Telê X Tite: Há quem compare!

Telê Santana, técnico do São Paulo FC, durante treino no Estádio Cícero Pompeu de Toledo (Morumbi), na Zona Sul da capital paulista.

Amigos tricolores,

Não ria. Mas é verdade!

Acredito que o jornalismo brasileiro há tempos morreu, entretanto o que o Esporte Interativo fez essa semana, foi digno de fechar todas as redações esportivas. Não há mais como acreditar na grande mídia esportiva. Basta ver, programas esportivos que tem em suas bancadas Roger Flores, André Rizek, Flávio Prado, Flávio Gomes, Ronaldo Giovanelli, Vampeta, Cosme Rimolli, “Mano”, Juca Kfouri, Mauro Cezar Pereira, Jorge Nicola, Leandro Quesada, Neto e Márcio Spimpolo. A lista é grande! Todos tem o direito de ter a sua opinião mas quando são tendenciosos fica difícil. Nem escondem mais o quanto torcem contra o nosso São Paulo. Milton Leite narrando e Maurício Noriega comentando nem disfarça mais! Quando o São Paulo ganhava do time “da massa” dos jornalistas, ou quando éramos campeões, acredito que esses deviam chorar debaixo das suas camas. Hoje, nosso time não impões mais medo em ninguém e eles aproveitam para tirar todo o sarro possível. Alguns, são apenas “desprovido de massa encefálica” mesmo.

Comparar Tite ao Telê, é como comparar um Chevrolet com um Rolls-Royce. Tite, não é um técnico ruim, ao meu ver, é hoje o nome certo para a Seleção, mesmo com o fiasco de 2018, mas ele não chega aos pés do grande mestre Telê Santana, que para mim, foi simplesmente o melhor técnico da história do futebol mundial. Telê montou a “Seleção mágica” de 1982, que sejamos sinceros, não ganhou porque aquele não era o dia do time. Eu tive a honra de trabalhar em parceria com o Sócrates, por 2 anos, em uma empresa de publicidade, conversava muito com ele. Já com a ideia de escrever o livro sobre o mestre Telê, o meu assunto preferido, com o “Magrão”, era a Copa de 82, e ele sempre dizia: “se jogássemos mais 3 meses aquela partida, perderíamos, coisas que o futebol não explica” e concordo. Telê levou o Brasil para o holofote do mundo com a Máquina Mortífera chamada São Paulo.

Não se compara

Comparar a importância, como certa vez a FoxSports, fez, do Tite para o Corinthians com a importância do Telê para o SPFC, faz todo o sentido, afinal, o Tite conquistou uma Libertadores e um mundial para o time da Lava Jato. Telê o dobro disso para o São Paulo, e se Palinha não perdesse aquele pênalti… Entende que comparar a importância dos técnicos para os times é relevante, mas comparar a competência dos dois? Isso só poder:

– Fanatismo corintiano da imprensa esportiva

– Não estudar sobre futebol

– Usar muito entorpecente antes de ir trabalhar

– Ser mau caráter

– Todas as alternativas acima

Telê, só no São Paulo, ganhou mais títulos que Tite na sua vida inteira. Telê treinou só time grande, como SPFC, Palmeiras, Flamengo, Grêmio, Galo. No Fluminense, Telê ganhou seu primeiro título no seu primeiro ano como técnico! Já mostrava ali o que seria a sua trajetória, que marcada pela injusta fama de Pé Frio, poderia ser ainda mais vitoriosa, mas coube o destino unir Telê e São Paulo para que o mestre fizesse sua “Monalisa” no São Paulo. E para quem ler esse artigo e não entender a comparação, Monalisa significa fazer a mais pura obra de arte e não tem nenhuma conotação homossexual nisso. Telê montou a melhor seleção da história, Tite levou Taisson, Fagner, Cássio, Rodriguinho, Thiago Silva e Paulinho para a Copa.

Tite treinou

Adenor Leonardo Bachi, conhecido como Tite, treinou times como: Guarany-RS, Caxias, Veranópolis, Ypiranga-RS, Juventude e São Caetano. Depois times maiores como Inter, Galo, Grêmio, Palmeiras e Corinthians. Tal qual Telê, treinou time no mundo árabe como o Al Ain e Al-Wahda. Ganhou campeonato Gaúcho da 2ª divisão, 3 campeonatos Gaúchos da 1ª divisão, 1 Paulista, 2 Brasileiros, 1 Libertadores e 1 Mundial. Tem 14 títulos (entre os citados e outros pequenos) e mais um com a Seleção Brasileira. Tite tem 29 anos de carreira como técnico. Mais uma vez, não desmerecendo como pessoa e muito menos como técnico, uma vez que eu ainda acho ele o mais preparado para liderar a Seleção Brasileira rumo a Copa 2022 (que se depender do Neymar, será mais um vexame). Seu time com mais títulos importantes, o Corinthians. Seu legado para o Corinthians: Fábio Carille. Tite, conhecido como técnico retranqueiro, da escola Gaúcha de futebol, onde 1X0 é goleada. Carille, o mesmo!

