Raí diz que SPFC não quer vender jovens da base e destaca evolução do time

Com o destaque positivo de jogadores revelados pelas categorias de base do São Paulo, como Liziero, Antony e Igor Gomes, muitos já começam a especular a possibilidade de o clube negociar os jovens talentos para reforçar o seu caixa. No entanto, o executivo de futebol tricolor, Raí, deixou claro que a intenção não é vender os jogadores neste momento.

“A ideia é não vender. Sabemos como é o mercado, quando os garotos começam a se destacar [surge o interesse de equipes estrangeiras], mas o planejamento é de manter a base”, disse Raí em entrevista à ESPN Brasil, após o congresso técnico da Federação Paulista de futebol, hoje.

Durante o primeiro turno do estadual, o São Paulo teve a pior campanha entre os classificados. Nas quartas de final, o rendimento foi oposto e o time do técnico interino Vagner Mancini saiu como o único com 100% de aproveitamento. Ontem, em Itu, a equipe derrotou o Ituano por 1 a 0. Na semifinal, o Tricolor vai encarar o Palmeiras, sendo o primeiro duelo no sábado, no Morumbi.

“A evolução é nítida. O time estava leve, à vontade. Temos mais opções táticas, o que é importante para a temporada toda. Temos duas semis pela frente, ficamos otimistas pela atuação. Não só pelas vitórias, mas pela maneira como conseguimos os resultados. Mas até pelo começo difícil [de campeonato], o São Paulo não é o favorito”, analisou Raí.

Para dar ainda mais moral para o torcedor nesta reta final de estadual, o clube fechou a contratação de Alexandre Pato, que também estava na mira do Palmeiras. O atacante, porém, não poderá ser inscrito na competição. “Não dá para falar de todos os bastidores, mas obviamente o desejo dele e a identificação com a torcida tiveram um peso importante.

E isso também vai ter um peso na atuação dele nas próximas temporadas”, completou o dirigente, em entrevista para a Fox Sports.

UOL

Anúncios

35 comentários

  1. Seguindo por analogia, todos estão em negociação pra sair e por valores abaixo da multa.
    Não confio nesse tipo de conversa da atual gestão.

  2. Chiiiiiiiiiiiiiii!!!!!! Ja estao vendidos. Quando começam com esse de que o planejamento eh manter os jogadores eh porque a coisa ja esta adiantada…….esse eh o planejamento……e ainda falam em Fundo de Investimento…..o Tricolor precisa de uma LAVA JATO JAAAAAAA……..

  3. As vezes é complicado entender o discurso divulgado e a intenção real.
    É claro que ele vai vir na mídia falando isso, mas eu duvido muito que fiquem….se vcs olharem os empresários de Luan e Helinho (Bertolucci) do Lizeiro (Fernando Garcia) e se não me engano do Antony (Wagner Ribeiro) não dá para ter esperança nenhuma.
    Vai ser comissão pra todo mundo, o Lecão tbm não vai fazer força nenhuma.

  4. Tomara que o Cuca obrigue o Raí a trazer o Tche Tche… É um jogador que joga em duas posições nas quais somos carentes: segundo volante e LD. Além de ser novo, só 26 anos de idade… Para quem pagou 10 milhões no Diego Souza, um investimento de 20 milhões parcelados ñ seria nada. Só por termos um polivalente no elenco já valeria a pena.

    Ainda faltaria um volante: Matheus Jesus, jovem do Oeste, é uma opção; Tony, de 33 anos, jamais.

    Ñ é difícil perceber que esse time só precisa de uns 3 reforços pontuais para se acertar… A questão é: o Raí será capaz de enxergar essas carências e fazer as contratações necessárias?

    Outro ponto: a saída do Nene é fundamental… Chega desse ex-jogador de 38 anos! vai só atrapalhar a ascensão do Igor Gomes e onerar a folha salarial. Tomara que o Fluzinho ñ desista do negócio.

  5. Luan, Liziero e Antony tinham que ficar no clube ao menos até o final de 2020 pra poderem disputar o último mundial FIFA nos moldes atuais. Ganhamos o primeiro e ganharíamos o último, pra encerrar o assunto.

  6. Hoje temos Hernanes que quando joga, joga na posição do Igor Gomes ou na do Liziero. Duvido que Pato e Éverton fiquem no banco. Um deles vai ser deslocado para outra posição e aí até mesmo o Anthony pode perder espaço (não o Pablo). Se chegar mais um nome de peso para o ataque, duvido então que não vendam ao menos um desses meninos ainda neste ano. Aliás, se chegar a tal proposta pelo Anthony é tchau e bença.

    • Anthony ñ perde a vaga para o Everton, só se o rendimento cair muito, cara… Esquece isso, fora de cogitação. Antony é craque, Everton é só um bom jogador esforçado. Pato joga na esquerda, ñ na direita. Enfim, hj o único concorrente do Antony é o Helinho, que ñ vem bem.

      • Pato ganha do Éverton na esquerda ou do Pablo de CA. Mas pode muito bem o técnico deslocar um dos dois para a ponta direita por serem mais experientes. Se chegar um Keno ou Roger Guedes então, aí é certeza da venda do Anthony.

  7. Com o Pato e o Hudson na lateral, só precisamos de um bom segundo volante com chegada no ataque pra completar o elenco. Se o Cuca quer o Calazans, e o Fluminense quiser trocar pelo Nenê e vier com custo baixo, ai poderia ser também. E se o Arboleda sair, um zagueiro pra substituir, não esquecendo de dar chances pro Walce.

  8. Raí fala: “Ah, não dá pra confiar no que ele diz”

    Sai uma especulação qualquer sobre contratação de jogador que não agrada: “Diretoria incompetente, só faz merda”

    Se decidam!

  9. Goleiros: Volpi, Jean e Junior
    Lateral Direita: Hudson – Igor Vinicius – 1 jogador.
    Lateral Esquerda: Reinaldo – Léo Pelé – Wellington (base)
    Zagueiros: Arboleda – Anderson Martins – Bruno Alves – Walce – 1 jogador.
    Volantes: Luan – Willian Farias – Liziero – Hudson – 1 jogador.
    Meias: Hernanes – Igor Gomes – Jonathan Gomez – Helinho
    Pontas: Antony – Rojas – Biro Biro – Pato – Everton – Everton Felipe – Toró
    Atacantes: Pablo – Brenner – Carneiro

    Acredito que a única contratação que de fato seja necessária seja um volante versatil, o Tchê Tchê se encaixa nisso. Ai contratando um lateral direito pra brigar por posição e um zagueiro pra rotação temos um elenco extremamente numero e fechado.

O São Paulo precisa de nós! Vamos apoiar!