Joao Rojas alerta sobre o Talleres: ‘Lutarão muito por essa classificação’

O sorteio da Copa Libertadores colocou o São Paulo em um situação delicada em seu primeiro desafio para chegar à fase de grupos da principal competição do continente sul-americano. Logo em sua estreia no torneio, o Tricolor encara o Talleres, da Argentina, time onde joga o volante Guiñazu – ex-Internacional e Vasco. As partidas acontecerão nos dias 6 e 13 de fevereiro, e a equipe do Morumbi conta um espião em seu elenco: o equatoriano Joao Rojas.

Contratado pelo Tricolor em junho deste ano, o meia-atacante defendeu as cores da equipe argentina nas duas últimas temporadas. Por conta disto, será um dos trunfos da comissão técnica de André Jardine para que o São Paulo tenha informações privilegiadas de seu adversário. E o equatoriano alerta: é preciso cuidado com o Talleres. 

– O Talleres é um time muito competitivo. Sempre converso com os jogadores de lá. Sempre agradeço a torcida da equipe, os jogadores com que fiz amizade. Eles têm atletas muito bons, como Cholo Guiñazu e o goleiro Guido Herrera. É uma equipe muito forte – afirmou o são-paulino ao LANCE!

– Um jogo muito pegado, de muito esforço físico. Talleres é uma equipe que não se entrega, que briga por todas as bolas. Eles lutarão muito por essa classificação – emendou o camisa 23. 

Ainda em recuperação de uma cirurgia de reconstrução dos ligamentos após ruptura do tendão patelar do joelho direito, Rojas possivelmente não terá condição de entrar em campo nos duelos contra o Talleres. Embora impossibilitado de ajudar seus companheiros, o meia-atacante já disse que estará nas arquibancadas do Morumbi para o jogo de volta. 

– Estou me recuperando muito bem. Acredito que ainda não estarei pronto, mas vai ser um duelo muito especial para mim e com certeza quero ir ao Morumbi assistir e torcer por meus companheiros – explicou. 

De volta à Libertadores após um hiato de dois anos, o São Paulo precisa superar o time argentino e, depois, jogar mais um mata-mata, contra o vencedor de Palestino, do Chile, e Independiente Medellín, da Colômbia, para garantir sua vaga na fase de grupos. Caso isto aconteça, o Tricolor entraria na Chave A, com River Plate, Internacional e Alianza Lima.

Lance!

12 comentários

  1. Que essa importância seja passada dia-a-dia pela diretoria mostrando que o pensamento é grande, que o objetivo é vencer e que não vão se contentar com o papel de coadjuvante. Não é algo que acontece da noite pro dia mas essa cobrança constante evita o relaxamento e vai criando um ambiente mais focado.

  2. Ótimo final de semana, Levi.

    Em relação às possíveis saídas, respondi lá no post.

    Resumo:

    Nenê e RC saem até de graça …, diretoria bateu o martelo.

    Lizziero, com passaporte extra-comunitário, é visto como “reforço de caixa “.

    Jucilei perdeu ação contra ex-empresário, com salários bloqueados na justiça, deve apresentar proposta para ir embora.

    Diego Souza não “encaixa” no futebol proposto por Jardine, é não será coadjuvante para garotos.

    Não são “fantasias” …, todas estas possíveis saídas (e outras mais, a janela é longa e temos garotos para vender ).

    Assim mesmo, considero apenas a saída de Lizziero, caso se confirme, como perda …, os outros. não compõem em nada, um time que queremos efetivamente competitivo.

    Abraços, irmão .

  3. Seguindo o papo do Levi, virei São Paulino naquela derrota para o Vasco em 89. Time massacrou o Vasco é acabou perdendo com gol de soraro. Gostei do estilo ofensivo e toque de bola. Depois vieram o craque Raí e muller, o mestre Telê na nossa época de ouro.

    Agradeço ao Aguirre, mas nunca entendeu o estilo histórico de nosso futebol. Muricy se dizia pupilo do Telê, mas nunca fez o time jogar no estilo do mestre.
    Muricy é da escola reativa/ simeoni/Aguirre /tite
    Telê, Guardiola, galhardo, Renato gaucho são de outro mundo. Torço pelo Jardine, a base na sua mão jogava assim

    • Fiquei com raiva daquele gol do Sorato, mas Vasco tinha uma grande time. Na época residia em Mogi das Cruzes na zona leste da região metropolitana de São Paulo.

  4. A Rádio Jovem Pan acabou de noticiar que o SP acertou com o Rodriguinho. Alguem tem essa notícia ou viu em outro lugar? Até agora era só especulação, mas o cara cravou.

    • Não sei qual a confiabilidade que existe em rádio, confesso que não escuto então não tenho como opinar. Não sei se quero que seja verdade por medo dessa contratação afetar na negociação com o Hernanes, mas se os dos vierem, seria ótimo.

  5. sou contra a saida de qualquer jogador ate a pretemporada ou mesmo o paulista.
    a florida cup vai ser importante nessa avaliacao e o paulista para por em pratica as ideias do treinador que nao foram implementadas nos 5 jogos que ‘treinou’ a equipe mais como interino – na pratica – do que efetivo.
    temos que rodar o elenco haja visto a quantidade de jogos que vamos encarar em 2019: temporada longa, jogos complicados e veteranos dao uma certa estabilidade ao elenco – agora se esses mesmos veteranos nao comprarem a ideia do treinador ou desestabizarem o vestiario – adaptacoes podem e devem ser feitas.

O São Paulo precisa de nós! Vamos apoiar!