E Telê?

Telê Santana da Silva, nunca treinou time pequeno ou da 2ª divisão. Começou no Fluminense, passou pelo Galo, São Paulo, Botafogo, Grêmio, Palmeiras e Flamengo. Treinou o Galo 3 vezes, e por 2 vezes o São Paulo, Palmeiras e Fluminense. Foi técnico da Seleção em 2 Copas. Treinou o Al-Ahli nos Emirados Árabes. Telê tem “apenas” 50 títulos, em 28 anos de vida como técnico. Tite já tem um ano mais que Telê como técnico e menos de 1/3 dos títulos do mestre. Paro por aqui, ou vamos humilhar mais esses pseudojornalistas do Esporte Interativo? Continuemos!!!

Telê tem 1 campeonato mineiro, 1 gaúcho e 2 paulistas. Tem 2 Brasileiros, 2 Libertadores e 2 Mundiais. Segundo o site El Pais, Telê foi eleito o melhor técnico do mundo em 1992 e 1993. E o melhor técnico Sul-Americano em 1992. Em 1982, após a derrota para a Itália, Telê foi aplaudido de pé, por 5 minutos e o técnico Italiano, na sua primeira fala, disse que ainda não tinha entendido como seu time havia ganho do time do melhor técnico do mundo. Capelo e Cruyff reconheceram a superioridade do São Paulo nas finais de 92 e 93, dando o mérito ao mestre. Seu legado para o futebol: Muricy Ramalho. Telê é sinônimo de futebol arte, de toques rápidos em direção ao gol, times que jogam bola e não marcam um gol e se fecham com os 11 dentro da área.

France Football

Entendeu porque Tite é comparado a Telê? Ídolo do Corinthians, pô! Corintiano que morre de inveja do São Paulo (pelo menos já foi assim), pega um jornal de massa e dá-lhe mentiras e comparações absurdas. Bem, há jornalista meia boca que até hoje, mesmo com regulamento e posição oficial da Federação Paulista afirma que o São Paulo caiu em 1990.

Mas, como toda a mentira tem perna curta, saiu, no mesmo dia da comparação infeliz, um estudo colocando Telê como o único brasileiro em uma seleta lista de técnicos memoráveis. A revista France Football fez um ranking com os melhores técnicos do mundo, o nome de Telê foi citado entre os melhores, sendo o ÚNICO técnico brasileiro a aparecer na lista feita com os 50 maiores treinadores da história do futebol:

Rinus Michels (Holanda)

Pep Guardiola (Espanha)

Béla Guttmann (Hungria)

Fábio Capello (Itália)

Marcelo Bielsa (Argentina)

Guus Hiddink (Holanda)

São alguns dos nomes, não estão ordem, apenas citados entre os 50 melhores, mas se houvesse um ranking, sem a menor sombra de dúvida, Telê seria o primeiro colocado. Ele entendeu, como ninguém, a função de um técnico de verdade!

Fim do jornalismo

Não esqueçamos que para a Revista Placar, que até outro dia era a referência em revista de futebol, disse, recentemente que Neymar joga mais do que Zico, Sócrates, Garrincha, Romário, Ronaldo, Ronaldinho Gaúcho, Zizinho, Canhoteiro, Muller, Careca, Djalminha, Alex, Raí, afinal, para essa falida revista, Neymar é o 2º maior jogador da história, só perdendo para Pelé. E O Esporte Interativo, vai quase na onda, pois o Neymar não pode olhar para o lado que vira notícia.

Triste fim do jornalismo esportivo!

*Felipe Morais. Publicitário, apaixonado pelo São Paulo Futebol Clube. Sócio da FM Planejamento, Palestrante sobre marketing digital, comportamento de consumo e inovação. Autor dos livros Planejamento Estratégico Digital (Ed. Saraiva) e Ao Mestre com carinho, o São Paulo FC da era Telê (Ed Inova) – www.livrotele.com.br – facebook.com/plannerfelipe e @plannerfelipe

Anúncios

23 comentários

  1. Deveria ser proibido colocar Telê e Tite numa mesma frase. Chega a ser ridículo, um sacrilégio.
    Tite é ridículo, limitado e fraco (para empresários, Neymar e outros).

  2. Nem perco meu tempo me indignando com isto. Cada um sabe o que quer da vida. Depois não perguntem “Por que o futebol brasileiro anda tão fraco e sem sal?”. Experimentem despir da jactância e tentem colocar um pouco de humildade em reconhecer que os técnicos da atualidade são fracos. Somente idiotas acham que técnicos de hoje são mestres.

