“Garoto Mimado”, “Problema total do São Paulo” diz VPresidente do São Paulo sobre Leco; veja entrevista em que Natel detona

https://tv.uol/17ky1

A crise do São Paulo chegou definitivamente à diretoria. No início da tarde de hoje, o vice-presidente Roberto Natel concedeu entrevista ao canal BandSports e, pela primeira vez desde que rompeu com a gestão internamente, fez fortes críticas à administração do clube. O alvo principal do protesto de Natel é o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva. Para o cartola, “o problema total é o Leco”.

“Ele determina, faz e contrata. O Maicosuel foi um exemplo. Eu cheguei e disse ara não contratar. Ele disse que iria contratar porque gostava. Eu disse: ‘presidente, olha na internet, ele não joga desde 2014, entra na internet’. Contratou e depois jogaram a culpa nos médicos. Foram eles os culpados? Porque não foram punidos, então isso mostra que o culpado é o Leco”, disparou.

Natel falou bastante sobre a necessidade de rejuvenescer o São Paulo nos bastidores e sobre o excesso de conselheiros que acabaram se tornando dirigentes remunerados na gestão atual. Além disso, acusou Leco de interferir demais no futebol e de deixá-lo isolado na diretoria. O vice chegou a ameaçar deixar o cargo pelo menos duas vezes nos últimos anos, mas diz que não saiu em respeito a quem o elegeu e para tentar combater o atual presidente.

“Desde o primeiro dia eu venho desagradando o Leco, tanto que ele tirou minha sala. Isso não quer dizer que eu vou ficar quieto. A batalha é grande porque eu tenho minoria. Sei que, hoje, o grande torcedor está do meu lado, não do Roberto Natel, mas da mudança. Vou fazer de tudo para mudar a forma de pensar, de conduzir. Não fujo da responsabilidade e tenho certeza que o Leco não terá paz comigo se continuar administrando como amador. Ele tem que botar na cabeça que é presidente e tem que se comportar assim, e não como garoto mimado”, atacou.

Confira os principais trechos da entrevista:

Possibilidade de impeachment

Não há possibilidade, porque tem que ter 75% do conselho presente votando a favor e não tem isso no São Paulo. Não tem essa possibilidade. O importante é fazer com que ele ouça a nação, e não fazer as coisas da cabeça dele, como tem feito. Em vez do profissionalismo, ele resolveu colocar conselheiros remunerados. Tudo o que foi colocado (pelo novo estatuto), ele não vem fazendo. Eu sou vice, que substitui na hora que ele necessitar. Mas ele jamais me chamou para uma reunião de diretoria, para representar o São Paulo em nenhum evento da CBF, da FPF. Ele foi a um evento no Rio de Janeiro e na hora da votação (sobre o uso do VAR) ele foi embora. Se ele não podia ficar, porque não me enviou?

Isolamento como vice-presidente

No primeiro momento eu quis disputar com ele na situação, mas minha candidatura não deslanchou. Naquele momento, me vi na responsabilidade de apoiar. Ele me disse como seria, apoiei, só que no primeiro dia ele já não cumpriu. Eu tinha um acordo com ele. Depois de uma semana, ele disse que não podia cumprir. Hoje, nós nos cumprimentamos e só. Desde o segundo mês (de gestão) eu venho combatendo internamente. Torcedor, peço desculpas por ter elegido ele. Me arrependo porque ele não escuta os parceiros e o São Paulo fica na situação que está hoje. Mas apesar de tudo, o presidente tem seus cargos remunerados (na diretoria), assessores (da presidência). Então, ele tem, no mínimo, 80, 90% dos conselheiros.

Rogério Ceni

O Ceni foi usado para a eleição, colocou ele (Leco) lá. Chegou em um determinado momento e ele disse que não tinha dinheiro. Saiu vendendo jogadores, mandou o Rogério embora, contratou um técnico (Dorival Júnior) e trouxe o Hernanes. Por que não deu a oportunidade para o Rogério? Ele passa a responsabilidade para os outros. Quem precisava mais: O Rogério do São Paulo ou o São Paulo do Rogério? O Rogério não se preparou. Se fosse para a base era uma coisa. Houve uma vontade de fechar todo o buraco e jogar em cima do Rogério.

Raí e Cuca

O Raí é nosso ídolo. E hoje a torcida quer ele fora. No Pacaembu as pessoas estão xingando. No primeiro momento, que colocou o Raí, eu achei bom, agora o São Paulo vai deslanchar. É uma pessoa de caráter, nível, responsabilidade e competente. Nesse momento, ele precisa melhorar um pouco no comando. É uma crítica construtiva. Acredito muito no Cuca. Acho inteligente, que sabe montar equipe. Só espero que ele tenha oportunidade que ele fazer o que quer. Ele tem pedido jogadores, mas o São Paulo tem dinheiro? Acredito que o Cuca possa fazer diferença desde que o Leco não intervenha, desde que o Leco deixe o Raí trabalhar. Já mudamos técnico, jogadores. O que não mudou ainda? A diretoria.

Por que seguiu na gestão?

Não saio porque seria fácil para o Leco. Eu fui eleito. Devo meu mandato às pessoas que me elegeram. Não vou abandonar o barco, vou combater para o São Paulo voltar ao caminho. Internamente tenho combatido. Venho a público hoje porque é insustentável. Começaram a me xingar achando que estou junto e desde o primeiro momento estou afastado. Eu só ia no CT sendo convocado para ir. Ali é lugar do jogador. A partir do momento que você vai lá constantemente, você muda o foco do que é CT. E se eu não tenho bom relacionamento com o presidente, e ele fica o tempo todo lá, não fica legal eu ir.

