“Gestão do São Paulo é errante, obscura e nega o básico em termos de transparência” veja matéria do colunista do Globo Esporte. E aí, Leco, Gaspar etc? Remunerados e com esse desempenho esdrúxulo? Lamentável!

O reflexo da gestão do São Paulo é o mar de lama que vemos ultimamente. Um clube mal gerido e mal administrado com péssimos resultados mas vai além do futebol.

A parte administrativa, organizacional e institucionalmente está pior. Veja matéria de Rodrigo Capelo:

“Não é sempre que o presidente personifica, com tamanha força, a crise de um clube de futebol. Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, chegou lá. O São Paulo foi derrotado em mais um clássico, desta vez contra o Palmeiras, foi eliminado precocemente da Libertadores e não disputa títulos relevantes há muitos anos. A torcida o xinga das arquibancadas e pede a sua saída do cargo, assim como faz com o diretor de futebol Raí. É compreensível que reaja dessa maneira, mas não é suficiente. Não adianta fulanizar. O São Paulo não tem sido constantemente derrotado só porque joga mau futebol, e sim porque parou no tempo em relação à administração. A crise é estrutural.

Contraditório em relação ao seu próprio retrospecto, o São Paulo é um dos clubes mais obscuros de toda a primeira divisão. A diretoria cumpre a obrigação legal de publicar o balanço financeiro até 30 de abril do ano seguinte, e só. Ninguém sabe a quantas andam as finanças tricolores.

É padrão, entre empresas de grande porte, que demonstrações financeiras trimestrais sejam divulgadas ao mercado. É também comum, entre os grandes do futebol, que orçamentos referentes às temporadas em andamento sejam divulgados. O São Paulo não o faz nem por iniciativa própria, nem reativamente, em resposta a jornalistas.

Transparência deveria ser prioridade. Porque faz bem à reputação diante do mercado financeiro e do publicitário, ambos importantes para a administração, e principalmente porque é correto com a torcida. A diretoria são-paulina apela ao seu torcedor para que ele seja sócio torcedor, espera dele contribuição para que haja boas rendas com bilheterias, mas nega a esse mesmo torcedor informações básicas.

Também em contradição com seu histórico de vanguarda administrativa, o São Paulo hoje evita enveredar pela profissionalização por meio da abertura de uma empresa para o futebol. Não por desconhecimento. Presidente e conselheiros têm em suas gavetas, pronto, um estudo feito pela Deloitte a apontar os caminhos para fundar o São Paulo S/A. Faz quase um ano que o trabalho foi finalizado. E ele continua engavetado.

A operação funcionaria da seguinte maneira. O futebol profissional, atualmente administrado pelas mesmas pessoas que estão preocupadas com piscinas para associados e esportes amadores, teria seus ativos transferidos para uma sociedade anônima. Receitas e despesas, bens e dívidas. Em vez de estar sob o comando de uma associação sem fins lucrativos, teria formato e envergadura de empresa de grande porte.

Talvez o torcedor não saiba que, dentro das gavetas tricolores, há opções para a gestão errante, obscura e atrasada que está em vigor

Hoje superado na grana por adversários como Flamengo e Palmeiras, o São Paulo S/A pegaria dinheiro emprestado com taxas de juros mais baixas, porque teria mais credibilidade perante o mercado financeiro. Isso para ficar no básico. Sem considerar, a priori, as possibilidades de captar centenas de milhões com abertura de ações em bolsa, venda de participações para outras empresas, coisas que se faz no mundo todo. Na Europa, nos Estados Unidos, na América do Sul. Até o torcedor poderia comprar ações e se tornar dono de fato do clube.

O São Paulo S/A teria diretoria constituída apenas por profissionais, com CEO e diretores financeiro, jurídico, de marketing e de futebol abaixo dele. Todos remunerados, vindos do mercado e cobrados conforme planejamento e metas. A associação sem fins lucrativos São Paulo continuaria a ser dona do clube de futebol, pois da empresa seria acionista majoritária, mas seus conselheiros não participariam do cotidiano. Blindagem contra politicagem e paz para trabalhar.

Ah, e planejamento. Não para o exercício em andamento, nem apenas para o ano seguinte. Planejamento detalhado em todas as áreas da empresa pelos próximos dez anos. Isso de gastar todo o dinheiro para atender ao técnico atual, e depois demitir esse técnico por pressão política e externa, tendo que correr atrás de mais dinheiro para satisfazer o sucessor, viraria anedota para rir de um passado inglório.

Sabe qual é o contraponto dessa história de sociedade anônima? Sem a isenção própria da associação sem fins lucrativos, o São Paulo S/A pagaria mais impostos. Sabe quanto, de acordo com o estudo formulado pela Deloitte? Na pior das hipóteses, o São Paulo trocaria o lucro de R$ 800 mil que obteve em 2016 por um prejuízo de R$ 7 milhões. Isso para um clube que faturou quase R$ 400 milhões. Pouco diante dos benefícios que a estrutura societária traria. E sem considerar nenhum ganho adicional com patrocínios ou outras receitas. Apenas custos.