  3. Ok, ok …
    Com todo respeito a quem postou e a quem acha que é pertinente tal
    comparação…
    Mas, francamente, nem dá pra comentar!
    Sds a todos!!

  4. Total disparate qualquer comparação entre Telé e Tite. Tite está longe de ser tudo isso que pintam.

    Quanto a Muricy, com todo o respeito que o seu passado vencedor e idolatria merecem, não dá pra comparar em nada mais com o Telê. Muricybol era pragmatismo puro.

    Telê era a pura essência do futebol arte, incomparável com qualquer outro técnico brasileiro.

    • O único técnico brasileiro que se aproximou de ser chamado de sucessor do Telê foi Luxemburgo (em seu início, com mais humildade e maior preocupação com o dentro de campo), mas esse se perdeu no caminho e também não pode ser comparado ao mestre.

  5. Tite ,Felipão ,Abelao,Mano,Carile,Aguirre etc ,todos retranqueiros e motivadores ,agora treinador de futebol aqui no Brasil não temos a décadas ,falar de Telê só pode ser brincadeira .

  6. KKKKKKK q piada, Tite e bom tecnico, mas so joga nesse esqueminha dele!
    So no Sao Paulo o Mestre usou uns 10 esquemas taticos, todos vencedores!
    O time campeao mundial de 92 so tinha o muller de atacante, um sacrilegio p padroes da epoca, no bicampeonato, tava vendo a final da liberta esses dias, goleada de 5×2, quando o time recuperava a bola o dinho recuava e liberava o Valber, q virava volante, meia, atacante, fez alguns golacos ate! Depois o mestre chegou a usar o 352 p usar o Valber como libero/elemento surpresa!
    O Cafu q quando subiu era um volante q errava passes demais, e q o mestre transformou num dos laterais mais vencedores da historia, tvz tb tenha sido o primeiro winger moderno, qdo o vitor, lateral de muita forca, subiu, o Tele adiantou o Cafu, q fazia todo o lado direito, o q esses pontas de hj em dia fazem, Cafu fazia ha mais de 30 anos atras!
    Qdo o Sao Paulo vendeu todo mundo, lembro q contrataram o Euller filho do vento, e o time nao era tao tecnico, o Mestre disse q mudaria a forma de jogar, mais fechado e com muita velocidade no contrataque, e assim eliminamos o super parmera dinheiro sujo da parmalat na semi da liberta de 94!
    E teve muitas outras solucoes e variacoes taticas, muitas leigo q sou nem devo ter notado!
    Tele um genio, Tite com todo respeito q merece, nao chega aos pes do mestre!

  7. A comparação tem sentido, um no topo e o outro na raspa.. Tele fazia um verdadeiro time de futebol já o Tite fazia a panelinha dele.. a semelhança mais próxima é que os dois começa o nome com a letra T. Só que um e TRIcolor.. e o outro é T de Traveco kkk…

  8. Talvez o maior técnico da história do futebol brasileiro seja Zagallo . Agora se o Tite ganhar em 2022 eu já o coloco na mesma prateleira do Tele , Lula

  9. Outro item de comparação, Tite jamais terá seu nome cantado em todas as partidas antes do começo delas, só Telê! Oh saudade! Iria colocar B. Peres e os demais jogadores para ficarem treinando até acertarem algo…

  10. Não desmereço o Tite, acho até que hoje ele é o melhor, ele em uma entrevista disse que hoje em dia se inspira em Telê, a comparação da mídia é tosca, não tem moral algum pra fazer comparações assim, aproveitando a carona da reportagem do Neymar , o jornalista do SporTV e ex colunista da revista Sérgio Xavier defendeu a tese de que o cai cai seria melhor que Romário , Ronaldo , Kaká, Rivaldo, Ronaldinho , Zico e etc, não Tô falando que ele é ruim, mas a cara que o Petkovic fez pra ele de indignação é a cara de quase todos os expectadores que gostam do futebol e não de modismo fez, falando que preferia não ter ouvido uma besteira daquela, em 10 anos de carreira o Ronaldo já tinha ganho duas copas, e chego em 3 finais e já tinha sido melhor do mundo, o Romário em 10 campeão do mundo, melhor do mundo, Rivaldo idem, o Kaká em 6 era melhor do mundo e carregava o Milan para um título da Champions, mas a mídia é doente.

  11. Eles nao sao jornalistas. Sao torcedores. E uma neta do tal de Milton Leite foi aluna da minha mulher. Ela disse com todas as letras que o avo dela nao gosta do Sao Paulo e torce pelo tome de Itaquera. Acho que nem precisava dizer né ? Tá na cara.

O São Paulo precisa de nós! Vamos apoiar!