Conselho envelhecido e controlado?

Nada contra os atuais diretores. Mas o Leco colocou conselheiros. Remunerados. Minha grande batalha foi nesse sentido. No primeiro momento, o Leco indicou só dois conselheiros como diretores. Até aquele momento, eu achei normal. Mas quando ele colocou mais, vi que não era o objetivo. Para ele ter a maioria, colocou conselheiros (na diretoria executiva, que deveria priorizar profissionais do mercado). No conselho, temos 240 conselheiros, 180 vitalícios. Boa parte com mais de 60 anos de idade. Será que os jovens não têm oportunidade? Falam muito que “esse não está preparado”. Mas isso é mentira. Você só é preparado quando está lá dentro.

UOL

Anúncios

30 comentários

  1. safado…….descobriu q o leco era tudo isso agora? de oposicao virou situacao pq viu q nao ia ganhar e preferiu, por poder, virar vice do mimado…vira homem e para de usar sobrenome…vc eh uma VERGONHA pro seu sobrenome…..vendido….vc nao siginifca renovacao….vc eh mais do mesmo c cara mais nova…fora natel..nessas horas a gente comeca a perceber quem sao os ratos

  2. Nosso túnel está tão sem luz que este é o tipo de oposição que temos, esse senhor oportunista aí que vai para onde o vento sopra, preocupado com seus próprios interesses e com seus postos de gasolina. O mesmo vale para o sr. Júlio Casares que também vai para onde o vento sopra e morre de preocupação só com seu ego e interesses próprios, não temos NINGUÉM que preste com força política para liderar uma oposição. Não tenho esperança nenhuma de uma mudança a curto ou médio prazo.

    • Nosso uniforme 1 é simples de trablhar, basta fazer o básico, pois a marca em evidência sempre tem que ser o clube, depois os patrocinadores.

  3. Essa matéria, entre outras coisas, mostra que talvez o Raí não tenha tanta autonomia quanto se pensava. O que torna muito injustas as pesadas críticas. Realmente tem muita coisa errada no São Paulo e a maior parte é de ordem administrativa. Problema difícil de resolver pois nomes como Roberto Natel ou Newton do Chapéu estão longe de representar solução e a estrutura política do clube não possue nomes mais qualificados dos que estão.

    • Levantei essa lebre recentemente e pensei a mesma coisa ao ler entrevista. Embora eu creia que o Raí acaba dando aval, talvez na esperança de ter alguma influência política futura. Natel também falou outra coisa que venho pontuando. Leco não vai renunciar e não tem a menor possibilidade dele sofrer impeachment. A nao não que se tenha algo mt substancial que não é o caso até aqui. Estão todos de olho nas próximas eleições, até la… Bom rezem pro Cuca dar certo.

      • Sem dúvidas, o Leco não irá renunciar e os conselheiros jamais irão mudar a estrutura política do clube , ninguém irá votar para acabar com os próprios privilégios. Infelizmente é dentro dessa estrutura que teremos que nós reerguer, toda nossa história foi construída dentro dessa estrutura e infelizmente terá que ser assim que seguiremos.

        Penso que temos que melhorar as ferramentas de controle, de fiscalização , e apoiar nomes como o Raí no comando do futebol.

        Fora isso só se a mudança vir de forma externa, em forma de lei federal, obrigando os clubes a se tornar empresa.

  4. Leco o garoto…

    Nossa caras… nem sei mais o que dizer…

    Em tempo… esse Natel é um oportunista…

    Malditos sumam do SPFC!!!!!!!

  5. Eu que não tenho convívio dentro do clube sei como o Leco é mau caráter desde 2009 e as pessoas que tem o dia a dia lá descobriram só agora? Soa como oportunismo.

  6. Fácil falar né Natel?

    E explicar o aumento de 1000% dos gastos do spfc nos seus postos de gasolina, vai quando?

    Uma vergonha um ser desse carregar o sobrenome Natel

  7. Esqueceu de esclarecer qual era o acordo que o Leco tinha como ele que acabou não sendo cumprido.

    Será que o Leco trocou de posto de combustível?

  8. Natel……..Vale tanto quanto o Leco. Já viu que o barco afundou, começa a desvincular a imagem e almejar apoio pra final de 2020. Mais manjado do que as cortinas de fumaça da diretoria.

  9. Esse é outro que não vale nada, sempre esteve do lado do Leco e do Juvenal, agora que a eleição está chegando e o bicho está pegando para os partidários da situação, com a nossa péssima fase, o cara “descobre” como é o Dr. Carlos Augusto…
    Me engana que eu gosto!!!

  10. O Raí me deixa com a pulga atrás da orelha. Se não tem autonomia o que faz ali? Talvez sua influência seja limitada mas alguma influência deve ter. No mínimo é conivente, esperando talvez aumentar sua influência? Sei lá. Esperava uma mudança junto com a saída do Jardine mas como continuou acredito que não resta muito a não ser torcer pra certo. Sua saída agora não ia ajudar e nem mudaria nada, talvez até piorasse com alguma indicação interna bizarra.

O São Paulo precisa de nós! Vamos apoiar!