Nada disso é novidade para Leco, Raí ou conselheiros que tiveram acesso ao estudo feito pela Deloitte a pedido do próprio São Paulo. Mas talvez seja para a torcida. Talvez o torcedor não saiba que, dentro das gavetas dos atuais dirigentes, há opções para a administração errante, obscura e atrasada que está em vigor. Talvez o são-paulino não saiba que a transparência negada a ele é dada a adversários. Fica a sugestão de que, em vez de fulanizar, pautas construtivas entrem no lugar.

O mandato de Leco logo, logo acaba. E as velhas práticas?”

https://globoesporte.globo.com/blogs/blog-do-rodrigo-capelo/post/2019/03/18/a-errante-e-obscura-gestao-de-leco-precisa-desengavetar-reformas-para-salvar-o-sao-paulo.ghtml

Anúncios

55 comentários

  1. Gosto do blog e acompanho a pelo menos 08 anos. Agora postar aquela estoria absurda do Militao é demais.
    Estoria sem pe nem cabeça, até porque o maior prejudicado seria o Madrid.

      • Defensor não, apenas não sou imbecil em acreditar em tudo que postam na internet. O tal do Paulinho já foi preso por acusar sem provas, você sabia ?
        O blog está certo em fiscalizar o clube, mas dar crédito para qualquer estória ?

        • Essa notícia postada pelo Paulinho tem tanto crédito quanto as notícias postadas pelo UOL, FoxSports ou qualquer blogueiro ou twitter falando sobre contratações ou interesses. Isso rola direto aqui e ninguém nunca questiona a postagem pq é “notícia” e não “estória”. Todos tem “fontes” que não divulgam. A diferença agora é que o assunto é sério mas o problema é do Paulinho.

          Um meio de verificar a veracidade de uma “estória” é conversando com as partes envolvidas. Você acredita em qualquer coisa vinda do Leco ou de alguém da diretoria de futebol ou financeira sobre essa negociação? Eu não. Então fica aí, pra quem quiser acreditar.

    • E quem te garante, Tricolor, que leco e o presidente do madrid não estão em conluio roubando seus clubes? No mundo do futebol tudo, absolutamente tudo ,é possível

    • Sem querer ser o Pasquale, gostaria de lhe fazer uma correção:
      Desde 43 que a ABL não diferencia mais a palavra estória da palavra história. Não precisa se utilizar de arcaísmo para se referir a uma história que acredita ser fictícia.

  2. vergonha. o que podemos fazer? nos unir todos e ir na frente do estádio pedir renuncia? Cadê as infos de quem são os conselheiros? Vamos fazer pressão nesses caras

    já deu

  3. Quando eu ouvia que o São Paulo era orgulhoso eu não imaginava de onde era o Orgulho, hoje esta claro, ver tudo e todos se afastar, ser um time odiado, torcedor sofrendo e sendo chacota percebo que era o que esses velhos maquiavélicos sempre quis. Hoje ,torcedor mídia e todos estão distante do clube não sabem o que acontece no apagar das luzes, tudo que eles queriam.
    Mais não tem mal que dure para sempre.

  4. Meu Deus do céu. O que eu como torcedor posso fazer de imediato? Sinto-me um inutii nesse sentido. As pessoas que podem realmente tirar o São Paulo dessa crise sem fim, não ajudam. O Raí se sujeitar a uma situação dessas é vergonhoso.

  5. Com relação ao Pato: Ele não vem. Se eu fosse ele não viria. Como torcedor, a essa altura, já nem me importo. Se estivessemos com o time arrumado e ficado na Libertadores seria um grande reforço. Mas nesse time aí não ia mudar muita coisa, a bola não chega. Temos zagueiros bons e atacantes também (menos o Carneiro neh). Precisamos de meio campistas!

  6. Excelente matéria….
    Eu tenho escrito aqui no blog, que o problema maior não é o Leco estar no poder, mas sim esse conselho que junto com o presidente se amoldam segundos os seus interesses .

    Este blog é mais um canal e devemos encorajar bons conselheiros que tem lido o blog a sim bater de frente com estes que estão no poder hj mas nunca representarão o SPFC.
    A divisão do futebol com social é sim uma solução a médio prazo, vc tira os poderes desse conselho, desse políticos, das benesses e do te defendo se ganhar…
    Novamente reforço aqueles que mostraram os ultimos relatórios e estão desmascarando o que eles querem jogar debaixo do tapete.
    A verdade torcida estão com vcs conselheiros, que apareçam em vez de 10, 50….pressionem para a renuncia desse que nunca deveria estar como presidente e tenho minhas dúvidas se realmente torcemos para o mesmo clube.

