Negociações suspeitas em cifras milionárias marcam diretoria do São Paulo

A insatisfação de parte do conselho do São Paulo vem movimentando os bastidores do clube. A maior parte da cúpula não apoia o trabalho do diretor de futebol Raí, que tem contratado jogadores de alto valor que não trazem resultado em campo. As parcerias com empresários também são bem discutíveis e suspeitas. Isso sem contar que o presidente Leco manda, desmanda e brinca com os cofres do clube. Para se ter ideia entre bancos daqui do Brasil a instituição São Paulo Futebol Clube deve mais de R$ 65 milhões em empréstimos.

Portanto pra mim fica muito claro: o principal responsável pela crise no São Paulo é sim seu presidente, que é o gestor e mentor de quase tudo o que se faz no Morumbi. De 2017 para cá, entre compra e venda de jogadores, mais de 100 transações foram feitas. Nisso são centenas de milhões de reais despejados sem resultado esportivo algum. Assistam essa matéria abaixo que colocamos no ar durante o programa ‘Os Donos da Bola’ da Band. O que se vê é uma verdadeira farra com o dinheiro do clube. É pagamento de comissões, empresários envolvidos até o pescoço e um time fraco que está bem longe de agradar o torcedor.

Tendo em vista tudo de errado que vem sendo feito dá pra entender a situação caótica em que se encontra o São Paulo, que até meados dos anos 2000 era exemplo de organização e planejamento.

https://craqueneto10.com.br/negociacoes-suspeitas-em-cifras-milionarias-marcam-diretoria-do-sao-paulo/

Neto

Anúncios

26 comentários

  1. Vagabundo, sem vergonha!! São Paulo S/A pra já…..ano passado teve uma empresa chinesa querendo fazer essa parceira para o clube virar empresa e claro que vetaram…….seriamos o maior do mundo de novo com certeza

  2. Netao ……e o seu “coríntia” não tem comissão também?????vai te catar deixa de ser hipócrita isso tem em qualquer clube.A diferença são os resultados.Quando tá indo bem no campo isso e esquecido e olha que não gosto do leco pois ele se cercou de pessoas in competentes.Mas também reconheço que ele tenta acertar mas o cara e zicado….

    • Falou tudo. E só pra complementar o clube vem se saneando desde a limpeza do elenco na saida do Rogério Ceni, mudou postura, passou a valorizar e ganhar dinheiro com a base, por pouco não foi campeão com o Bauza. Esse rolo de comissões é um mal do futebol e tem em todos os clubes. Vejam o caso Arrascaeta esse ano, por exemplo. Claro que o futebol ser um esporte repleto de falcatruas não justifica quem ama o SPFC tolerar as mesmas coisas. Sobre ser empresa vejam a Inglaterra por exemplo, Berezovski e Kia lavam dinheiro até da Coreia do Norte lá. Nao acreditem em Papai Noel ou pensam que saindo o Leco vai ter um grupo que tenha força e honestidade para gerir o clube.

  3. nem acho que a diretoria de futebol mau intencionada … acho que e incompetente mesmo.

    Jucilei, Jean, Bruno Peres e Jardine eu entendo mas Diego Souza, Nene, Edimar, Williams Farias, aquele outro que veio do Sport Recife todo mundo sabia que seria dinheiro jogado fora.

    Todo mundo aqui esta careca de saber que no futebol moderno e necessario ter 2 ou 3 volantes modernos e nao temos nenhum.

    enquanto nao contratar pelo menos dois otimos volantes .. nao vamos a lugar nenhum …

    • Alem dos volantes, precisa também de 2 laterais titulares, que marquem bem e, prelo menos umas 3 vezes por partida, criem boas jogadas no ataque.

  4. É por essas e outras que respeito cada vez mais o profissional Muricy Ramalho que certa vez mesmo tendo interesse no jogador Cleiton Xavier não avalizou a contratação porque ele tinha como empresário Márcio Rivelino que também empresariava o treinador à época, não permitindo desta forma suspeição sobre seu trabalho evitando assim conflito de interesses.

