De partida para o São Paulo, Pablo escreve carta de despedida do Athletico Paranaense

O atacante Pablo foi contratado a peso de ouro pelo São Paulo junto ao Athletico Paranaense após fazer grande temporada em 2018. Com 18 gols em 51 jogos, o jogador foi o principal destaque do Furacão no ano da conquista da Copa Sul-Americana, se assumiu torcedor do clube e decidiu escrever uma carta de despedida do Rubro-Negro.

Leia na íntegra a carta de despedida de Pablo

“Chegou ao fim um importante ciclo da minha vida. Pode até parecer clichê, mas é a mais pura verdade. O Athletico é a minha segunda casa, não tenho a menor dúvida. Dos 94 anos do clube, passei 12 defendendo essa camisa com muita dedicação e determinação.

Cheguei em 2006, com 14 anos de idade e, naquela época, era ainda um menino, com muitos planos e sonhos. Não tinha a menor ideia do que iria viver, mas sabia que tinha algo especial nessa relação com o clube. Passei por todas as categorias na base até chegar ao profissional. Foi a realização de um sonho. Não só o sonho de ser jogador de futebol, mas também de defender as cores do Athletico.

Com tanto tempo de casa, eu entendi o que é ser athleticano. É um sentimento único. Hoje, saio com o dever cumprido. Foram 171 jogos e 3 títulos. Me despeço com orgulho e honra de ter participado do primeiro título internacional da história do clube e de ser o maior artilheiro da nova Arena, com 24 gols.

Todas as palavras não serão suficientes para dizer o quão agradecido eu sou. Muito mais que um jogador de futebol, o Athletico me ajudou a crescer como pessoa.

Foi um verdadeiro aprendizado defender um clube como o Athletico por todos esses anos. Saio pela porta da frente, com a certeza de que dei tudo de mim. Muito obrigado a todos os torcedores, vocês fazem a diferença. Quero agradecer também a toda diretoria, meus companheiros, os funcionários e profissionais com quem trabalhei no Athletico. Saibam que cada um de vocês foi muito importante para mim. Um forte abraço.

Agradeço a Deus por tudo!

Muito obrigado nação rubro-negra.”

Além de ter sido fundamental na principal conquista do clube, Pablo renderá um bom dinheiro aos cofres do Athletico Paranaense. O São Paulo pagou 7,7 milhões de euros no atacante, que chega para ser titular do Tricolor em 2019.

Torcedores.com

31 comentários

  1. Pablo abre algumas opções táticas pela sua versatilidade. Jogador importante, vai agregar muito ao elenco.
    Boa aposta. Caro ou não o tempo cai dizer.

  2. Quem espera pra ver um goleador, vai ficar decepcionado. Pablo é um jogador de movimentação, que abre espaços para entrada de meias e pontas, por isso se continuarmos com os bons chutadores Hudson e Jucilei chegando pra finalizar, teremos dificuldades!

    • Penso que tanto como abridor de espaços como goleador, seus parceiros precisam ser jogadores como Rodriguinho (2º volante), Barco, Borré, Pato, Hernanes. Com esses nomes, até a suposta vinda do Ganso, SE numa pegada semelhante a 2016, serve.

  3. De post anterior:

    FabioM
    JAC, eu mesmo prefiro o Ganso caso não tenha outra opção melhor. Prefiro o Ganso ao Nenê por exemplo. Mas eu estou no grupo daqueles que não gostariam de relembrar todo o mimimi mesclado com raríssimo brilho que acontecia em raríssimos jogos. Lembro que o pessoal ficava falando “será esse o jogo que o Ganso vai destruir?”. Aí foi pra Europa com muita gente dizendo “Ah, agora com um treinador moderno, em uma liga melhor, com jogadores melhores ele vai brilhar”. Nada. Ele foi pra Europa, não deu certo no Sevilla, foi pra França e não deu certo no Amiens e perceba que sempre tem uma desculpa. Mas a única coisa que é exatamente igual é o feedback dos treinadores e da imprensa local: “Ganso tem talento, indiscutivelmente, mas só isso não credencia um jogador a vaga no time titular”. E aí quando as coisas começam a dar errado ele liga a metralhadora de reclamações.

    Então é aquilo: melhor com o Ganso no meio campo do que com Nenê ou ninguém. Mas melhor algum outro meio campo mais dinâmico do que o Ganso. Acho que cansei de ficar justificando todos os detalhes que poderiam atrapalhar o Ganso, como esquema tático, treinadores ultrapassados, injustiça, falta de pontas rápidos, etc, etc. Mas é minha opinião!
    ——————————————————————————–
    Ok, Fábio.
    Postei outro comentário abaixo (no Post anterior, rssss) cujo contexto está dentro das suas observações.
    Porque entendo que não dá simplesmente para limar ele!
    Acho que voltando, ele vai ter que chegar um pouco mais humilde e com os pés no chão pelo fracasso que foi lá e ter de recomeçar.
    Mas é como alguem já escreveu: o cara é craque e não desaprendeu. E o último momento de grandeza dele foi aqui, na Libertadores-16.
    Porque o Jardine não pode fazer com que ele seja aquele Ganso, de novo?
    Abraços, meu amigo!!

  4. Pablo e Volpi foram especulados no Flamengo, por isso o Mauro Cezar comentou algo totalmente fora da realidade, para quem já comemorou a chegada do Muralha, não tem.moral em falar que são apostas. Se fossem para o time que ele torce, seriam craques geniais.

    • E mesmo assim ainda encontraremos torcedores nas redes sociais dizendo que o SP virou um Vasco, que viramos piada, etc.

      A real é que nenhum time (nem mesmo as Peppas) contratou tão bem como nós até aqui.

      Peças pontuais e certeiras para cada posição. Livramento de Sidão, em breve de Edimar também.

      Vindo Hernanes e Ganso (torço para Ruindriguinho não vir), o time fica fortíssimo.

O São Paulo precisa de nós! Vamos apoiar!