  7. Como torcedor , a gente só pode partir pra base da ameaça …. tirar a paz de todos esses conselheiros.

    Acabaram com o clube ? Não querem democratização? Não vai largar o osso ? Então sofram as consequências!

    Ou esperar uma ação do Ministério Público, tal qual aconteceu no Inter.

  8. Rai sumiu? Cade o Lugano? Leco realmente está se superando conseguindo uma proeza. esse elenco é limitado e Mancini esta fazendo oq pode, Jardine seria humilhado contra o Palmeiras.
    Agora um elenco com os laterais que temos fica difícil mesmo, e quem contratou o Gonzalo Carneiro jogador de Serie C? como foram tão burros em liberar o DS espera terminar o paulistão pelo menos.
    espero que venha o Roger Guedes e mais 2 nomes (Tche Tche e Keno)

  9. Antes de mais nada eu quero dizer que tenho profunda admiração por vocês que estão aqui nesse momento tenebroso.

    Agora todos os torcedores que gostam de torcer na boa já abandonaram o tricolor.

    Não podemos contar com a diretoria, e aparentemente nem com o Conselho.

    Esse é o momento de mostrarmos que o que restou do SPFC somos nós e vamos recuperar o restante.

  10. E a oposição na faz nada , pelos últimos acontecimentos ja deu para perceber que Leco vem lesando o clube , contrata jogadores caros sem necessidade só pelas comissões , esse cara vai falir o clube

  11. Será que nesse Conselho existem pelo menos meia dúzias de pessoas sérias, bem intencionadas e que realmente amam o São Paulo de verdade?

  12. As vezes eu fico pensando que ninguém faz nada no clube pq sabe que não tem força pra mudar o sistema, então é melhor remar conforme a maré. E sem dúvidas devem pensar: “Ué, me queimar pra tirar o Leco pra depois entrar o Natel? Não vale a pena. Pelo menos eu e minha familias vamos ao clube sem sermos perseguidos.”

  13. Desanimador… O Leco e Patota Macabra Feliz, como diz nosso amigo Paulo Scala estão acabando com São Paulo!! Só não sei se uma S/A seja a salvação dessa lavoura… seus moldes precisam ser mto bem apresentados… Pq se transformar numa S/A cuja administração seja feita pelo Conselho ou eles tenham poder/acesso ao poder da nova S/A é trocar o péssimo pelo pior… Tudo depende da forma como isso será feito…

  14. Que estamos descendo a ladeira sem freio todo mundo sabe.
    A dúvida é onde vamos parar e se vamos ter forças para reagir e retomar o caminho.
    A situação pode e deve piorar muito. Temo muito pelo que pode acontecer.

  15. Gostaria muito que o Luiz Cunha voltasse a ser o diretor de futebol…

    E fora Pássaro!

    Será que Raí tem carta branca mesmo ou será que estão fazendo com ele, o que fizeram com Luiz Cunha?

    Blog poderia analisar isso.

    Porque com Leco e Passaro, o diretor de futebol é fantoche

    • Eu também apoiaria o Luiz Cunha para Diretor de Futebol. Foi o melhor que tivemos nos últimos anos. Aliás, foi praticamente o único que prestou!!!
      Ele mandou todo mundo passear com aquela palhaçada em 16. Fez bem!!
      Ele deu todas as amostras de ser correto e se indignar com a cara de pau daquela turma, sobretudo do Leco!!

  16. https://sportv.globo.com/site/programas/redacao-sportv/noticia/apos-nova-derrota-em-classico-barreto-diz-na-ultima-decada-o-sao-paulo-e-a-quarta-forca.ghtml

    Após nova derrota em clássico, Barreto diz: ”Na última década, o São Paulo é a quarta força”

    Ele foi generoso, quarta força é elogio, para mim ainda é menos que isso. Infelizmente o São Paulo da última década na minha opinião deixou de ser um clube de futebol e se transformou em uma máquina de corrupção. O SPFC que conheci não existe mais graças a essa gente enraizada no poder há décadas. O nosso clube hoje é insignificante, só não acaba de vez por que tem uma torcida imensa que o ama de verdade, mas o risco é grande, pois pouco podemos fazer.

  17. Pessoal fica bravo quando jornalista fala mau do São Paulo, qndo ex jogador fala mau, qndo qualquer um fala mau! Ah porque esse ou aquele não tem credibilidade e tal, até Concordo que muita coisa é mentira e inventada, mas o pior é que muita gente usa disso para achar que tudo do São Paulo de ruim é invenção! Na verdade o pior nós nem sabemos pq esse sim não sai da panelinha, agora oq todos sabemos é que o futebol está vergonhoso, que o planejamento foi um dos piores da história, que hoje somos zoados e qualquer time já perdeu o medo de jogar contra esse time, que a diretoria é inexiste! Resumindo o clube hoje está em retalhos e enquanto a torcida não ver isso acima do amor que tem do clube e não se juntar para de Alguma forma acabar com isso, continuará tudo como está e cada vez pior!

