Hernanes diz que motivação do elenco será peça fundamental para o São Paulo

Henanes, jogador do São Paulo, durante partida Eintracht Frankfurt X São Paulo , válida pela primeira rodada da Florida Cup 2019. Foto: Léo Barrilari/GazetaPress, jogador do São Paulo, durante partida Eintracht Frankfurt X São Paulo , válida pela primeira rodada da Florida Cup 2019. Foto: Léo Barrilari/GazetaPress

O ‘Profeta’ falou da sua relação de idolatria com o clube e disse ainda sonhar com Seleção Brasileira

O São Paulo fez grandes contratações para a temporada 2019, mas o nome que o torcedor mais gostou de ouvir foi o de Hernanes, que voltou da China para a sua terceira passagem pelo Tricolor.

Bicampeão brasileiro (2007 e 2008) pelo clube, o meio-campista de 33 anos virou ídolo no momento daquelas conquistas, mas em sua opinião o peso de sua imagem como ícone tricolor chegou a outro nível em sua última passagem pelo Morumbi, quando ajudou o clube a fugir do rebaixamento em 2017.

“Isso para o torcedor e para mim está dentro das veias. O São Paulo não pode cair, é gigante. A identificação foi muito importante”, disse em entrevista para o Esporte Espetacular. “Em todo tempo, ama o amigo, mas é na adversidade que você encontra o irmão. O torcedor estava carente, eu cheguei e fui um símbolo. Entrei como o cara que foi símbolo de um momento histórico”.

Goal.com

23 comentários

  1. O título não condiz com a matéria. De qualquer maneira, caso ele tenha dito isso, eu entendo perfeitamente apesar de ficar chocado como ano pós ano algum jogador de mais destaque precisa inflamar o elenco pra algo que deveria ser óbvio. Queria entender o que a diretoria passa pros jogadores no dia a dia pra que eles se acomodem tanto.

    Quando jogadores profissionais, disputando campeonatos de primeira, ganhando salários absurdos, precisam desse tipo de motivação constante é pq as coisas estão bem erradas.

  2. Tenho dúvidas se com o atual elenco não seria melhor jogar bem fechado, um time que tome poucos gols, defesa forte. Na época do tri brasileiro não jogávamos bonito, tomávamos pouquíssimos gols, e fizemos história. Não adianta jogar num 4-2-3-1 contra peppas e mulambos, por exemplo.

  3. Posse de bola contra retranca.. ja vi esse filme.. vamos ver quais serão as jogadas para vencer o ferrolho e defender os contra ataques…
    vamos São Paulo, não me iluda em 2019!!

    • O Jardine tem mais elenco do que Dorival e Rogério Ceni mas ainda falta um meia rápido pra fazer a bola andar. Hernanes não é meia, Everton Felipe vai demorar, Nenê não será titular e no máximo é uma boa opção e não temos mais ninguém. Alias, acho que lateral direita, centro-avante pela direita e meio campo são nossas posições totalmente em aberto cujo sucesso se baseia em expectativa e não em realidade.

    • Não tenho essa certeza. Penso no Aguirre como um bom técnico, se ele tivesse reservas nas duas beiradas no ano passado talvez tivéssemos brigado até o fim, faltou elenco pra ele, mas, por exemplo, se ele tivesse continuado, ainda faltaria alguém para a beirada direita, na proposta que ele tinha.

      Agora, penso que o Raí está tentando montar um time no profissional que jogue do mesmo jeito, em termos táticos, que a base joga, desse modo fica muito mais fácil para os garotos se adaptarem no profissional e serem aproveitados ou vendidos.

  4. Ganso e Pato aumentam nossas chances de títulos , ainda podia trazer jonatan e Léo Pereira ao Atlético paranaense

  5. Imagino que o Raí tinha como meta de dar um elenco 80-90% pronto pro Jardine até dia 3 e concluiu com sucesso. Outras contratações talvez dependam da janela pra europa e eu acho que até final de janeiro não vai acontecer muita coisa.

  6. O Raí apostou no Víctor Ferraz para a lateral. Insistiu e insistiu. Talvez foi a única contratação que realmente não deu certo. Quem sabe, também um volante, mas não sei quem poderia ter sido. Pelo menos, entregou ao Jardine um elenco para começar o trabalho. Comparando com alguns times, ainda faltam peças, mas está melhor que 2018.

    • Tb não compreendo isso! A imensa maioria desses jogadores são de origem humilde,se não fosse o futebol hoje seriam operários assalariados ou até estariam desempregados e passando por dificuldades como quase 13 milhões de brasileiros.
      Precisa de motivação?! É só olhar pra trás e ver como Deus foi maravilhoso em suas vidas. Esses caras vivem a vida que mais de 18 milhões de sãopaulinos sonhou em ter e precisam de motivação extra?! Eles precisam é de um choque de realidade,têm é que comer grama pra honrar essa camisa que é disparada a mais vitoriosa do futebol brasileiro.

  7. O Jardine vai ter 4 dias para preparar o time que estreia no paulistinha. Espero já ver algumas idéias táticas em ação, porque não pude ver os amistosos.

  8. A equipe ainda está desequilibrada e o Jardine terá que encontrar uma forma de encaixar esse time… a lateral direita, a chegada ao ataque do meio e a armação das jogadas deverão ser encontradas soluções…. senão não teremos titulo nenhum esse ano…. acredito que podemos fazer um bom campeonato, mas para ser campeão a equipe precisará de equilíbrio, inclusive os reservas…. caso não chegue mais nenhum bom jogador, ou o Jardine encontre esse encaixe que acho difícil com o material que ele possui, mais um ano lutando somente pela liberta do ano que vem….

O São Paulo precisa de nós! Vamos apoiar!