De volta ao São Paulo a pedido de Jardine, zagueiro Lucas Kal se diz pronto em nova oportunidade

Chamado de volta ao São Paulo, Lucas Kal se diz preparado para aproveitar a nova oportunidade no clube que o revelou. Emprestado ao Vasco até abril do ano que vem, o zagueiro teve o retorno antecipado após Walce ser convocado para defender a Seleção Brasileira sub-20 no Sul-Americano de 2019, no Chile.

“Foi uma notícia muito boa, me pegou de surpresa. A ideia é ir para a Copa Flórida, estar com grupo na pré-temporada, ser aproveitado no time principal e ir buscando a minha vaguinha”, projetou o atleta de 22 anos, em entrevista à Rádio Bandeirantes.

Formado em Cotia, Lucas Kal conquistou títulos importantes na base, como a Copa Libertadores sub-20 de 2016, mas não ganhou muitas chances no profissional e neste ano foi emprestado a Guarani e Vasco.

No time campineiro, o defensor disputou 11 jogos como titular na campanha do título da Série A2 do Campeonato Paulista. No Cruz-Maltino, entrou no fim da derrota por 2 a 1 para o Grêmio, em Porto Alegre, pelo Brasileirão. Duas passagens das quais ele garante ter tirado um importante aprendizado para sua carreira.

“A gente precisa de um tempo para adaptar e ganhar experiência. Acredito que o ano de 2018 foi muito importante, no Guarani disputando título, fui campeão lá e depois essa passagem no Vasco, um clube de muito expressão. Pude aprender muito, espero conquistar espaço no São Paulo”, afirmou.

No Tricolor de André Jardine, ele terá as concorrências de Arboleda e Bruno Alves, que terminaram 2018 como titulares, além de Anderson Martins. Rodrigo Caio, que deseja deixar o clube, deve ser negociado durante a janela de transferências.

“Com certeza estou pronto, a gente trabalha para corresponder quando tiver oportunidade. Podem esperar vontade e dedicação. Espero que possa, independentemente de quem estiver ao meu lado, corresponder”, concluiu.

Gazeta Esportiva

17 comentários

  1. Os colegas bugrinos não tem coisas boas a falar do Lucas Kal na passagem que ele teve pelo Guarani.

    Eu acredito que o SP deveria firmar uma parceria com algum clube do interior para ser o nosso “time B”, levar todos os moleques que estão em fase mais avançada de formação para uma temporada de competição profissional. Ideal até que fosse da primeira divisão do Paulista e da segunda do Brasileiro, pra ter um bom nivel.

    Assim colocamos todos em atividade e já descobrimos quem tem e quem não tem potencial pra jogar com nosso manto.

  2. Bom Natal para todos. O retorno deste jogador a pedido do treinador mostra para os torcedores do São Paulo Futebol Clube, que o André Jardine vai dar grandes emoções em 2019 para todos nós.

  3. Não adianta remar contra a maré, estão perdendo dinheiro e o tempo do rapaz que não tem categoria para jogar em uma equipe da série A, quiçá em uma do tamanho do São Paulo.

    Está no mesmo nível do Rony que esse ano foi reserva do reserva no CSA.

  4. Lucas Kal chegou a jogar com lateral na base com o Jardine. Tem boa saída de bola. Acho que será dessa forma seu aproveitamento. Longe de ser Militão…..mas para quem tem Bruno Peres qq tentativa é válida.

  5. Colegas, primeiro feliz natal a todos….
    Segundo…
    Chega a ser contraditório alguns comentários aqui. Qdo o time contrata um jogador, pedem valorização da base. Aí o técnico que mais entende de nossa base resolve integrar um atleta, pedem pra contratar….
    Ter senso nas argumentações é fundamental… Vamos evitar a crítica apenas pela crítica…

O São Paulo precisa de nós! Vamos apoiar!