    Já disse e vou repetir, nunca senti tanto medo da série B como nesse ano! O clube caminha a passos largos para tal! E não adianta dizer que somos gigantes para cair, isso é soberba, times gigantes no Brasil e no mundo já caíram por se acharem superiores e não inchergar seus defeitos!

    • Pra evitar justamente a queda pra serie B, não faço questão nenhuma de classificação pra proxima fase do paulista. Prefiro que o Cuca já assuma, faça a limpa que precisa, que chegue novos reforços e estejamos preparados pra não passar sufoco no brasileiro.

      • Como já disse em outro post, discordo deste pensamento, se fosse assim, teríamos conseguido o título brasileiro no ano passado, pois no 2º turno, só tivemos o Brasileiro enquanto os rivais diretos jogavam até 3 competições ao mesmo tempo, e o resultado vimos como foi…
        Time grande não tem essa de fazer pré-temporada em momentos finais de campeonatos, daqui a 3 meses vai ter torcedor reclamando que o time não joga nada mesmo ficando 40 dias sem jogar, querem apostar?
        E o trabalho do Mancini tb é péssimo, com algum técnico de verdade, mesmo com este elenco atual dá para fazer um trabalho melhor do que esse, com certeza!!!

      • Já estou com o mesmo sentimento. Que se exploda o Paulista. Que o Cuca antecipe sua chegada e inicie o trabalho de limpa.E organize esse time para o Brasileiro.

        No atual estágio, vejo o time lutar por vaga na sul-americana. Se obtiver uns 3 reforços, podemos sonhar com uma boa campanha na Copa do Brasil, inclusive. Que se use esses 40 dias como intertemporada, recuperando jogadores contundidos e treinando no esquema a ser usado pelo restante do ano.

        É o que tem pra fazer!!

  18. Sou contra qualquer mudança nesse sentido e explico:

    1) A rentabilidade financeira e desportiva do clube está atrelada à gestão (digamos assim, operacional e de futebol). Se profissionais incompetente forem postos nos cargos de direção não vai importar qual o modelo societário.

    2) saímos da gestão “amadora” (não remunerada) para a profissional (remunerada). O que mudou? Em termos de gestão, nada. Em termos de custo, aumentaram as despesas e os diretores agora ganham muito bem.

    3) agora, querem criar uma entidade com fins lucrativos, cujo diferencial será apenas a possibilidade de distribuir lucros e dividendos entre os investidores e acionistas etc. Ou seja, mais uma forma de sangrar as finanças do clube.

    4) captação de recursos no mercado conseguimos independe do modelo societário, taxas mais baixas depende do momento e da adimplência do clube (além de outros fatores).

    5) transparência, controle e prestação de contas já faz parte das obrigações do clube, seja por lei, seja pelo estatuto. Se não está sendo praticado, que se denuncie e tome as medidas cabível. Se nada é feito, ou é por estar sendo cumprida a determinação legalle estatutária, ou é por haver negligência bilateral (da gestão, em fazer. Da oposição, em fiscalizar e agir).

    6) qualquer das práticas de boa gestão que possam ser apresentadas podem muito bem ser adotadas no modelo atual ou em outro. Portanto, não é questão de modelo mas de forma de gestão (desde o processo de eleição até a administração do futebol).

    • E ele foi bonzinho…porque na última década, São Caetano, Ituano, Ponte Preta, Guarani e alguns outros já chegaram em finais do paulista…. o São Paulo na última década não chegou em nenhuma final… já nem quarta força seria mais se levasse em consideração desempenho….

  19. Esse é o único modelo que vejo como “pronto para o futuro” e ainda defendo que a nova empresa se emancipasse do social e focasse unicamente no futebol (sem basquete, futsal, atletismo ou qualquer outra modalidade). O futebol se tornou muito competitivo, deixar o clube na mão de amadores é suicídio.

  20. Há algo de muito estranho pelos lados do Morumbi, pois o mínimo que essa atual diretoria deveria fazer é vir a público com os números e apresentar à sociedade a verdade nua e crua da situação do clube, pois muitas vezes são cobradas contratações que num futuro próximo trará mais prejuízos a instituição.
    Só a título de comentário poderiam pensar numa redução de custos diminuindo significativamente cargos remunerados cujos resultados são pífios.

  21. A verdade é uma só. Se não der continuidade ao projeto de separação de clube e futebol, o São Paulo vai afundar. Sério, não tem segredo, é fácil de ver isso.

O São Paulo precisa de nós! Vamos apoiar!