  5. Não entendo pq? Pagar comissões, se já paga o passe, 15 por cento do jogador, aí fode, não sobra nada, tem que acabar esse negócio de comissão o valor e x e pronto, trabalho virado giraya e não ganho comissão nenhuma, e uma picaretagem atrás da outra. Ex: pago 8 milhoes no jogador, mias 3 milhões de comissão para empresario ou empresas e vocês me retornaram a metade da comissão, rapaz o presidente tem dinheiro até na cueca.

  6. Zanquetta, o Roberto Natel deu um longa entrevista no BandSportNews agora a pouco, se colocando como grande oposicionista ao Leco.

    Poderia ser repercutido o assunto abordado.

    • Não é a primeira vez que ele tem este posicionamento.

      Aproxima-se, afasta-se …, aproxima-se e afasta-se …, sempre próximo ao poder.

    • Não pude ver a entrevista do Natel na band. Apesar que ele é farinha do mesmo saco, acho que não vamos encontrar nenhum ché Guevara ou Bolsonaro lá naquele conselho. Então, pelo menos está oposição como o Rogê David, dois aliados do Leco. A presença do Leco é nefasta e deve ser afastado de qualquer jeito pelo bem do clube. Como falaram outro dia: “inimigo de inimigo é amigo transitorio”.

      • Então, Carlos, nossa indignação mais que manifestada, precisa se dar de forma organizada e eficiente, e a exposição e provocação de todos os conselheiros e dos conselhos, em especial, podem surtir algum efeito e contribuir, minimamente que seja, em prol da salvação do nosso clube.

    • Pois é Paulo, o momento vivido pelo SP impõe que alguem se preste a, minimamente, tentar fazer alguma coisa.

      O Roberto Natel, deixa claro na própria entrevista, que teria apoiado o Leco, e que agora arrependido, estaria tentando tirar o corpo fora.

      De qualquer forma, essa postura dele abre uma brecha para que surja, ou ao menos se tente fazer com que ocorra um movimento de provocação geral dos conselheiros, e dos conselhos, em especial, forçando-os, a sair de suas zonas de conforto.

      Minimamente, haveríamos de tentar forçar os nossos adormecidos e irresponsáveis conselheiros, a se sentir incomodados.

      A entrevista, dessa forma, poderia ser usada para expor o gravíssimo problema vivido, e em especial, expor, nominalmente, cada um dos conselheiros, e formalmente, os componentes de cada um dos conselhos do SP.

      A entrevista promovida pela BandSportNews, se apresenta como um vetor desse movimento de insurgência.

      A manifestação do Neto, idem.

      As próprias postagens aqui do blog, também.

      Mas careceremos de um movimento mais encorpado, mais estruturado e organizado, mais incisivo e eficaz, enfim.

      Nessa linha, os blogs em geral, e esse em especial, poderia liderar um movimento mais robustecido, mais e melhor organizado.

      Uma carta aberta, postada permanentemente aqui no blog, direcionada para cada um dos membros de todos os conselhos.

      Ofícios, documentos, expedidos e eletronicamente postados.

      Usar o vice presidente e todos os demais conselheiros que estejam alinhados com essa movimentação de insurgência.

      A força está exatamente na possibilidade e capacidade de exposição e provocação dos conselheiros e dos conselhos, em especial.

      • Apesar de Natel ser o “primeiro” ou número 01 na “ordem de sucessão” ao #OutLeco, não o considero alternativa melhor deste “entronizado” no cargo.

        • Também não, apenas penso que a aparição dele através da entrevista, se apresenta como oportunidade de se usar a ocasião, explorando-a, para atingir os conselheiros e conselhos.

        • O Blog, o Zanquetta, enfim, tem alcance e influência, conhecimento e relacionamentos internos com conselheiros e pessoas de dentro da estrutura do clube, que poderiam também se valer desse momento pra engrossar as fileiras da insatisfação e indignação, da nossa imensa torcida.

  7. Precisamos transformar o futebol profissional e o de base em uma empresa. Essa é a hora.

    Mas esse Neto ai e um vigarista. Pouco importa o que ele diz ou acha.

    Dá vergonha de saber que esse fulano já vestiu a nossa camisa.

  8. Infelizmente não tem jeito, sai um e entra outro igual ou pior. Só nos resta torcer para que esses vagabundos não durem muito na terra…

O São Paulo precisa de nós! Vamos apoiar!