começou com essa história de treino aberto antes de grandes jogos, A galinhada copiou, e agora posta no twitter que estamos copiando. Oh galinhada sem futuro, só podia ser time de segunda mesmo!!!

  3. Uma lesão na segunda rodada do returno, diante do Ceará, iniciou sua queda. Ao todo, Everton teve três contusões musculares: dois estiramentos na coxa esquerda, em agosto e outubro, e uma fibrose na coxa esquerda, que aconteceu em setembro.

O São Paulo precisa de nós! Vamos apoiar!